Passeios imperdíveis no Rio de Janeiro

Dicas para curtir a visita à Cidade Maravilhosa

Última publicação: 05/06/2013

  • Bondinho do Pão de Açúcar

    Bondinho do Pão de Açúcar
    Créditos: Reprodução / Site oficial

O Rio permanece imbatível como principal destino brasileiro no turismo para lazer, e a procura só aumenta. Em 2012, 1.164.187 visitantes de outros países estiveram na Cidade Maravilhosa, 11,4% a mais do que no ano anterior. Já no turismo doméstico, a cidade recebe mais de 5 milhões de pessoas ao ano.

+ Confira nossas dicas para aproveitar Belo Horizonte

O Carnaval carioca, as praias e pontos turísticos como o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor fazem a fama do Rio de Janeiro, além de vários outros passeios imperdíveis.

Confira:

Os símbolos da cidade


O Pão de Açúcar e o Cristo Redentor são os pontos turísticos do Rio de Janeiro mais famosos em todo o mundo, e vale conhecê-los em pelo menos uma das visitas à Cidade Maravilhosa. 

O bondinho envidraçado leva em poucos minutos os visitantes ao Morro da Urca, que conta com restaurante, bares, lojas, lanchonete e anfiteatro. Em seguida, um outro teleférico transporta os turistas ao Pão de Açúcar, de onde é possível ter uma visão de 360º da Cidade Maravilhosa.

O Cristo Redentor, por sua vez, é a maior imagem de Jesus do mundo, com 38 metros e oito de pedestal. Fica no Morro do Corcovado, a 709 metros acima do nível do mar. Além de apreciar o monumento, de lá também se pode ter uma vista panorâmica da capital carioca.

As praias


Há praias para todos os gostos no litoral carioca. A Praia de Copacabana, além de ficar perto de hotéis, restaurantes e bares famosos, recebe shows e eventos como a tradicional queima de fogos do Réveillon. Ipanema, homenageada na música de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, é point de paquera.

Famosos podem ser vistos facilmente nas areias da Barra da Tijuca e do Leblon. Para quem curte surfar, a Praia do Arpoador e a Praia da Reserva são boas opções. 

Boemia


O bairro da Lapa é, desde o início do século XX, o maior reduto dos boêmios do Rio de Janeiro.  Possui muitos bares, rodas de samba, baladas e famosas casas de show como o Circo Voador, o Teatro Odisséia e a Fundição Progresso.

O local também possui pontos turísticos como a colorida Escadaria Selarón, os Arcos da Lapa, o Museu da Imagem e do Som e a Igreja Nossa Senhora do Carmo da Lapa do Destino.

Paisagens com história


Criado em 1808 por D. João VI, o Jardim Botânico possui mais de oito mil tipos de plantas, orquidário, bromeliário, além das altas palmeiras imperiais.  No local, há dois museus: o Botânico, com documentos sobre o assunto, e a Casa dos Pilões, antiga fábrica de pólvora que possui escavações arqueológicas.

O Parque Lage, por sua vez, foi construído em 1849 e possui uma antiga mansão, projetada por Mario Vodrel. Os jardins em formas geométricas e as pequenas grutas fazem parte dos 52 hectares de área verde. 

Museus


O Rio de Janeiro tem dezenas de museus, sendo o MAR - Museu de Arte do Rio, fundado no início de 2013, o mais novo deles. As suas exposições pretendem promover uma leitura transversal da história da cidade, através de obras de arte.

O MAM - Museu de Arte Moderna, além de sua coleção de mais de 15 mil obras, chama a atenção pelo projeto arquitetônico de Affonso Eduardo Reidy e pelo paisagismo de Burle Marx. O Museu Nacional de Belas Artes, por sua vez, possui a maior e mais variada coleção brasileira do século 19.

Entre os museus históricos, destaca-se o Museu da República, no Palácio do Catete, com objetos pessoais de todos os presidentes do Brasil, além de obras de arte e de mobiliário. No local encontra-se o dormitório particular de Getúlio Vargas, onde ele se suicidou em agosto de 1954. 
Gisele Navarro redator(a)

Estabelecimentos

Comentários

Destaques do guia