Guia da Semana

Nadadores americanos dizem que história de assalto foi inventada por Ryan Lochte

Após polêmica, o nadador pode ser indiciado por falsa comunicação de crime

Mais um capítulo (talvez o final?) da polêmica envolvendo o nadador americano Ryan Lochte. Tudo começou quando o atleta e outros três colegas da delegação de natação dos EUA denunciaram um assalto a mão armada no Rio de Janeiro. Eles estavam em uma festa na Lagoa e chegaram por volta das 6h56 na Vila Olímpica, três horas depois o suposto assalto - eles alegaram que estavam de táxi e foram obrigados por assaltantes a sair do carro por volta das 4h da manhã. As contradições nos depoimentos chegaram às especulações de que Lochte teria traído a namorada durante uma festa - motivo pelo qual teria inventado o roubo.

Mas a história ficou mais séria quando as investigações da Polícia do Rio apontaram que Lochte (ao lado de Gunnar Bentz, Jack Conger e James Felgen) envolveu-se em uma briga em um posto de gasolina e chegou até a quebrar a porta do banheiro do local. Ou seja, para a polícia, não houve assalto. Para piorar, segundo informações de fontes policiais, Bentz e Conger confessaram que o assalto foi, de fato, inventado por Lochte. As informações foram divulgadas pela agência Associated Press

Os atletas chegaram a mudar a versão do incidente pelo menos quatro vezes e podem ser acusados por falsa comunicação de crime, com pena que varia de um a seis meses de detenção ou multa. Se deram mal, hein?





Atualizado em 18 Ago 2016.

Por Redação Guia da Semana
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Olimpíadas 2020: Goku, do "Dragon Ball Z", pode ser embaixador dos Jogos no Japão

Apesar de nenhum anúncio oficial, o rumor está circulando na internet!

Harvard disponibiliza curso online e gratuito de fotografia

Programa constitui em 12 módulos que vão de práticas básicas ao uso de softwares de edição

"Ai, misericórdia": você precisa conhecer o novo meme das redes sociais

Dos mesmos criadores de "Eta, Giovana", apresentamos o novo hit da internet

Com Super Mario e Zelda, novo videogame da Nintendo será lançado em março

Switch, misto de videogame de mesa e console portátil, sairá por US$ 299

10 dicas infalíveis para curtir ao máximo os bloquinhos de Carnaval de rua

Temer aprova lei que cobra impostos de serviços como Netflix e Spotify

Serviços de streaming passam a entrar na lista de cobrança do ISS