Guia da Semana

“Apenas Uma Chance” mostra trajetória de cantor de ópera rumo ao estrelato

Vencedor improvável de um reality show, Paul Potts teve sua vida adaptada para o cinema em romance açucarado

O público adora histórias de superação. Pelo menos, foi isso que os produtores de “Apenas Uma Chance” pensaram quando decidiram levar às telas a história de Paul Potts – vencedor da primeira temporada do reality show musical Britain’s Got Talent. Potts era aquele candidato em quem ninguém acreditava por estar fora dos padrões físicos e profissionais de quem costuma fazer sucesso na televisão. Isso, duas temporadas antes de Susan Boyle.

Quem interpreta o simpático e azarado cantor de ópera é James Corden, que em breve estará em cartaz, também, como coadjuvante na comédia romântica “Mesmo se Nada Der Certo”. Para o deleite do público, nas cenas de cantoria Corden tem sua voz substituída pelo timbre adocicado do verdadeiro Potts. Nas demais, ele assume a personalidade tímida e gentil com uma atuação sincera.

O título é emprestado do primeiro álbum do artista, mas causa certo estranhamento depois de alguns minutos de filme: isso porque Potts ganha muito mais do que uma chance para provar seu valor (e essa é justamente a graça do roteiro). Uma vez após a outra, ele sofre algum acidente ou tem algum imprevisto que o impede de prosseguir.

A história de Potts é graciosa, mas soa genérica e não chega a emocionar. Quando criança, ele é perseguido pelos colegas por seu peso e seu gosto pela música. O bullying continua por toda a juventude, minando o que poderia restar de auto-estima no então funcionário (depois gerente) de uma humilde loja de celulares. As críticas constantes do pai não ajudam e ele mal consegue juntar forças para perseguir seu sonho.

O destino do garoto começa a mudar quando seu melhor amigo (Mackenzie Crook) arranja um encontro entre ele e sua namorada virtual, Julz (Alexandra Roach, que nem parece ter incorporado a jovem Margaret Thatcher em “A Dama de Ferro”). Com olhos azuis e um sorriso acolhedor, Alexandra traz à obra o otimismo de um filme “feel good” – onde sabemos que, aconteça o que acontecer, tudo ficará bem.

Também contribui para o clima positivo a figura materna de Julie Walters (conhecida como Molly Weasley na série Harry Potter). Com o apoio das duas, Potts junta dinheiro para estudar música em Veneza e conhecer seu ídolo, Luciano Pavarotti.

O que poderia ser a oportunidade de sua vida logo se revela apenas mais um degrau na longa escada rumo à auto-aceitação e ao sucesso. Esse, chega depois de uma apendicite, um tumor na tireoide e algumas costelas quebradas. Chega por acaso, numa sequência que mescla imagens de arquivo dos jurados do programa britânico a gravações do ator no lugar do cantor. O encaixe é apressado e, dada a facilidade com que tudo acontece a partir daí, poderia bem ter sido reduzido a uma narração em off.

“Apenas Uma Chance” é dirigido por David Frankel  - o mesmo por trás de “Marley & Eu” e “O Diabo Veste Prada”. Seu novo trabalho não tem a mesma personalidade nem o vigor cômico e dramático que consagrou os outros dois, mas deve agradar a um público cansado de excessos. Equilibrado, o longa privilegia as pequenas conquistas de seu protagonista ao invés de concentrar esforços nas adversidades ou no sucesso final. O resultado é um filme agradável, que não mudará os conceitos de cinema de seus espectadores, mas fará seu dia um pouco mais musical.

Assista se você:

  • Gosta de ópera
  • Gosta de histórias de superação
  • Quer ver as belíssimas cenas filmadas em Veneza

Não assista se você:

  • Não gosta de música (ópera muito menos)
  • Está cansado de histórias de superação
  • Não gosta de filmes água-com-açúcar

 

Ficou curioso? Assista à primeira apresentação de Paul Potts (o verdadeiro) no programa Britain's Got Talent: 

Atualizado em 11 Jul 2014.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Remake de "Rei Arthur" ganha novo trailer ao som de Led Zeppelin

Com direção de Guy Ritchie, longa chega aos cinema de maio

Emma Watson aparece cantando em novo vídeo de "A Bela e a Fera"

Atriz interpreta a canção "Belle", uma das primeiras do filme

Novos comerciais de "A Bela e a Fera" mostram cenas inéditas do filme

Live-action chega ao Brasil no dia 16 de março

Waiting for B. - documentário revela a rotina dos fãs que acamparam para ver show da Beyoncé

Filme integra a programação da Sessão Vitrine e estreia no dia 2 de março

15 Filmes imperdíveis que chegam aos cinemas em março de 2017

“A Bela e A Fera”, “Logan” e “Vigilante do Amanhã” estão entre as estreias do mês

"Mulher-Maravilha" ganha coleção de colecionáveis pela Funko

Lançamento vem para entrar no clima do novo filme da heroína