Guia da Semana

Jake Bugg se apresentará durante ação beneficente em passagem por São Paulo em março

Evento vai trazer informações sobre a síndrome de Guillain-Barré e arrecadar fundos.

O cantor Jake Bugg, que se apresenta nos dias 9, 10 e 11 de março no Brasil, aproveitará sua passagem por São Paulo para lançar no dia 8 de março o projeto Paralise o Guillain-Barré, que tem como objetivo informar população sobre a doença e arrecadar fundos para o avanço das pesquisas científicas para designar um protocolo de diagnóstico da doença.

A apresentação é uma iniciativa de ex-alunos da instituição de ensino On Stage Lab, especializada em cursos voltados para a formação de profissionais nas áreas de entretenimento ao vivo e negócios da música. Durante o evento, o cantor britânico irá se apresentar, mas só poderá participar do evento quem obtiver um convite especial, o local só será divulgado para essas pessoas. O público selecionado para participar do evento – em torno de 200 fãs – virá de de concursos culturais em canais da escola e de parceiros no projeto.

O projeto

O Paralise o Guillain-Barré busca informar a população sobre o que é a doença, como ela se desenvolve e quais suas possíveis relações com Zika Vírus (transmitido pelo mosquito aedes aegypti). Ainda não estão inteiramente comprovadas as associações da síndrome com o Zika Vírus, mas muitas pesquisas vem sendo desenvolvidas nesse sentido. Além disso, a intenção do evento é arrecadação de fundos para o avanço das pesquisas científicas para designar um protocolo de diagnóstico da doença, tratamentos e a rápida recuperação dos pacientes acometidos pela síndrome. A Síndrome de Guillain-Barré já foi considerada extremamente rara, mas atualmente tem elevado número de casos registrados no Brasil desde 2015.

O fundo de doações, que está na plataforma de crowdfunding Kickante, será direcionado ao departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ, uma das poucas instituições no país que trabalha com pesquisas relacionadas ao Sistema Nervoso Periférico, incluindo a Síndrome de Guillain-Barré.

Os fãs que participarem do evento receberão mais informações sobre a Síndrome de Guillain-Barré e poderão postar trechos da aparição do cantor em suas redes sociais com a hashtag #InformaçãoNãoParalisa. Todos que ganharem lugares nessa apresentação deverão trazer uma cesta básica, que será revertida para o Bianca's Day, projeto da família de uma das fundadoras da On Stage Lab, Bianca Freitas, vítima fatal da síndrome no ano passado. As cestas básicas estão sendo direcionadas à Casa Eucarística Voz dos Pobres em São Paulo e em Brasília.

 

Atualizado em 17 Fev 2017.

Por Marina Marques
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Conheça as músicas da Copa do Mundo de 2018

Tem funk, pop, samba e até mistura de axé com funk!

Mais de 15 funks obrigatórios na playlist do Carnaval 2018

Funk pode não ser o seu gênero musical preferido, mas que ele anima qualquer festa, ele anima

Após retorno, Rouge lança clipe do primeiro single "Bailando"; assista!

Faixa também está disponível em todos os serviços de streaming

Além da marcha nupcial: 7 músicas para a entrada da noiva

Prepare os lencinhos: você vai se emocionar com essas músicas!

Carnaval 2018: conheça as músicas que prometem fazer sucesso durante a folia

Ouça os hits que têm tudo para bombar neste Carnaval!

13 músicos e bandas para ficar de olho em 2018

Confira uma lista com bandas e músicos que prometem fazer sucesso este ano