Guia da Semana

Cores Brasilis

Mostra retrata dia a dia do homem do campo na Chapada Diamantina

Este evento terminou

Cores Brasilis

Data 01 Jan 2010-01 Mar 2010
Até 28 de fevereiro de 2010.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) Diariamente, 14h às 18h.

Rua Gamboa de Cima, 3, 40060-008

Telefone (71) 3329-2418

Reunindo as principais obras do artista plástico Salomão Zalcbergas, o Teatro Gamboa Nova realiza a exposição Cores Brasilis, que traz cenas cotidianas do interior brasileiro. As telas, pintadas com tinta acrílica e a óleo, retratam a vida simples do homem do campo com personagens típicos da Chapada Diamantina.Salomão mostra bem o ofício diário dos ambulantes do litoral norte baiano e também faz uma homenagem aos índios. Dentre os quadros que marcam suas principais mostras destacam-se os que viajaram para França e Itália como Os casais de emoções humanas e Bananeiro, apresentado há dois anos na mostra Simplicidade. Foto: Divulgação

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Chez Bernard

Chez Bernard

7m

Bahia Café Aflitos

Bahia Café Aflitos

40m

Restaurante Amado

Restaurante Amado

108m

496 Grill & Bar

496 Grill & Bar

122m

Sheraton da Bahia

Sheraton da Bahia

392m

Café do Forte

Café do Forte

436m

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA