Guia da Semana

Melhores filmes românticos de todos os tempos

Conheça as melhores histórias de amor que já passaram pelo cinema

Quem disse que todo filme romântico tem final feliz? Ou que só pessoas bem intencionadas têm direito a um grande amor? A verdade é que o cinema romântico vai muito além da água-com-açúcar (mesmo que um pouquinho não faça mal a ninguém!).

Para homenagear esse gênero tão querido pelos cinéfilos (e cinéfilas), o Guia da Semana reuniu 20 filmes românticos que você precisa assistir. Confira:

  • E o Vento Levou (1939)
  • Casablanca (1942)
  • Bonequinha de Luxo (1961)
  • Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (1977)
  • Harry e Sally – Feitos Um Para o Outro (1989)
  • Ghost – Do Outro Lado da Vida (1990)
  • Uma Linda Mulher (1990)
  • A Bela e a Fera (1991)
  • Antes do Amanhecer (1995)
  • Titanic (1997)
  • O Casamento Do Meu Melhor Amigo (1997)
  • Mens@gem Pra Você (1998)
  • Cidade dos Anjos (1998)
  • Shakespeare Apaixonado (1998)
  • Um Lugar Chamado Notting Hill (1999)
  • Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (2004)
  • Como Se Fosse A Primeira Vez (2004)
  • Ela (2013)
  • Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)
  • Dois Lados Do Amor (2014)

Atualizado em 7 Abr 2015.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety

Assista à nova prévia de "Tamo Junto", comédia estrelada por Sophie Charlotte

Longa apresenta humor repleto de referências da cultura pop

Bertolucci revela que houve estupro em cena de "Último Tango em Paris" e revolta Hollywood

"Queria sua reação como garota, não como atriz", disse o diretor