Guia da Semana

Rede de cinemas americana estuda permitir o uso de celulares nas sessões

Medida seria uma forma de atrair o público mais jovem de volta para os cinemas

A rede de cinemas AMC, uma das maiores em território norte-americano, está estudando formas de permitir o uso de celulares dentro das salas de cinema. A ideia é tornar os cinemas mais “amigáveis” para o público de até 20 e poucos anos, cuja frequência tem caído nos últimos anos.

Segundo o CEO da empresa, Adam Aron, não é inteligente pedir a um jovem nessa faixa etária para desligar o celular – “É como pedir para que ele corte o próprio braço”, declarou em entrevista à revista Variety. Há dois grandes problemas a serem analisados, porém, antes que a iniciativa entre em vigor: a aceitação do restante do público (que, em geral, se incomoda bastante com o uso de celulares durante as sessões) e a violação de direitos autorais dos filmes em exibição (caso sejam filmados ou fotografados).

Sobre o primeiro item, Aron considera a possibilidade de posicionar esses jovens numa ala separada, numa espécie de “celulódromo”. Esta seria uma forma de não prejudicar a experiência dos outros espectadores, que não seriam (tão) incomodados com a luz das telas ou o som das teclas. Já sobre o segundo, vale pensar que a exclusividade dos cinemas como meio de exibição no dia da estreia é um conceito que já vem sendo questionado por projetos como o Screening Room, que permitiria ao público ter acesso aos filmes em casa simultaneamente aos cinemas, por um valor fixo.

O projeto anunciado por Aron não é um consenso entre os exibidores. Tim League, CEO da Alamo Drafthouse Cinema, comentou que “uma inovação nessa direção poderia ferir seriamente a indústria”, ressaltando o risco, em particular, para a relação entre as redes e os produtores. League ainda apontou para o fato de que o uso de celulares durante o filme reduziria a atenção do espectador e, consequentemente, prejudicaria a experiência e o impacto da obra.

Atualizado em 15 Abr 2016.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Reese Witherspoon quer fazer "Legalmente Loira 3"

"As mulheres precisam desse tipo de positividade hoje em dia", disse a atriz ao E! News

10 Filmes da Sessão da Tarde para ver na Netflix

“Operação Cupido” e “Aventureiros do Bairro Proibido” estão entre os filmes nostálgicos em cartaz

“Estrelas Além do Tempo” revela as mulheres negras que mudaram a história da NASA

Longa inspirador e bem-humorado estreia no dia 2 de fevereiro nos cinemas

“A Cura”: diretor de “O Chamado” retorna ao terror com longa sinistro e hipnotizante

Filme chega aos cinemas no dia 16 de fevereiro

“O Poderoso Chefinho”: animação adorável sobre um bebê “adulto” estreia em março (e vai conquistar seu coração)

Filme explora a relação entre um menino de 7 anos e seu novo irmãozinho

Final do Super Bowl será transmitida ao vivo nos cinemas

Evento acontece no dia 5 de fevereiro e terá show de Lady Gaga no intervalo