Guia da Semana

Jeito Tati Bernardi de ser

Sucesso no Twitter, a escritora, roteirista e blogueira compartilha doses de seu humor ácido em um bate-papo sobre os sexos

Conselheira amorosa? Não! Apesar do título não ser considerado nenhuma heresia por grande parte de seus milhares de seguidores no Twitter, que também lê seu site, acompanha seu blog na revista Alfa e aproveita o espaço para tirar dúvidas sobre relacionamento, a escritora paulista Tati Bernardi rechaça o rótulo. “Escrevo bem sobre o assunto, mas na prática sou um fracasso total”, confirma.

Roteirista da novela global A Vida da Gente e do programa Amor & Sexo, ela publicou quatro livros desde que abandonou a carreira de redatora, há cerca de cinco anos. Entre os títulos, destaque para A Mulher que Não Prestava (2007), que reúne seus melhores contos. Atualmente, a paulista de 32 anos escreve também duas peças de teatro e um livro virtual, além de fazer freelas publicitários.

Tati Bernardi revela que suas criações são na verdade um retrato daquilo que mais a instiga e emociona. “Escrevo desde os 15 anos justamente porque eu sofria demais com os namorinhos e colocar os sentimentos no papel ajudava a dar ordem pra confusão da minha cabeça”, lembra ela, que completa afirmando que o mundo tende a ficar muito burocrático sem amor e as relações em geral.

Confessa intimidadora de homens e conhecida por não pensar duas vezes ao lançar mão de seu humor ácido, ela assegura que não cede às rotineiras – e, muitas vezes, insistentes – cantadas masculinas. Confirma, porém, que volta seus olhares para os mais ocupados. “Os homens que me interessam são os que eu vou atrás, os que não perdem tempo me paquerando porque estão em 567 projetos”, dispara.


Confira exclusiva completa com Tati Bernardi

Guia da Semana: No vídeo de seu livro A Menina da Árvore, que traz alguém insatisfeito com a própria imagem, você diz que ele é um pouco autobiográfico. O que tem nele que existia em você?
Tati Bernardi: Tudo. Eu vivi exatamente o que a personagem viveu. Me sentia estranha na escola e queria muito ser aceita.

Você costuma tratar a maioria dos assuntos com bom humor. O que te faz sair do sério?
Eu tô sempre mal humorada, mas sou engraçada apesar disso ou principalmente por causa disso. Sou irônica, e não de bem com a vida. 

As pessoas costumam procurar você para pedir conselhos amorosos?
Sempre, as respostas estão em um blog que tenho na revista Alfa. Respondo dúvidas amorosas nele, mas é meio que tirando sarro.

Como você definiria os homens e as mulheres atuais?
Mulheres querendo tudo pra antes de ontem, homens querendo tudo pra depois de amanhã.

Qual dos sexos tem as rédeas do relacionamento? E por que?
Os homens. Porque tem mais mulher interessante e interessada do que homens. Então eles podem escolher. Mas, depois, quando o homem "cansa" e decide "se fixar" a algo, a gente manda horrores.

Como seria para você o relacionamento ideal no século 21?
Banheiros e quartos separados numa mesma casa grande. 

Uma coisa que, tenho certeza, todo o homem tem vontade de saber: por que as mulheres vão ao banheiro juntas?
Pra falar mal dos outros, pra perguntar se estão gordas e pra ver o que a outra carrega na bolsa além de calmante.

Você acha que os homens têm medo de mulheres como você, assim, que falam o que pensam?
Tenho certeza absoluta. 

Você pode me dizer algumas coisas que a maioria dos homens faz e você abomina?
São sem atitude, preferem as sonsas, se incomodam com a vida sexual que uma mulher com mais de trinta teve ou tem.

Como você acha que as mulheres te enxergam hoje em dia?
Eu espero que magra [risos]. Ah, elas acham que eu "falo por elas". Eu preferia falar menos e fazer mais, mas ganho dinheiro com isso. 

Você recebe muita cantada? E como costuma reagir a elas?
Todo santo dia um mala me canta. Mas os que me interessam são os que eu vou atrás, os que não perdem tempo me paquerando porque estão em 567 projetos.  

Quais lugares costuma frequentar em São Paulo?
Eu gosto de ir ao cinema e a bons restaurantes. Gosto de festa com música que toca na OI FM [risos]. E odeio todas aquelas baladas que tocam músicas da Jovem Pan.

Lugares que são ideais para ir namorando e solteiro?
Pra ir com namorado, eu voto no Reserva Cultural e em restaurantes charmosos de Higienópolis. Pra ir solteira, eu voto na Rua Augusta e em todas aquelas festinhas divertidas tipo a Sem Loção.

Atualizado em 10 Abr 2012.

Por Emerson Viana
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

FC Barcelona convida Chapecoense para o Troféu Joan Gamper 2017

Clube espanhol pretende colaborar com a reconstrução do time catarinense

Molejo canta Lady Gaga no "Encontro" e a internet vai à loucura

Grupo fez mashup com as músicas "Cilada" e "Perfect Illusion"

Escola pública fundada por Shakira, na Colômbia, é eleita a melhor do país

Instituição em Barranquilla recebe alunos em vulnerabilidade social

Marcelo Serrado e Marcos Veras se beijam em protesto contra homofobia

Atores participaram do prêmio "Homem do Ano" da revista GQ

Taylor Swift, One Direction e Adele são os artistas da música mais bem pagos de 2016; veja lista completa

Lucros do trio vão de US$ 80 a US$ 170 milhões

Lady Gaga, Bruno Mars e The Weeknd agitam desfile da Victoria's Secret

Apresentação da nova coleção da grife contou com grandes nomes do pop