Guia da Semana

10 curiosidades e fatos inusitados sobre o Pokémon Go no Brasil

Pokestops em cemitérios, “ratos” no congresso e outras histórias do game de maior sucesso dos últimos tempos

Depois de meses de espera, noites sem dormir e a sensação de ser praticamente o único país do mundo por fora da moda, o Pokémon Go finalmente chegou ao Brasil. O jogo foi liberado em território brasileiro na última quarta-feira, 3, e já passa dos 50 milhões de downloads. O motivo de tanto frisson? É difícil dizer, mas se existe uma certeza, é que já estamos cheios de histórias um tanto quando inusitadas envolvendo o game de realidade aumentada de maior sucessdo de todos os tempos. Curioso? Confira 10 delas!  

1) Os pokémons estão em todos os lugares - literalmente. Além dos bichinhos em si, o jogodar encontra por aí pokestops (onde há pokebolas e outros bônus) e ginásios (onde é possível travar disputas e subir de nível). O que ninguém esperava que alguns desses pontos estariam localizados exatamente onde se encontra a Cracolôndia. Cuidado, gente! 

 

2) A caça por pokémons tem feito os brasucas chegarem a outros lugares inusitados: igrejas tornaram-se ginásios para batalhas e cemitérios viraram concentração de pokestops - a Igreja do Carmo, no centro de São Paulo, e os cemitérios do Araçá e da Consolação são apenas alguns exemplos. Isso vem deixando os adminstradores de tais locais preocupados. No primeiro caso, pede-se respeito, já que missas têm sido atrapalhadas pelos gamers; e, no segundo, é preciso ter cuidado, já que cemitérios costumam ser vazios, principalmente à noite. Eu, hein!


3) Coincidência ou não, os corredores do Congresso Nacional foram invadidos por um espécime bem específico de pokémons: o Rattata. Um jornalista da Band News encontrou um desses roedores, acreditem, no meio de uma sessão da Comissão do Impeachment. O fato, é claro, já virou piada na internet.

 

4) Uma grande preocupação em torno do game tem sido os acidentes de trânsito - afinal, tem gente que não perde a oportunidade de aumentar de capturar um Pikachu nem com as mões ao volante. Depois de casos desse tipo terem sido reportados nos EUA, o Detran do Rio de Janeiro criou uma campanha no Facebook, a #PokeSTOP, para concientizar os caçadores cariocas. Se dirigir, não cace! 


5) Mal chegou ao Brasil, e já tem gente usando o famoso “jeitinho brasileiro” para levar vantagem no jogo. Um dos métodos tem sido emitir um sinal falso de GPS, assim, o  jogo entende que você está em outro lugar, e permite capturar monstros que estão longe. Há!

 

6) E é claro que não poderiam faltar os assaltos. Não é segredo que o Brasil não é um dos países mais seguros do mundo, e inúmeros casos de roubos de celulares já foram reportados por aqui. Tem até uma piada rolando nas redes sociais, fazendo um trocadilho com o pokémon Bulbasaur. Adivinha qual é? Bubassaltos!

 

 

7) Com toda essa onda das pokébolas, tem gente usando o delírio em torno do game para faturar uma graninha. O F5, por exemplo, contou a história de Denis Paz, um motoboy de Fortaleza que oferece caronas, por R$ 25, para facilitar a caça. Muito mais rápido, não é mesmo?

 

 

8) O melhor do Brasil é o brasileiro, e tão legal quanto jogar Pokémon Go é acompanhar os memes da febre. A gente separou os melhores aqui e aqui, vem ver!

 

 

9) Quem também está de olho na febre é o Ministério da Educação, que aproveitou para deixar uma mensagem “engraçadinha” em sua página do Facebook. "O Enem é mais importante que o Pokémon Go - quem captura conhecimento e treina tudo o que aprendeu vence a batalha mais sonhada: passar no #Enem". HAHA! 


 

10) Para finalizar, vai aqui a prova de que a publicidade também não vai deixar a popularidade do game - melhor camapnha do que essa, porém, vai ser impossível! 


Atualizado em 5 Ago 2016.

Por Redação Guia da Semana
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Confira a programação especial de fim de ano da Rede Globo

A emissora carioca preparou muitas novidades para o mês de dezembro

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro

Globo planeja exibir versões censuradas de suas séries na internet

Diretor de mídias digitais da emissora já avalia a ideia