Guia da Semana
Turismo
Por Geziane Diosti

Confira os dez principais pontos turísticos de Curitiba

O Jardim Botânico é um dos pontos turísticos mais famosos de Curitiba e reconhecido no Brasil inteiro. Visite!.

Na foto, o Jardim Botânico (Parques e Praças de Curitiba)

Curitiba tem vários parques, praças e ruas cheios de significados e beleza. Quem vem pra cá sabe que alguns locais são de visita obrigatória. Para dar aquela ajuda ao turista, o Guia da Semana resolveu listar os dez principais pontos turísticos da capital paranaense, com horário de atendimento e o valor de entrada. Vários locais são gratuitos. Aproveite!

+ Faça um passeio por Curitiba com a Linha Turismo
+ 5 dicas de parques aquáticos em Curitiba e região


:: Parque Barigui



O Parque Barigui é o parque mais frequentado de Curitiba. Além de refúgio para vários animais, o parque é também a grande área de preservação natural da região central da cidade. O acesso é gratuito e fica aberto ininterruptamente.

:: Jardim Botânico



Um dos cartões postais mais famosos, o Jardim Botânico funciona como um centro de pesquisas da flora do Paraná. Contribui para a preservação e conservação da natureza, para a educação ambiental e ainda oferece uma alternativa de lazer para a população. Sua principal atração é uma estufa de ferro e vidro, inspirada no Palácio de Cristal de Londres. Emoldura a estufa um imenso jardim francês com seus canteiros geométricos.

O acesso é gratuito. Visitação: de segunda-feira a domingo. No verão, das 6h às 21h; no inverno, das 6h às 20h.

:: Rua XV de Novembro



A Rua XV de Novembro é o centro de comércio popular de Curitiba. Os turistas podem encontrar lojas de roupas, calçados, acessórios, panificadoras, restaurantes, bancos... E mais: os tradicionais bares para tomar uma cervejinha ou saborear um lanche! Na XV ainda tem o famoso Bondinho da XV e o Palácio Avenida, onde acontecem as apresentações do Natal mais famoso do país!

:: Setor Histórico



O bairro São Francisco é famoso pelos bares, pelas construções antigas, pela Igreja da Ordem e pela famosa Feira de Arte e Artesanato do Largo da Ordem, também conhecida como Feirinha do Largo. E um turista que se preze não pode deixar de visitá-la.

A Feirinha acontece todos os domingos, das 9h às 14h, e é gratuita. Os visitantes encontram mais de mil barracas com os mais diversos produtos como artesanato, comidas, livros, bolsas, roupas, peças para decoração.

:: Centro Cívico
O bairro Centro Cívico é a sede dos Poderes do Estado do Paraná, com o Palácio Iguaçu, a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça, além da Prefeitura de Curitiba. Foi implantado em 1953, no centenário da emancipação política do Paraná.

:: Museu Oscar Niemeyer



Foto: Carlos Renato Fernandes/MON

Ainda no Centro Cívico, o Museu Oscar Niemeyer (MON), obra do arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, foi inaugurado em 2002. O prédio, antes chamado de Edifício Presidente Humberto Castelo Branco, passou por adaptações e ganhou um anexo, popularmente chamado de "Olho". O espaço é dedicado à exposição de artes visuais, arquitetura e design e é composto por aproximadamente duas mil peças.

O horário de visitação é de terça a domingo, das 10h às 18h. O valor da entrada é R$ 6 (inteira); estudantes e professores com comprovante pagam R$ 3; menores de 12 anos e maiores de 60 não pagam.

:: Ópera de Arame



Construído em estrutura tubular, o Teatro Ópera de Arame, de 1992, é um espaço que se integra à natureza do local. Ao seu lado, a Pedreira Paulo Leminski, que já foi palco de grandes acontecimentos culturais e artísticos de Curitiba. Mais adiante está o Farol das Cidades, biblioteca informatizada conectada à internet. A entrada é gratuita.

:: Torre Panorâmica



Mais conhecida como Torre da Telepar, a Oi Torre Panorâmica foi construída pela Telepar que após a privatização passou a ser propriedade da Brasil Telecom, e atualmente da Oi. Com quase 110 metros de altura, a Torre possui um mirante com vista de 360 graus para a cidade de Curitiba e um museu que conta a história da telefonia.

Horários para visitação: na alta temporada (que vai até o dia 08 de março), a Torre fica aberta todos os dias, das 10h às 19h. Em épocas normais, de terça a domingo, no mesmo horário. O valor é de R$ 3,50 (preço normal). Crianças de 5 a 9 anos e pessoas acima de 60 pagam R$ 1,75. Crianças menores de 5 anos são isentas. Carteirinha de estudante não é aceita.

:: Santa Felicidade



Foto: Sxc, Divulgação

O bairro de Santa Felicidade é formado por imigrantes italianos das regiões do Vêneto e do Trentino. Principal eixo gastronômico de Curitiba, é um desfile de casas típicas, unidades de interesse de preservação pelo valor histórico e arquitetônico. Os restaurantes são os destaques do local. Comida italiana é que não vai faltar!

:: Parque Tanguá



O Parque Tanguá fica situado entre os municípios de Curitiba e Almirante Tamandaré. Conta com um mirante com 65 metros de altura, cascata, lagos, ciclovia, ponte, churrasqueira e um jardim em estilo francês com canteiros de flores e espelhos d’água. Uma das principais atrações é apreciar o pôr-do-sol. O acesso é gratuito e fica aberto ininterruptamente.

* os valores e horários citados acima podem sofrer alteração sem aviso prévio

(Demais fotos: Parques e Praças de Curitiba)
 


Por Geziane Diosti

Atualizado em 15 Mar 2013.

Mais notícias

Chuva de meteoros será visível na noite desta quarta-feira

Turismo

Brasil estreia contra a Suíça na Copa do Mundo de 2018; jogo será no dia 17 de junho

Turismo

Agora você pode comprar passagens de ônibus no Guia da Semana – e pelo melhor preço!

Turismo

Hotéis Mercure oferecem descontos a seus hóspedes em ingressos de espetáculos dos teatros ‘Bradesco’ e ‘Opus’; saiba mais

Turismo

Disney divulga primeiras imagens do parque do Star Wars

Turismo

5 opções de hospedagens para quem vai curtir o Rock In Rio 2017

Turismo