Guia da Semana
Bares (antigo)
Por Marco Sá

10 Bares e Restaurantes imperdíveis que abriram no Rio de Janeiro em 2015

Confira essa retrospectiva gastronômica espalhada por vários cantos da Cidade Maravilhosa.

El Gordo é um bar de tapas portuguesas (Camilla Maia | Divulgação)

Uma das palavras mais usadas em 2015 foi “crise”. De fato, a recessão econômica afetou muita gente, mas não impediu que a Cidade Maravilhosa avançasse no quesito “polo gastronômico”.

Pois o Guia da Semana selecionou 10 Bares e Restaurantes imperdíveis que abriram no Rio de Janeiro em 2015. Confira:

Velero

Uma refeição com a bela vista do Pepê… O Velero fica no térreo do Hotel Praia Linda e funciona durante todo o dia. Isso significa que você pode tomar café da manhã, almoçar, curtir happy hour… tudo de frente pro mar. Uma das boas pedidas da casa é o Hambúrguer de salmão (150g de salmão em cama de rúcula, guarnecido com maionese de siciliano e pimenta rosa e anéis de lula crocante. Acompanha chips de batata baroa) por R$ 40.

Dida Bar e Restaurante

A proposta aqui é familiar. A mãe da Dida, dona Maria liderou um bar na Zona Norte na década de 70 frequentado por grandes mestres do samba. Dida herdou o tempero da mãe e pôs seus toque pessoal. Comandado por ela e seus filhos, o bar tem aquele ar bacana com tijolos de demolição visíveis e quadros étnicos, além de homenagens a nomes como Martinho da Vila, Clementina, Candeia e Cartola. Os petiscos individuais são o forte da casa, como a Taça Nordestina, um escondidinho de baião de dois a R$ 19. Para quem gosta de cerveja artesanal, o bar tem vários rótulos.

Vikings

Os amantes da culinária americana encontram mais um recinto. Com filiais na Tijuca e Nova Iguaçu, ambas as casas são convidativas para os clientes tirarem fotos com capacetes e martelos típicos dos personagens que dão nome à empreitada. Um dos pontos altos é o cardápio de hamúrguer artesanal, como o Monster Viking Arrasador, com 300g de carne bovina, molho especial, alface, queijo cheddar derretido, cebola roxa curada, bacon fatiado no pão gigante com gergelim e cercado pelas consagradas batatas fritas. Para adoçar, tem Iceland, uma grande taça mergulhada em calda artesanal de chocolate, crustada com castanhas de caju picadas, servida com sorvete de creme e finalizada com chantilly.

JunTTa Todo Mundo

A Reserva T.T. Burger, primeira hamburgueria 100% brasileira, inaugurou o espaço em setembro, na Barra da Tijuca. A casa tem itens exclusivos, como o ketchup de goiabada e o hambúrger composto por ingredientes nacionais, como o hambúrguer com 200 gramas de carne, queijo meia cura, tomates frescos, alface romana, picles de chuchu crocante, cebola agridoce e pão de batata doce artesanal. A receita inclui ainda segredos da família Troisgros, como o blend de carnes brasileiras (acém, fraldinha e contrafilé) e o molho TT, feito à base de maionese.

Brasserie Lapeyre

Com uma vista panorâmica da Baía de Guanabara, a casa do chef Ricardo Lapeyre oferece autênticas receitas da culinária francesa para o almoço ágil do Centro do Rio. Com opções de peixes, frutos do mar e carnes, uma delas é o Tournedos Rossini — filé mignon grelhado, escalope de foie gras, lâminas de trufa, purê de batata e jus de carne ao foie gras. As sobremesas vem num carrinho em sugestões como os suflês assados na hora.

Puro

Sob o olhar do Cristo Redentor, há um novo restaurante no Jardim Botânico que usa de ingredientes frescos e, preferencialmente, de pequenos produtores. O Puro, do chef Pedro Fonseca, aposta nos pratos contemporâneos como pato assado na panela com purê de batata e farofinha crocante, em um ambiente sustentável, com luminárias reaproveitadas e aproveitamento da iluminação natural.

Sushi Izakaya Mok

A casa aposta no fato de ser o primeiro “boteco” japonês do Rio. Substituindo o antigo Minimok de Ipanema, manteve o antigo sushibar da casa e trouxe novidades como como o Ika no Karaage (lulinhas empanadas e fritas) enasu missô (berinjelas deliciosamente temperadas em missô, a tradicional pasta de soja japonesa), e outros com toque autoral, como o tentáculo de polvo braseado servido com creme de edamame.

El Gordo

Depois de Lisboa e Trancoso, é o Rio que recebe o bar e restaurante de tapas portuguesas. A nova casa no Leblon oferece cerca de 90 tapas variadas, quase todas portuguesas, como embutidos, favas guisadas, chorizos mistos, curry de goa de frango e cordeiro (considerado o melhor do mundo), açordas de lagostas e pata negra cinco estrelas, tudo preparado pelo chef Mohammad Atiqur Rahman, de Bangladesh.

Calavera Kitchen & Bar

A mais nova opção da ferveção que é a Capitão Salomão, em Botafogo, tem um cardápio enxuto, concebido pelos chefs Ciça Roxo, Joca Mesquita e Ana Carolina Portella. Um dos pontos fortes é a carta de cervejas especiais elaborada por Afonso Dolabela: além das três torneiras de chopp, são mais de 40 rótulos dos mais diversos tipos de cerveja.

U53

Um casarão centenário e tombado abriga o novo restaurante no bairro mais boêmio do Rio, a Lapa. Com um menu elaborado para cada dia da semana a um preço fixo, há uma preocupação com a procedência e o frescor dos alimentos. A casa também tem happy hour com música ao vivo.


Por Marco Sá

Atualizado em 5 Jan 2016.

Mais notícias

Cerveja Hoegaarden abre bar próprio no Largo da Batata, em Pinheiros

Bares (antigo)

Cinesala abre bar em São Paulo; saiba mais!

Bares (antigo)

Bar do Urso, da cervejaria Colorado, inaugura unidade na Augusta; confira!

Bares (antigo)

Bar da Vila Madalena inova com comanda individual no celular; confira

Bares (antigo)

Evento de degustação de cervejas caseiras e artesanais ocupa rooftop do prédio Tomie Ohtake

Bares (antigo)

11 bares e restaurantes no RJ para o Dia do Bacon

Bares (antigo)