Guia da Semana

6 Casais Sem Química No Cinema

Relembre os casais que não deram certo em frente às câmeras

Eles tinham tudo para pegar fogo na telona, mas... Simplesmente não rolou e a faísca continuou ali, bem apagada. Alguns, até, eram e continuam sendo grandes símbolos sexuais individualmente, mas, juntos, perderam toda a graça.

+ Veja a seleção de filmes para dias preguiçosos
+ Confira 7 filmes para assistir com o coração partido
+ Relembre os filmes com Justin Timberlake 

Confira as piores combinações românticas do cinema:

 

Johnny Depp e Angelina Jolie (O Turista)

Quem diria? A mulher mais invejada do mundo e um dos homens mais desejados se encontraram no filme de espionagem O Turista, de 2010 - uma espécie de 007 que parece ter sido lançada apenas para testar o casal.  O resultado não poderia ter sido mais desconfortável para os dois: afinal, filmes de ação nunca estiveram entre as especialidades do ator, mais conhecido pelos papéis excêntricos, e Angelina, famosa por sua postura feminista, ganhou um papel de mulher sensual e vazia.

Ben Stiller e Jennifer Aniston (Quero Ficar com Polly)

Combinar um comediante e uma atriz famosa por uma sitcom cômica parece não ter sido a melhor escolha para os produtores de Quero Ficar Com Polly. Ben Stiller, acostumado a roubar a cena, ficou encabulado diante das esquisitices da personagem de Aniston, que também não se encaixou bem na pele da frágil e extrovertida Polly.

Mila Kunis e Justin Timberlake (Amizade Colorida)

Sejamos justos: Mila Kunis e Justin Timberlake são dois dos artistas mais sexies do momento. Por isso, a expectativa era altíssima para ver o encontro dos dois na comédia romântica Amizade Colorida, sobre dois amigos que decidem se tornar parceiros na cama, mas sem namorar. A tal amizade, porém, parece tão real que fica difícil acreditar que haja qualquer faísca entre os dois.

Nicole Kidman e Hugh Jackman (Austrália)

Se o quase-infinito filme de Baz Luhrmann sobre a colonização da Austrália já não fosse suficientemente entediante pelo roteiro, o casal principal seria um motivo a mais para o seu fracasso. Nicole Kidman deixa suas raízes de lado para encarnar a mimada aristocrata inglesa, enquanto Hugh Jackman exagera no sotaque e na caipirice australiana, formando um casal, no mínimo, excêntrico.

Ben Affleck e Liv Tyler (Armageddon)

Ben Affleck pode ter acertado na direção de Argo e ganhado um Oscar por isso, mas seu passado o condena. No clássico apocalíptico Armageddon, quem segura o elenco não é o bonitão, mas sim o sogro Bruce Willis, que interpreta o pai de Liv Tyler. Apesar de bonitinhos, os dois são tão inofensivos em cena que não dá para sentir nem um arrepiozinho.

Cameron Diaz e Ashton Kutcher (Jogo de Amor em Las Vegas)

Cameron Diaz já teve seus dias de queridinha de Hollywood, mas é hora de escolher papéis mais maduros e o público consegue sentir isso. Em Jogo de Amor em Las Vegas, a personagem de Diaz age como uma adolescente histérica e acaba ridicularizada ao lado do parceiro Ashton Kutcher – esse sim acostumado a viver o garotão imaturo. Não funcionou.

Atualizado em 30 Mai 2014.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Apresentadores erram e dão Oscar para o filme errado; confira os vencedores

“Moonlight” vence e mostra reação do Oscar às polêmicas de 2016 e a Trump

17 filmes para assistir no NOW durante o feriado de Carnaval

De terror a animação, confira filmes que vão te entreter nesse feriado

Logan: "filme definitivo" do Wolverine chega aos cinemas

Longa marca a despedida de Hugh Jackman do personagem que viveu por 17 anos

Um Limite Entre Nós: filme indicado ao Oscar chega ao Brasil em cima da hora

Longa traz Denzel Washington e Viola Davis em atuações singulares

13 filmes indicados ao Oscar que você pode assistir em casa agora mesmo

Do premiado “A Chegada” ao emocionante “Fogo no Mar”, veja quais são os filmes do Oscar para assistir no NOW

Confira os melhores momentos da passagem de Hugh Jackman pelo Brasil