Guia da Semana

Cirque du Soleil: Relembre os espetáculos que vieram para o Brasil

Antes de Corteo, a companhia passou pelo Brasil com quatro espetáculos diferentes. Saiba mais sobre a história de cada um deles

No dia 30 de março, o Cirque du Soleil aterrisa no Brasil com mais um espetáculo, o Corteo. Marcado para começar sua turnê brasileira em São Paulo, no parque Villa-Lobos, o espetáculo já tem presença garantida em outras cinco cidades: Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Famosos pela excelente qualidade das apresentações e da técnica de seus artistas, o Cirque du Soleil impressiona por onde quer que passe e com o público Brasileiro não é diferente. Com Corteo, ssta é a quinta vez que a trupe canadense vem para cá depois de ter trazido os espetáculos Saltimbanco, Alegria, Varekai e Quidam.

Para quem ainda não conhece o Cirque du Soleil ou para quem quer relembrar um desses shows no Brasil, saiba mais sobre os quatro espetáculos que já passaram pelo Brasil:

Saltimbanco (2006)

Cirque du Soleil Saltimbanco
Creditos: Facebook Oficial

Saltimbanco é o espetáculo itinerante mais antigo do Cirque du Soleil, tendo sido apresentado pela primeira vez em 1992. A companhia descreve o show como sendo uma celebração da vida. Seu enredo conta a história de uma criança que sai para viver longe da família. Ao deixar o conforto do lar, ela passa a explorar uma cidade imaginária, o mundo de Saltimbanco. Entre seus principais números estão as barras chinesas, o balanço russo e o trapézio duplo. Após 20 anos em turnê por mais de 45 países e 200 cidades, o espetáculo fez sua última performance no dia 30 de dezembro de 2012, em Montreal. 

Alegria (2007)

Cirque du Soleil Alegria

Estreando em 1994, Alegría é uma das produções mais populares do Cirque du Soleil. Seu tema principal é o mau uso do poder político e passa uma mensagem de esperança e perseverança para inspirar os indivíduos a serem melhores e trabalharem em conjunto. Seu enredo conta a história de um reino distante que se encontra em decadência sem um rei. Sem o monarca, começa uma grande luta de todos os personagens pelo poder para trazer uma nova prosperidade ao reino, independente de como ou onde estejam. Ao longo da história, há perseguições, lutas, seduções em meio a números como a dança do fogo, a tempestade de neve e o power track. 

Quidam (2009)

Cirque du Soleil Quidam 

Quidam foi o terceiro espetáculo do Cirque du Soleil a vir para o Brasil. Fundado em 1996, seu enredo conta a história de uma jovem enfurecida que não via mais significado no mundo por já ter visto tudo o que tinha para ser visto. Toda a raiva que sentia acabou despedaçando seu mundo e ela foi parar no universo de Quidam. Lá, ela se junta a um companheiro alegre e uma companheira misteriosa, que tenta seduzí-la com o maravilhoso, o inquietante e o aterrador. Entre seus principais números estão os diabolos, as cordas, a rede espanhola e o banquine. 

Varekai (2011)

Cirque du Soleil Varekai
Divulgação: Facebook Oficial

Espetáculo mais recente de todos que vieram para o Brasil, Varekai estreou em 2002 e é considerado uma homenagem à alma nômade - na linguagem romena dos ciganos, "Varekai" significa "onde quer que seja". Seu enredo conta a história de Ícaro, um rapaz que tenta voar rumo ao sol e tem suas asas derretidas, caindo no mundo de Varekai. O espetáculo conta a parte do mito que foi deixada de lado, mostrando o que acontece com Ícaro depois que ele cai do céu. Seus números mais marcantes são o voo de Ícaro, a superfície deslizante e os jogos de Ícaro.

Atualizado em 20 Mar 2013.

Por Rafaella Finci
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças