Guia da Semana
Na Cidade
Por Redação Guia da Semana

Farol Santander e Bar do Cofre SubAstor reabrem ao público dia 1º de maio; saiba tudo!

Retomada das atividades terá horário reduzido, redução da capacidade e diversas medidas sanitárias.

Fotos: Pedro Augusto Negri | Ary Diesendruck (via assessoria - Marra Comunicação)

No dia 1 de maio, sábado, o Farol Santander São Paulo e o Bar do Cofre SubAstor reabrem ao público. Na retomada das atividades, o centro de empreendedorismo, cultura, lazer e gastronomia funcionará em horário reduzido, das 09h às 20h, de terça a domingo e com 25% de sua capacidade total de público.

Demais medidas sanitárias, como uso obrigatório de máscaras, marcações para distanciamento de 1,5m, medição de temperatura e tapetes sanitizantes na entrada, além de dispensers de álcool em gel por todo o edifício, seguirão sendo adotadas para a segurança de visitantes e funcionários.

Já o Bar do Cofre SubAstor, localizado no subsolo do Farol Santander, onde funcionava o antigo cofre do Banco do Estado de São Paulo, também funcionará em horário reduzido, das 14h às 20h, de quarta a domingo e com ocupação máxima de 25% da capacidade total. O sistema de funcionamento será por chegada e, também, por reserva de mesas, que podem ser feitas pelo site.

Haverá medição de temperatura na entrada, além da obrigatoriedade do uso de máscara para transitar pelo bar. É observado o espaçamento entre as mesas, higienização após o uso e de álcool em gel disponíveis em todas as mesas. O acesso ao menu é disponível via QR Code e o bar conta com o selo Safe Guard – uma loja segura e certificada em relação aos protocolos do COVID-19.


EXPOSIÇÕES

A novidade da reabertura Farol Santander São Paulo fica por conta da nova cenografia realizada no 4º andar do icônico edifício. O piso que tem a obra permanente Vista 360°, realizada pelo artista visual Vik Muniz para o Farol Santander, utilizando sucata da reforma do prédio, foi repaginado pelo arquiteto Fernando Brandão.

Foto: Ary Diesendruck (via Marra Comunicação)


Nesta nova versão do ambiente, foi adicionada uma reprodução cenográfica da obra de Vik Muniz, Retratos de revistas (auto retrato), de 2003, produzida com papel de revista recortado com perfurador mecânico. A tela reproduzida no Farol Santander tem dimensões de 3.08m x 2.50m.

Além disso, o Farol Santander São Paulo prorrogou o período de suas quatro exposições em cartaz. Confira mais detalhes de cada uma delas:


O Jardim das Maravilhas de Miró (24º andar) – até 15 de agosto

Com produção da YDreams Global e curadoria de Aline Sultani, Karina Israel e Paulo Solano, a mostra, destinada ao público infanto-juvenil, apresenta percurso inspirado nas obras e litografias da série Maravilhas com Variações Acrósticas no Jardim de Miró, de autoria do poeta espanhol Rafael Alberti.

Os núcleos expositivos apresentam inspiração na obra literária criada pelo grupo de escritores andaluzes da geração de 27, em homenagem ao catalão Joan Miró e sua esposa Pilar, registrando viagem a um jardim imaginário cheio de flores, plantas exóticas, pássaros, insetos, pequenos animais, gnomos, o sol, a lua e as estrelas.


Floresta de Números (23º andar) – até 20 de junho:

A primeira exposição da artista e arquiteta francesa Emmanuelle Moureaux no Brasil, com produção de Angela Magdalena (Madai) e Julia Brandão (Ayo), apresenta uma instalação desenvolvida por Moureaux em 2017, para a comemoração de dez anos do The National Art Center (Tóquio). A obra é homônima ao título da mostra e conecta arte, design e arquitetura.

O trabalho de Emmanuelle Moureaux provoca uma sensação de quietude em todo ambiente expositivo, preenchido por mais de quinze mil peças numéricas de 0 a 9, feitas de papel e em cem diferentes tonalidades de cores. Os números são suspensos no ar e alinhados em camadas, numa imersão à floresta colorida em grades tridimensionais, pela qual o público pode caminhar entre as fileiras numerais.


ExFinito (22º andar) – até 20 de junho:

ExFinito apresenta a primeira grande exposição do artista chileno Iván Navarro no Brasil. Sob curadoria de Marcello Dantas e colaboração de Courtney Smith, artista visual e companheira de Iván, o passeio permite que o público conheça 14 obras de Navarro, além da instalação Escada (Caixa d’Água), intervenção externa na Praça Antônio Prado, localizado em frente ao Farol Santander.

A ideia conceitual das obras é provocar dúvidas, potencializar os nossos sentidos e descobrir quem somos e o que refletimos, com obras e elementos que exploram luzes, espelhos e vidros, para o envolvimento do espectador no trabalho desenvolvido pelo artista.


A Arte da Moda - histórias criativas (20º e 19º andares) – até 25 de julho:

Com curadoria de Giselle Padoin, a exposição apresenta as relações entre arte e moda, além do desenvolvimento do trabalho de criação dos ateliês no Brasil e na Europa (especialmente na França). Dividida em dois andares, o tour permite que os visitantes apreciem, por meio de 170 itens, como vestidos, casacos, acessórios, fotos, vídeos de coleções clássicas e contemporâneas, a história da moda e a sua evolução do clássico ao contemporâneo.

Entre os destaques estão estilistas e marcas como Coco Chanel, Christian Dior e Coleção Rhodia, além de itens originais do vestido de Tarsila do Amaral, usado em seu casamento com Oswald de Andrade, inéditos ao público.


Atualizado em 30 Abr 2021.

Mais notícias

Governo de São Paulo lança projeto com mais de 100 eventos em homenagem à Semana de Arte Moderna de 1922; saiba tudo!

Na Cidade

Tivoli Mofarrej São Paulo aposta em brunch especial ao ar livre para o Dia das Mães; saiba mais!

Na Cidade

Programação gratuita e online em março de 2021

Na Cidade

Starbucks inaugura loja drive-thru no Brasil; saiba tudo!

Na Cidade

Converse espalha murais de arte urbana em São Paulo; saiba mais!

Na Cidade

Carnaval virtual: 19 eventos online para curtir a folia em casa

Na Cidade