Guia da Semana
Literatura
Por Lidia Capitani

6 livros escritos por Chico Buarque que você precisa conhecer

Músico brasileiro conta com uma trajetória literária incrível.

Fotos: Reprodução/Amazon 

Você provavelmente conhece Chico Buarque por sua carreira musical, mas saiba que o artista também é um grande escritor brasileiro contemporâneo. Inclusive, em 2019, ele ganhou o prêmio Camões de Literatura, principal troféu literário da língua portuguesa. Além dos romances, Buarque já escreveu peças de teatro e novelas. Ou seja, é um esplêndido artista com as palavras.

Pensando nisso, o Guia da Semana separou 6 livros escritos por Chico Buarque para você conhecer. Confira:

Foto: Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon


► Leite Derramado

Romance de 2009, “Leite Derramado” é o quarto livro de Chico Buarque. A obra descreve um homem em leito de hospital que tece um monólogo sobre a história de sua linhagem desde os ancestrais portugueses, passando por um barão do Império, um senador da Primeira República até o descendente, um garotão do Rio de Janeiro atual. Trata-se de uma saga familiar que tem como pano de fundo a decadência social e econômica do Brasil nos últimos dois séculos.


► Budapeste

Lançado em 2003, “Budapeste” é o terceiro romance do autor, que conta a história do ghost-writer carioca José Costa, que se divide entre duas cidades, duas línguas e duas mulheres. Narrado em primeira pessoa, o livro possui uma densidade narrativa misturada com uma comédia particular de Buarque. José se refugia na cidade de Budapeste e encontra-se na língua húngara. O romance ganhou o Prêmio Jabuti de melhor livro de 2003 e o IV Prêmio Passo Fundo Zaffari e Bourbon de Literatura, em 2005.

Foto: Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon


► O Irmão Alemão

De 2014, “O Irmão Alemão” trata um pouco da vivência de Chico Buarque em Berlim, entre 1929 e 1930, como correspondente de O Jornal, órgão dos Diários Associados. A cidade vivia a República de Weimar, no auge criativo de escritores e intelectuais e com viva cultura de cabarés. O livro mistura elementos biográficas e fictícios, em que descreve a busca por um possível irmão alemão de Chico Buarque.


► O Estorvo

“O Estorno” é o primeiro livro de Chico Buarque. Publicado em 1991, a obra ganhou o prêmio Jabuti de 1992 de “Melhor Romance”. Narrado em primeira pessoa, o livro se mantém no limite do sonho e vigília em que o leitor acompanha o personagem por sua trajetória obsessiva e visão deformada da realidade. O personagem passa por situações reais, familiares e estranhas que o perturbam e o levam ao estado de assombração.

Foto: Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon


► Benjamim

“Benjamim” é o segundo romance de Chico Buarque. Na obra, publicada em 1995, o protagonista – Benjamin – é um ex-modelo fotográfico que acaba obcecado com a morte de uma mulher e aos poucos vai caminhando para um destino trágico que sua obsessão o leva. O autor retoma o universo imaginário de seu primeiro livro, “O Estorvo”, e o amplia, configurando-o como um grande escritor atual.


► Essa Gente

“Essa Gente” é o romance mais recente do escritor, publicado em 2019, logo após o prêmio Camões de Literatura. O livro conta a história de um escritor, Manuel Duarte, que escreveu um best seller na década de 1990, mas passa por um momento de crise criativa e emocional, com o Rio de Janeiro como pano de fundo. Sua estrutura se assemelha a um diário, em que Manuel reflete sobre o uso da linguagem e o conturbado país de hoje.


Foto: Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon


Por Lidia Capitani

Atualizado em 23 Jun 2020.

Mais notícias

6 livros da Agatha Christie para você começar a ler

Literatura

5 escritores africanos para ler o quanto antes

Literatura

5 livros de Ernest Hemingway para ler

Literatura

6 livros incríveis da Clarice Lispector para ler o quanto antes

Literatura

Volta ao mundo literária: 10 autores de diferentes países que você precisa conhecer

Literatura

10 livros sobre viagens para se inspirar

Literatura