Guia da Semana
TV
Por Redação Guia da Semana

Monica Iozzi deve indenizar ministro do STF por comentário no Instagram

A apresentadora usou a rede social para criticar Gilmar Mendes.

Monica Iozzi (Reprodução | TV Globo)

A apresentadora Monica Iozzi, conhecida por sua língua afiada nas redes sociais, terá de indenizar o ministro do STF Gilmar Mendes em R$ 30 mil. O motivo? Um comentário no Instagram em que criticou o político por conceder liberdade provisória ao médico Roger Abdelmassih, indiciado por estupro no primeiro semestre de 2016.

No post, ilustrado por uma foto do ministro, ela escreveu "Gilmar Mendes concedeu habeas corpus para Roger Abdelmassih, depois de sua condenação a 278 anos de prisão por 58 estupros. Se um ministro do Supremo Tribunal Federal faz isso... Nem sei o que esperar".

O juiz responsável pela ação alegou que Monica "extrapolou os limites de seu direito de expressão". Ele ainda acrescentou que o comentário da apresentadora teria sugerido que Gilmar Mendes foi cúmplice dos estupros. Vocês concordam com a decisão?

Claudia Ohana sobre o cover de Nirvana: "Talvez não tenham entendido"

Após cantar Smells Like Teen Spirit no Programa do Jô, atriz virou piada nas redes sociais

Record planeja trocar Xuxa por Marcos Mion em 2017

Baixo Ibope da apresentadora às segundas seria o motivo da decisão

Após oito anos na emissora, Boris Casoy troca TV Bandeirantes pela RedeTV!

Jornalista também deixa de lado a apresentação do "Jornal da Noite"


Por Redação Guia da Semana

Atualizado em 3 Out 2016.

Mais notícias

Emmy Awards 2020 é neste domingo (20), saiba como assistir à premiação!

TV

Filmes da semana na TV: confira a programação de 24 a 30 de agosto

TV

"Sterblitch não tem um Talk Show: o Talk Show" estreia dia 5 de junho, no Globoplay

TV

MasterChef Profissionais: cozinheiros precisam reproduzir prato de restaurante nesta terça-feira (12)

TV

No Dia Mundial de Conscientização do Autismo, Nat Geo Kids apresenta a pré-estreia da segunda temporada da série “Pablo”

TV

De novelas suspensas a programa inédito, Globo promove mudanças em função do Covid-19

TV