Guia da Semana

Entenda as polêmicas envolvendo Woody Allen

Dias depois de ouvir que seu filho “poderia não ser seu”, Allen enfrenta acusação de estupro

“Há muitas coisas que eu não lembro, mas lembro-me do que aconteceu no sótão. Lembro-me do que eu estava vestindo e do que não estava.” A declaração de Dylan Farrow, filha adotiva de Mia Farrow, para a revista americana Vanity Fair no dia 2 de outubro de 2013 reacendeu uma longa polêmica envolvendo a vida do diretor Woody Allen - que volta à pauta novamente com a carta aberta publicada pela jovem pelo jornal New York Times.

+ Conheça as musas de Woody Allen
+ Fique por dentro das notícias de cinema 
+ Saiba mais sobre grandes diretores no especial ABC do Cinema Com a ESPM 

Allen e Mia Farrow tiveram um relacionamento nos anos 80, mas nunca se casaram. Ela se tornou uma de suas maiores musas, até que os laços se romperam totalmente em 1992, quando a atriz descobriu que o diretor estava se relacionando com sua filha adotiva mais velha (ao todo, são 15 filhos), Soon-Yi Previn. Para completar, Allen se casaria com Soon-Yi em dezembro de 1997.

Se a diferença de idade do novo casal (38 anos) chocou o mundo, ela não é muito maior do que a diferença que havia entre Mia Farrow e Frank Sinatra quando os dois se casaram, em 1966: ela tinha 21 e ele, 50. O casamento durou pouco, mas, até hoje, a loira garante que ele foi o amor de sua vida.

Woody Allen

Se a situação parece ruim para o diretor de Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, espere para ouvir o resto. Também em entrevista à Vanity Fair, Mia declarou recentemente que seu filho com Allen, Ronan Farrow (criado pelo pai), “poderia ser” de Sinatra. A afirmação não só irritou o pai, como se tornou motivo de piada pelo próprio Ronan, que respondeu via Twitter: “somos todos ‘possivelmente’ filhos de Frank Sinatra”.

A última bomba veio no depoimento de Dylan, hoje com 28 anos. A jovem, pela primeira vez, confirmou as acusações feitas por sua mãe em 1993 (à mesma revista) de que Allen teria abusado dela quando tinha sete anos, na mesma época em que o caso com Soon-Yi fora descoberto.

Woody Allen jamais foi condenado e se declara inocente. Quando ao filho Ronan, o artista apenas negou as suposições. Allen lançou, recentemente, o drama Blue Jasmine, e recebeu o prêmio Cecil De Mille no Globo de Ouro 2014, sob críticas de seus familiares.

 

Atualizado em 3 Fev 2014.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Mais de 20 fotos inéditas de "Transformers: O Último Cavaleiro" vazam na internet; confira

Próximo longa da franquia estreia em junho de 2017

"O Círculo": Suspense com Tom Hanks e Emma Watson ganha primeiro trailer

Em 2017, os atores vão se encontrar nas telonas pela primeira vez

Após polêmica, Bernardo Bertolucci desmente estupro em "Último Tango em Paris"

Diretor julgou repercussão como um "mal-entendido ridículo"

"Guardiões da Galáxia Vol. 2" tem o trailer mais assistido da história da Marvel

Continuação do longa de 2014 chega aos cinemas em abril de 2017

"Sully - O Herói do Rio Hudson" ganha nova data de estreia no Brasil

Filme em que Tom Hanks evita acidente aéreo teve lançamento adiado após tragédia com Chapecoense

Apresentador Jimmy Kimmel comandará o Oscar 2017

Notícia foi confirmada pela revista Variety