Guia da Semana

Na ponta do lápis

Compras em várias parcelas "sem juros" podem esconder taxas de até 48% ao ano. Segundo especialistas, a melhor opção ainda é pagar à vista.

 

 

Compre o eletrodoméstico dos seus sonhos e pague em dez vezes sem juros. Foi esse anúncio que chamou a atenção da doméstica Cleusa Mello. Aproveitando a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), ela não pensou duas vezes e comprou o fogão que precisava. "O preço estava bom e a parcela coube no meu bolso", diz.

 

Assim como a doméstica, inúmeros brasileiros entram nas redes de varejo e optam pelo parcelamento "sem juros". Mas o que muita gente não sabe é que essa aquisição pode esconder uma surpresa: juro mensal de 3,3% e anual de 48%, segundo pesquisa divulgada pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio).

 

Um dos exemplos citados na pesquisa é de uma geladeira vendida à vista por R$ 971,10, ou em 12 meses de R$ 99,28. Nesse caso, se o consumidor optar pela compra parcelada, pagará R$ 1.191,36 - quase um quarto a mais do que o valor à vista. "Nenhuma loja é Papai Noel. A partir da segunda parcela de qualquer compra, o consumidor já paga juro embutido", alerta Fábio Pina, economista da Fecomércio.

 

Qual o segredo?

 

De acordo com Pedro Afonso Gomes, economista do Conselho Regional de Economia de São Paulo (Corecon), as empresas usam duas formas para embutir o juro no preço final do produto. Parte delas precisa do dinheiro total na hora da compra e pede auxílio ao banco, que cobra taxa de 2,5% ao mês. Outras, que já tem um certo capital de giro, cobra a taxa de aplicação de 0,8% ao mês, que é o juro que ela ganharia se o dinheiro estivesse aplicado.


"Por isso, o consumidor encontra o mesmo produto a preços tão diferentes", explica. Afirmação comprovada pela análise da Fecomércio, que encontrou diferença de até R$ 158,45 de uma loja para a outra no mesmo refrigerador. "O segredo de uma boa compra é a pesquisa. O brasileiro deve procurar o melhor preço à vista e o melhor preço a prazo para garantir o bom negócio", enfatiza Fábio Pina.

 

Prova dos nove

 

O Guia da Semana foi pesquisar o preço do fogão comprado pela doméstica Cleusa. O modelo - de quatro bocas da Eletrolux - nas principais lojas de varejo pela internet custa entre R$ 618,73 e R$ 729,00, uma diferença de R$ 110,70 no preço à vista. Já no valor a prazo, o mesmo fogão pode ter uma variação de R$ 267,57. De acordo com Gomes, na compra parcelada é preciso negociar os juros com a loja, porque quanto maior for a taxa, menor é a vantagem para o alongamento do prazo.

 

Em uma das lojas, encontramos o fogão por R$ 628,21 à vista, sem nenhum desconto. Ligamos para o estabelecimento e, depois de muita negociação, conseguimos um desconto de 4,7%. Ou seja, pagaríamos R$ 600,00 pelo mesmo produto que Cleusa pagou R$ 729,00 em 12 vezes "sem juros". Gomes explica que o desconto ainda é pouco. "Ao comprar à vista, o consumidor deve pedir, pelo menos, 1% de desconto para cada mês de parcela anunciado, ou seja, nesse caso seria 12%".

 

A melhor compra

 

"O brasileiro não faz conta de juros, e sim de parcela. Se o valor cabe no orçamento, ele compra, mas isso é completamente errado", afirma o economista do Corecon. Para ele, o melhor negócio ainda é poupar e comprar à vista. "Quando você já tem o valor em mãos, fica mais fácil negociar. A grande dica é pedir desconto", ressalta. Vale lembrar que, para pedir desconto, é necessário pagar no boleto bancário ou no cartão de débito.

 

De acordo com Pina, outra dica é comprar pela internet, pois no preço de loja vem acrescido a comissão do vendedor, o que encarece o produto. Nas lojas on-line, isso não acontece. Se você tiver alguma dúvida quanto ao produto, vá até o estabelecimento, examine-o e depois compre pela internet. Não se esqueça de verificar se é cobrado frete para entrega.



Foto: Getty Images

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Turma da Mônica passa a integrar a grade da TV Cultura a partir de outubro; saiba mais!

Estreia acontece no dia 9 de outubro, junto à novidade 'Mônica Toy'

"São Paulo nas Alturas" estreia na E! Entertainment Brasil em 29 de setembro

Bandas brasileiras tocam no topo de prédios históricos da cidade em novo programa do canal

7 programas da TV aberta que valem a pena

'Profissão Repórter', 'Masterchef' e 'Amor & Sexo' são algumas das opções

Transmissão ao vivo do Rock in Rio 2017 na TV e Internet

Multishow e Rede Globo vão transmitir as principais atrações do festival nos dias 21, 22, 23 e 24 de setembro

Anitta lidera indicações ao 'Meus Prêmios Nick 2017'; confira a lista completa!

Preamiação contece no dia 25 de outubro, com transmissão pela Nickelodeon

Rio de Janeiro: sinal analógico da TV termina no dia 25 de outubro; saiba como fazer a transição para o digital

O Guia da Semana tira todas as suas dúvidas da nova TV brasileira