Guia da Semana

Cacá Diegues – Cineasta do Brasil

Mostra homenageia os 50 anos de carreira do diretor Cacá Diegues.

Este evento terminou

Cacá Diegues – Cineasta do Brasil

Data 03 Mar 2012-15 Mar 2012
3 a 15 de abril

Preço(s) R$ 4

Próximo à estação Carioca do Metrô.
Avenida Almirante Barroso, 25, 20031-004

Telefone (21) 2544-4080

Comemorando os 50 anos de carreira de Cacá Diegues a Caixa Cultura do Rio de Janeiro apresenta a filmografia completa deste cineasta que enfrentou diversas fases do cinema nacional. Com sessões diárias, Cacá Diegues - Cineasta do Brasil acontece de 3 a 15 de abril.

O público terá a chance de conferir curtas e longas dirigidos, produzidos e roteirizados por Cacá, entre eles, Deus é Brasileiro, Nenhum Motivo Explica a Guerra e 5 X Favela – Agora por Nós Mesmos

Nos dias 4 e 5, às 19h, o workshop O Brasil Através de Cacá Diegues, aborda a obra do cineasta. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site oficial da mostra. 

Confira a programção completa:

3 de abril
Cinema 1 - 17h20 - Ganga Zumba
Cinema 1 - 19h15 – DEBATE Cacá Diegues – 50 Anos de Cinema Brasileiro, com Cacá Diegues e os curadores Silvia Oroz e Breno Lira Gomes

Cinema 2 – 16h - Sessão de Curtas: Oitava Bienal, Oito Universitários, Cinema Íris, Escola de Samba, Alegria de Viver e mais vídeoclips Kamasutra (Erasmo Carlos), Exército de um homem só (Engenheiros do Hawaí) e Quero só você (AfroReggae)

4 de abril
Cinema 1 – 14h45 – O maior amor do mundo
Cinema 1 – 17h - A grande cidade
Cinema 1 – 18h45 - Os herdeiros

Cinema 2 – 17h15 - 5X Favela – Agora por nós mesmos
Cinema 2 – 19h - Curso O Brasil através de Cacá Diegues

5 de abril
Cinema 1 – 14h30 - Orfeu
Cinema 1 – 16h45 - Quando o carnaval chegar
Cinema 1 – 18h30 - Joanna Francesa

Cinema 2 – 17h - Sessão de Curtas: Quilombinho, O retrato, Vila Isabel, Marina, Assim como ela e Clara
Cinema 2 – 19h - Curso O Brasil através de Cacá Diegues

6 de abril
Cinema 1 – 14h40 – Deus é brasileiro
Cinema 1 – 16h45 - Xica da Silva
Cinema 1 – 19h – Bye Bye Brasil

Cinema 2 – 16h – Nossa Amazônia – Episódio “Índios”
Cinema 2 – 18h20 - Un Séjour
Cinema 2 – 19h40 – Nossa Amazônia – Episódio “Cultura”

7 de abril
Cinema 1 – 14h45 – Um Trem para as Estrelas
Cinema 1 – 16h45 – Chuvas de Verão
Cinema 1 – 18h45 – Quilombo
Cinema 2 – 16h – Nossa Amazônia – Episódio “Serra Pelada I”
Cinema 2 – 17h15 – Nossa Amazônia – Episódio “Serra Pelada II”
Cinema 2 – 18h20 – Nenhum motivo explica a guerra

8 de abril
Cinema 1 – 15h – Joanna francesa
Cinema 1 – 17h10 – Os Herdeiros
Cinema 1 – 19h15 – Dias melhores virão
Cinema 2 – 16h – Nossa Amazônia – Episódio “Invasão e Permanência”
Cinema 2 – 17h30 – Terra em Transe

10 de abril
Cinema 1 – 14h – Ganga Zumba
Cinema 1 – 16h – Veja esta canção
Cinema 1 – 18h05– Tieta do Agreste
Cinema 2 – 17h30 - Sessão de Curtas: Quilombinho, O retrato, Vila Isabel, Marina, Assim como ela e Clara
Cinema 2 – 19h30 - Sessão de Curtas: Oitava Bienal, Oito universitários, Cinema Íris, Escola de samba, Alegria de viver e mais vídeoclips Kamasutra (Erasmo Carlos), Exército de um homem só (Engenheiros do Hawaí) e Quero só você (AfroReggae)

11 de abril
Cinema 1 – 17h30 – Bye Bye Brasil
Cinema 1 – 19h15 – DEBATE Na produção com Cacá Diegues, com a produtora Lucy Barreto, e os diretores do filme 5 X Favela – Agora por nós mesmos, Rodrigo Felha, Cacau Amaral, Cadu Barcelos, Luciana Bezerra, Manaíra Carneiro, Wavá Novais, Luciano Vidigal
Cinema 2 – 15h – Adorável Trapalhão
Cinema 2 – 17h – Pobre Príncipe Encantado
Cinema 2 – 19h – Não se pode Viver sem Amor

12 de abril
Cinema 1 – 13h – Quilombo
Cinema 1 – 15h15 – O Amor Maior do Mundo
Cinema 1 – 17h15 – Xica da Silva
Cinema 1 – 19h15 – DEBATE O diretor Cacá Diegues, com Zezé Motta, José Wilker e Antonio Pitanga
Cinema 2 – 18h – Bróder

13 de abril
Cinema 1 – 15h – Orfeu
Cinema 1 – 18h – Deus é Brasileiro
Cinema 2 – 17h30 – Un séjour
Cinema 2 – 19h – 5X Favela - Agora por nós mesmos

14 de abril
Cinema 1 – 14h30 – A Grande Cidade
Cinema 1 – 16h15 – Tieta do Agreste
Cinema 1 – 19h – Dias melhores virão
Cinema 2 – 14h15 – Nossa Amazônia – Episódio “Índios”
Cinema 2 – 15h30 - Nossa Amazônia – Episódio “Cultura”
Cinema 2 – 16h45 - Nossa Amazônia – Episódio “Serra Pelada I”
Cinema 2 – 18h – Nossa Amazônia – Episódio “Serra Pelada II”
Cinema 2 – 19h15 – Nossa Amazônia – Episódio “Invasão e Permanência”

15 de abril
Cinema 1 – 13h15 – Quando o Carnaval Chegar
Cinema 1 – 15h – Veja Esta Canção
Cinema 1 – 17h10 – Um Trem para as Estrelas
Cinema 1 - 19h10 – Chuvas de Verão
Cinema 2 – 14h – 5X Favela - Agora por nós mesmos
Cinema 2 – 16h – 5X Favela – Agora por nós mesmos
Cinema 2 – 18h - Nenhum motivo explica a guerra

Compartilhe

Mapa do local

Comentários

Explore ao redor

O Navegador

O Navegador

48m O Navegador oferece um leque de opções para seus clientes

Bistrô Villarino

Bistrô Villarino

49m Próximo a emblemáticos pontos da cidade, como o Theatro Municipal e a Biblioteca Nacional, o Villarino é um bistrô inaugurado há 10 anos, com receitas contemporâneas e um happy hour

Clube Naval

Clube Naval

50m

Curumim Eco Cultura Tours

Curumim Eco Cultura Tours

60m

Ekkos Gastronomia - Centro

Ekkos Gastronomia - Centro

89m

Museu Nacional de Belas Artes - MNBA

Museu Nacional de Belas Artes - MNBA

95m Um dos mais importantes museus de arte do Brasil, localizado no Rio

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA