Guia da Semana

Crítica: “Para o que der e vier” é combinação desastrosa entre criador de Mad Men e humoristas de Hollywood

Filme traz Owen Wilson e Zach Galifianakis em papéis pouco inovadores

O que acontece quando você combina o diretor e roteirista de uma das séries de maior sucesso na televisão americana com dois astros das comédias mais clichês de Hollywood? A julgar por “Para o que der e vier”, que estreia nesta quinta no Brasil, nada de bom.

O filme é escrito e dirigido por Matthew Weiner, da série Mad Men, e traz no elenco o sempre-conquistador Owen Wilson e o sempre-infantil Zach Galifianakis, mergulhados em suas zonas de conforto. Wilson “interpreta” Steve, um mulherengo que vive chapado e trabalha como “garoto do tempo” numa TV local. Já Galifianakis é Ben, um homem nos seus 30 anos que não tem emprego e tenta ser escritor, mas sofre com transtorno bipolar, age como uma criança selvagem e também não sabe o que é ficar sóbrio por mais de algumas horas.

Quando o pai de Ben morre, numa cidadezinha do interior, Steve o leva para reencontrar a família – em particular a irmã, Terry (Amy Poehler) e a viúva, Angela (Laura Ramsey). Depois de uma sequência de piadas sem graça sobre a vida sexual do idoso falecido com a jovem esposa, a leitura do testamento revela uma surpresa: todas as propriedades foram deixadas para Ben.

Certa de que seu irmão é incapaz de gerenciar qualquer coisa, Terry começa a pressioná-lo, levando a transformações que desequilibrarão a amizade entre Ben e Steve. A briga acaba envolvendo Angela, uma personagem que impressiona pela concentração de estereótipos femininos: bela, jovem, cuidadora, professora, sempre com um sorriso no rosto, dona-de-casa prendada e interesse sexual de três homens diferentes ao longo do filme.

“Para o que der e vier” tenta conciliar o humor escrachado do cinema com diálogos pseudo-intelectuais da televisão, mas não consegue encontrar o tom. Ao invés disso, o que o espectador encontra é um conjunto de comentários de mau gosto tecidos por personagens pouco interessantes, quando não absurdos. Não espere dar grandes risadas.

Atualizado em 29 Abr 2015.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

História do palhaço Bozo será contada nos cinemas; assista ao trailer de "Bingo: O Rei das Manhãs"

Elenco terá Vladimir Brichta, Leandra Leal e Pedro Bial

Ator de “Power Rangers” faz homenagem à Chapecoense durante a CCXP 2016

Elenco do filme participa da terceira edição da feira de cultura pop em São Paulo

Veja os melhores cosplays da Comic Con Experience 2016 (CCXP)

Evento acontece no São Paulo Expo entre 1 e 4 de dezembro

CCXP 2016 surpreende com vídeos exclusivos no segundo dia de evento

Cena de novo “Homem-Aranha” e trailer de “Planeta dos Macacos: A Guerra” foram destaques na sexta-feira

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas