Guia da Semana
Exposição
Por Mariana Morais

Exposições celebram os 90 anos da Semana de Arte Moderna

Palácio dos Bandeirantes exibe obras de Anita Malfatti, Tarsila do Amaral e Victor Brecheret.

A Ventania, de Anita Malfatti (Divulgação)

No ano em que se completam 90 anos da Semana de Arte Moderna, a cidade de São Paulo reúne eventos para comemorar a data. Entre 03 de abril e 29 de julho, o Palácio dos Bandeirantes recebe a exposição 90 anos depois - A Semana de Arte Moderna, com 80 obras do Acervo Artístico Cultural, órgão vinculado à Secretaria da Casa Civil.

Quem passa pela mostra encontra obras de artistas como Pedro Alexandrino, Eliseu Visconti, Vitor Brecheret, John Graz, Rego Monteiro, Di Cavalcanti, Antonio Gomide, Ernesto De Fiori, Francisco Rebolo, Antonio Rocco, Benedicto Calixto, Bonadei, Mário Zanini, Pennacchi, Pancetti, Volpi, Bruno Giorgi, Cícero Dias, Clóvis Graciano, Flávio de Carvalho, Guignard, Ismael Nery e Lívio Abramo. Entre os destaques estão o quadro A Ventania (1915), de Anita Malfatti, e Operários (1933), de Tarsila do Amaral.


Operários, de Tarsila do Amaral, está em exposição no Palácio dos Bandeirantes

Para conhecer mais sobre os artistas que participaram da Semana de 22 e influenciaram o Modernismo, vale o passeio na Pinacoteca para ver a mostra O Nu Além das Academias, até 1º de julho, que traz obras de Victor Brecheret, Di Cavalcanti e Anita Malfatti. Os três artistas também aparecem no Museu de Arte Contemporânea, até 29 de julho, com a mostra especial Modernismos no Brasil. No Museu Lasar Segall, a mostra Lasar Segall Processos exibe, até 14 de outubro, toda trajetória do artista que é um dos responsáveis pelo movimento de ruptura com a arte tradicional.


Veja o que já rolou
No início do ano, as comemorações dos 90 anos da Semana de Arte Moderna passaram também pelo Theatro Municipal com concertos, óperas e espetáculos de dança.

O que é a Semana de Arte Moderna de 1922?

A Semana de Arte Moderna aconteceu nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922, no Theatro Municipal de São Paulo. O período é famoso por romper com os padrões acadêmicos da arte tradicional em uma semana de manifestações artísticas que foi além da pintura, passando pela música e poesia. Participaram da semana nomes como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Heitor Villa-Lobos e Di Cavalcanti.


Por Mariana Morais

Atualizado em 2 Mai 2012.

Mais notícias

Saiba tudo sobre a exposição "Musicais no Cinema", que estreia no MIS nesta quarta-feira (13)

Exposição

Com experiências imersivas e interativas, MIS Experience inaugura em São Paulo neste sábado (2)

Exposição

Saiba o que esperar da exposição "Hebe Eterna", no Farol Santander

Exposição

Saiba tudo sobre a exposição “Mickey 90 anos", em cartaz no Shopping JK Iguatemi

Exposição

Confira as exposições imperdíveis em São Paulo em 2019

Exposição

Saiba tudo sobre a exposição "Hitchcock: Bastidores do Suspense", que chega ao MIS nesta sexta-feira (13)

Exposição