Guia da Semana

Os benefícios do suco verde

Veja quais são as vantagens de se consumir sucos verdes

A bebida virou símbolo de beleza e boa forma no cardápio de quem quer estar sempre bem-disposta, com a pele jovem e lisinha. Para garantir esses benefícios, o segredo é você tomar um copo do suco feito com folhas verdes, frutas, legumes, brotos ou sementes pela manhã, ainda em jejum - pois é o horário em que o corpo absorve os nutrientes com mai facilmente. Esse efeito é ainda melhor se der para esperar 30 minutos para comer outros alimentos. A bebida consegue eliminar pela urina as toxinas e o líquido retido, porque é geralmente composta por nutrientes concentrados, como vitaminas, minerais e fibras, que ativam o intestino, favorecendo um verdadeiro processo de desintoxicação. 

+ Confira quais são os benefícios dos sucos desintoxicantes
+ Veja quais são os mitos e verdades sobre a gelatina

Se o seu objetivo é emagrecer? Basta Combinar o suco verde com uma alimentação balanceada, e claro, evite doces, frituras e produtos carregados em corantes e conservantes. Afinal, o ponto forte dessa bebida é promover uma “faxina”.
O suco verde também é bem-vindo no cardápio de quem pratica atividade física e busca resultados estéticos. Uma dose da bebida é capaz de fornecer a energia e suprir as necessidades nutricionais de quem vai se exercitar, já que combina fontes de carboidrato e nutrientes antioxidantes. As folhas verdes usadas no preparo possuem grande quantidade de clorofila, magnésio e cálcio. A concentração destas substâncias aumenta a disposição física.

 


Não existe um modelo único. Os ingredientes do suco verde podem variar de acordo com seu gosto (ou com as possibilidades que você tem na geladeira e na fruteira). Mas tenha cuidado para que estejam fresquinhos, especialmente as folhas (quanto mais verdinhas e firmes, melhor) e, se possível, tenham sido cultivados sem agrotóxicos. Caso não encontre tempo de ir ao supermercado com frequência para renovar o estoque, triture as folhas no liquidificador ou processador e congele-as em forminhas de gelo ou copos descartáveis e vá usando aos poucos. Outra sugestão é variar a receita para não cansar o paladar. Mas não exagere na quantidade de ingredientes. Em vez de misturar muitos itens de uma só vez, é melhor variá-los a cada dia. Isso evita que o suco fique calórico, pesado e com gosto forte. Veja os grupos de alimento que devem fazer parte do suco e quantos itens usar de cada um deles.

• Folhas verdes (até 2 tipos): as verde-escuras (couve, espinafre, rúcula, agrião, salsinha, escarola) são as mais indicadas. Ricas em antioxidantes, sãos os verdadeiros herói contra os radicais livres. Também têm ácido fólico (importante para o sistema nervoso) e, em alguns casos, cálcio como é o caso da couve e da salsinha, magnésio (indispensável para as reações orgânicas) e ferro (diminui o risco de anemia). Se quiser o suco refrescante, coloque ainda hortelã ou capim-cidreira.

• Frutas (até dois tipos): por ser adocicada, a maçã é muito bem-vinda, e ainda tem pectina - fibra que, entre vários benefícios, varre as toxinas. Ameixa e damasco secos também são boas opções para deixar o suco docinho, assim como as frutas amarelas (pêssego, melão). Já as vermelhas (amora, morango, cereja, ameixa), ricas em antioxidantes, são grandes aliadas da pele lisinha. Fonte de vitamina C, a laranja e a lima-da-pérsia fortalecem a imunidade. Abacaxi, melão e pera oferecem vitaminas A, C e as do complexo B (importantes para o sistema imune e o metabolismo) e são frutas diuréticas. Por ter bromelina - mistura de enzimas que desdobram as proteínas -, o abacaxi tem outra vantagem: facilita a digestão. A água de coco ajuda a repor os minerais e o limão favorece a absorção de ferro presente nos outros ingredientes.

• Legumes (até dois tipos): o pepino tem 95% de água, ou seja, é diurético e dá volume à bebida. A casca é fonte de fibras, potássio e outras substâncias aliadas da pele, do cabelo e das unhas. Outras opções: aipo (diurético) e abobrinha (antioxidante).


• Raízes (apenas um tipo): a beterraba e a cenoura têm fibras, betacaroteno e vitaminas C e E - excelentes antioxidantes. O inhame é a raiz de destaque pelo poder anti-inflamatório, o que ameniza a celulite e dificultando o acúmulo de gorduras. A batata-doce fornece potássio e fibras - importantes para equilibrar o nível de açúcar no sangue. Para deixar o suco ardidinho, use gengibre, que também é digestivo e acelera o metabolismo.



• Brotos (apenas um tipo): geralmente, as opções encontradas no supermercado são de broto de alfafa ou de feijão (moyashi). As enzimas da semente despertadas durante a germinação eliminam os resíduos e as toxinas acumuladas no organismo, além de facilitar a digestão. As vitaminas e os minerais também ficam mais biodisponíveis (fáceis de serem absorvidos).

• Sementes (apenas um tipo): a de linhaça e a de chia são ricas em ômega 3 - ácido graxo com o poder de desinflamar o organismo. Boas em fibras, elas também ajudam a aumentar a sensação de saciedade.

 

Segue a nossa sugestão do suco verde

Ingredientes
- 2 fatias de abacaxi (de em média 1 dedo de espessura)
- 2 folha de couve orgânica
- 7 folhas de hortelã
- 1 raspa fina de gengibre
- 1 inhame pequeno ou ½ cenoura sem casaca
- 1 colher de sobremesa de semente de linhaça
- 100 ml de água de coco natural

Bata os ingredientes no liquidificador. Coe antes de beber se achar necessário.

Veja mais dicas sobre como perder peso e se manter em forma no Emagrecendo.

 

  

Atualizado em 30 Jun 2014.

Por Mariana Jota
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

13 ideias de marmita fit para levar no trabalho

Tem receita de gnocchi, risoto, crepioca e muito mais!

Inverno saudável: receitas incríveis para quem ama massa e está de dieta

5 exercícios com bola que vão deixar sua barriga chapada (e que você pode fazer em casa)

Primeiro studio só de corrida chega a São Paulo

A academia conta com esteiras Star Trac

Terceira idade: 7 exercícios físicos indicados para os idosos

Cardiologista do HCor aponta os benefícios da atividade física para os idosos

8 sobremesas quentes e saudáveis para comer sem culpa nos dias frios do inverno

Panqueca, maça assada e suflê de chocolate estão na lista!