Guia da Semana

Melhores declarações de amor do cinema

Conheça as declarações que conseguem arrancar suspiros de qualquer um

Existem infinitas formas de dizer “Eu te amo!”. No cinema, então, a criatividade não tem limites. Em cada comédia romântica, os diretores surpreendem com declarações cada vez mais emocionantes, seja com cartas de amor vindas do além ou em um flash mob em uma estação de trem.

Com o Dia dos Namorados chegando, fica difícil não relembrar dos casais apaixonados do cinema - que 99% das vezes acabam juntos. Por isso, o Guia da Semana separou uma lista com as 7 declarações de amor mais emocionantes e criativas da telonas. Confira e exercite o seu romantismo no próximo dia 12 de junho:

Simplesmente Amor (2003)

O filme Simplesmente Amor mostra dez histórias de amor diferentes, que se entrelaçam de alguma maneira durante o longa. O desfecho de uma delas chama bastante atenção, com uma declaração pra lá de criativa.

Cidade dos Anjos (1998)

O filme conta a história de um anjo, encarregado de tomar conta de Los Angeles e que se apaixona por uma mortal, uma cirurgiã que ficou arrasada quando perdeu um paciente durante uma operação. O amor faz com que ele pense em desistir da eternidade para ficar com ela.

“Eu preferia ter uma vez o cheiro dos cabelos dela, um beijo da boca dela, um toque das mãos dela do que a eternidade sem isso. Uma vez”.

Amizade Colorida (2011)

Mesmo depois de decidirem que teriam apenas uma amizade colorida, Dylan (Justin Timberlake) acaba se apaixonando por Jamie (Mila Kunis) e complicando as coisas entre os dois. Fugindo de qualquer compromisso, Jamie decide se afastar de Dylan. Mas ele acaba sentindo falta da melhor amiga e organiza uma declaração bastante criativa para tê-la de volta.

“Olha, eu posso viver sem nunca mais transar com você. Vai ser realmente difícil. Eu quero a minha melhor amiga de volta, porque eu estou apaixonado por ela".

Diário de uma Paixão (2004)

Nem sempre uma declaração de amor emocionante é feita cara a cara. O Diário de uma Paixão é a prova disso. Ao longo de todo o filme, Noah envia dezenas de cartas para declarar o seu amor por Allie, que não recebe nenhuma delas e desiste do amado. Sete anos depois e noiva de outro homem, Allie reencontra Noah e os dois ficam juntos.

Como Se Fosse a Primeira Vez (2004)

O filme Como Se Fosse a Primeira Vez mostra que o amor não tem barreiras. E nem memória. Todos os dias, Henry precisa conquistar e declarar o seu amor a Lucy, que sofre de falta de memória, lembrando apenas o que acontece em um período de 24h.

Um Lugar Chamado Notting Hill (1999)

Indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme, Um Lugar Chamado Notting Hill conta o relacionamento turbulento entre uma estrela do cinema e um dono de um sebo. Com medo da fama da atriz, Will rejeita o pedido dela e os dois dão um tempo no namoro.

“Não se esqueça que eu sou só uma garota, na frente de um garoto, pedindo que ele a ame.”

Depois de perceber que a amava de verdade e que a fama não importava, Will vai atrás de Anna e pede mais uma chance em uma coletiva de imprensa.

P.S. Eu te amo (2007)

Em P.S. Eu Te Amo, Holly Kennedy é uma jovem bonita, feliz e realizada. Casou-se com o homem de sua vida, o irlandês divertido e apaixonado Gerry. Mas ele fica doente e morre, deixando Holly em estado de choque. Mesmo assim, Gerry segue demonstrando seu amor à Holly através de cartas que chegam todas as semanas.

Atualizado em 6 Jun 2014.

Por Renata Fernandes
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Festival gratuito de cinema francês pode ser visto em qualquer lugar

7ª edição do MyFrenchFilmFestival acontece entre 13 de janeiro e 13 de fevereiro

Sesc Santana exibe óperas europeias na tela de cinema

“A Flauta Mágica” e “Aida” têm exibições em janeiro

10 Filmes sul-coreanos que você precisa conhecer

Filmes como “A Criada” e “Invasão Zumbi” são exemplos do crescimento do cinema comercial no país

Michael Fassbender fala sobre a adaptação de “Assassin’s Creed” para os cinemas

Filme estreia no Brasil no dia 12 de janeiro

Natalie Portman encarna a Sra. Kennedy no pesado e surpreendente “Jackie”

Filme reconta o assassinato do presidente americano sob o ponto de vista da primeira-dama

Andrew Garfield fala sobre selinho em Ryan Reynolds no Globo de Ouro - e repete a dose em apresentador!

Ao falar sobre o assunto, Garfield beijou Stephen Colbert