Guia da Semana

8 curiosidades sobre Tiradentes

No feriado de 21 de abril, saiba mais sobre sua história

Mais um feriado se aproxima e muitos de nós, trabalhadores, devido ao dia a dia cansativo e corrido, focamos apenas nos dias a mais de folga sem nem saber porque o feriado acontece e qual a sua importância.

Afinal, há muitos anos existiu uma história - que foi muito mais importante e relevante que o simples fato de ter alguns dias para descansar ou viajar. Pensando nisso, o Guia da Semana lista curiosidades sobre Tiradentes, a homenagem do feriado que acontece na próxima terça-feira, dia 21 de abril. Confira:

JOAQUIM JOSÉ DA SILVA XAVIER

Joaquim José da Silva Xavier nasceu em 1746, na Fazenda do Pombal, que fica entre São José (hoje Tiradentes) e São João Del Rei, em Minas Gerais. Ficou órfão de mãe aos nove anos e perdeu o pai aos onze. Assim, foi criado pelo padrinho na cidade de Vila Rica, hoje conhecida como Ouro Preto.

Alguns anos depois, lutou pelo nosso País, fez história e tornou-se o mártir da Inconfidência Mineira.

APELIDO

Tiradentes, como ficou conhecido, atuou como dentista, tropeiro, minerador, comerciante, militar e ativista político. Entretanto, o apelido veio da profissão de dentista - a qual exercera com muita responsabilidade.

HISTÓRIA DE RECONHECIMENTO E MORTE


O ofício que mais promoveu Tiradentes foi o de soldado e integrante do movimento da Inconfidência Mineira. Para quem não lembra, a Inconfidência Mineira foi um abalo causado pela busca da libertação do Brasil diante da monarquia portuguesa.

Na cidade de Vila Rica eram extraídos ouro e pedras preciosas. Os portugueses se apossavam dessas matérias-primas e as comercializavam pelos países europeus, fazendo fortuna à custa das riquezas de nosso país. Assim, o Brasil era extremamente explorado.

O reinado de Portugal no Brasil também cobrava impostos caríssimos e a população decidiu se libertar dessas imposições. Com o fortalecimento das ideias contra os portugueses, aconteceu a Inconfidência Mineira, tendo como principais objetivos a busca da autonomia da província, um governo republicano com mandato de Tomás Antônio Gonzaga, conseguir a libertação dos escravos nascidos no Brasil, dar início à implantação da primeira universidade da região e outros.

Mas, durante o movimento, as notícias de que os inconfidentes tentariam derrubar o governo de Portugal chegaram aos ouvidos do imperador, que decretou a prisão deles. Tiradentes, para defender seus amigos, assumiu toda a responsabilidade pelo movimento e foi condenado à morte.

O governo fez questão de mostrar seu sofrimento em praça pública, a fim de inibir a população de fazer manifestos que apresentassem ideologias diferentes.

21 DE ABRIL DE 1792

Em 21 de abril de 1792, Tiradentes percorreu  em procissão chegando à cadeia pública da região. Executado e esquartejado, com seu sangue se lavrou a certidão de que estava cumprida a sentença, tendo sido declarados infames a sua memória e os seus descendentes. Sua cabeça foi erguida em um poste em Vila Rica e os demais restos mortais foram distribuídos ao longo do Caminho. 

OUTRAS CURIOSIDADES

  • Na primeira noite em que a cabeça de Tiradentes foi exposta em Vila Rica, foi furtada, sendo o seu paradeiro desconhecido até hoje.
  • Tratando-se de uma condenação por inconfidência (traição à Coroa), os sinos das igrejas não poderiam tocar quando da execução. Afirma a lenda que, mesmo assim, no momento do enforcamento, o sino da igreja local soou cinco badaladas.
  • A casa de Tiradentes foi arrasada, o seu local foi salgado para que mais nada ali nascesse, e as autoridades declararam infames todos os seus descendentes.
  • Tiradentes jamais teve barba e cabelos grandes. Como alferes, o máximo permitido pelo Exército Português seria um discreto bigode. Durante o tempo que passou na prisão, Tiradentes, assim como todos os presos, tinha periodicamente os cabelos e a barba aparados, para evitar a proliferação de piolhos, e, durante a execução estava careca com a barba feita, pois o cabelo e a barba poderiam interferir na ação da corda.

Atualizado em 21 Abr 2015.

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças