Guia da Semana

Fernando Catatau, Jaques Morelenbaum e Chris Mack

Músicos se apresentam nesta quarta-feira no SESC Pinheiros

Este evento terminou

Fernando Catatau, Jaques Morelenbaum e Chris Mack

Data Qua 13 Mai 2015
13 de maio de 2015

Preço(s) Entrada gratuita

Horário(s) 16h

Rua Paes Leme, 195, Oeste 05424-010

Telefone (11) 3095-9400

O guitarrista Fernando Catatau convida o cellista Jacques Morelenbaum e o guitarrista escocês Chris Mack para uma jam session na quarta-feira, dia 13 de maio de 2015, no SESC Pinheiros.

Fernando Catatau é natural de Fortaleza (CE) e começou a tocar em 1990 na banda Companhia Blue. Em 1994 se mudou para São Paulo, onde compôs as primeiras músicas do que seria o repertório da banda Cidadão Instigado, formada dois anos mais tarde. Possui entre suas marcas registradas um som não usual de suas guitarras. Produziu o disco “Iê, iê, iê”, de Arnado Antunes, e “Avante”, de Siba, além de todos os discos do Cidadão Instigado. Fez a trilha sonora do filme “Transeunte”, de Erik Rocha.

Jaques Morelenbaum é violoncelista, arranjador, compositor e produtor. Atuou por dez anos na Nova Banda de Antonio Carlos Jobim, excursionou por todo o país tocando com Egberto Gismonti, foi diretor musical, arranjador e violoncelista de Caetano Veloso e tem colaborado desde os anos 1009 com Ryuichi Sakamoto. Atuou e gravou com Sting, Cesária Évora, Gal Costa, Mariza, David Byrne, Milton Nascimento, Henri Salvador, Omar Sosa, Bill Frisell, Hubert Laws, Kenny Barron, João Donato, Julieta Venegas, John Scofield, entre outros. Compôs para o cinema – nesta área, seus trabalhos de maior expressão são as trilhas dos filmes “Central do Brasil”, de Walter Salles, e “Lula”, de Fabio Barreto (ambas fruto de parceria com Antonio Pinto), além de “Tieta”, de Cacá Diegues (parceria com Caetano Veloso).

Christopher Mack é escocês radicado no Brasil desde 2005. Além de cantar, toca violão com cordas de aço e guitarra. Apresenta-se tanto em bandas de rock experimental como solo, com repertório formado por composições autorais que trazem referências à música do seu país e de outras partes do mundo. Seu estilo de tocar é marcado pelo uso de diversas afinações e por um estilo dedilhado quase percussivo. Para ele, a mudança de afinação serve como ponto de partida tanto na composição quanto no improviso.

Por Leonardo Paladino
Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Teatro Paulo Autran - SESC Pinheiros

Teatro Paulo Autran - SESC Pinheiros

Espaço Carinhas e Coroas

Espaço Carinhas e Coroas

Espaço de Cultura Digital - Sesc Pinheiros

Espaço de Cultura Digital - Sesc Pinheiros

Ateliê Alessandra Dantas

Ateliê Alessandra Dantas

131m

Bar das Batidas

Bar das Batidas

152m

C... do Padre

C... do Padre

158m Saiba mais sobre o C... do Padre, um bar localizado no bairro de Pinheiros na Zona Oeste de São Paulo

Notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças