Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Nakombi - Jardim Botânico

Nakombi - Jardim Botânico

Horário(s) Segunda a quinta, 19h à 1h; sexta e sábado até 1h30; domingo até 0h.

Endereço
Rua Maria Angélica, 183, Sul 22470-201

Telefone 2246-1518

Com três lojas em São Paulo, o Nakombi chega ao Rio de Janeiro para completar o circuito dos melhores restaurantes japoneses da cidade. Idealizado pelo paulistano Paulo Barossi, o restaurante era no início um sushibar ambulante, que rodava pelas ruas de São Paulo numa Kombi, daí o nome da casa.

Em homenagem às suas origens, a nova loja resolveu colocar uma Kombi na parte térrea da casa. Lá, uma sushigirl comanda o sushibar, oferecendo variadas opções de sushi e sashimi aos clientes.

A decoração é de cair o queixo. Além dos 500 budas de gesso incrustados na parede, do chão ao teto, da cachoeira que nasce no mezanino e cai no térreo, da inscrição - a ouro e em japonês - da música "Rosa de Hiroshima", de Vinícius de Moraes, no teto (que tem uma parte retrátil), o Nakombi tem cabine para DJ e Internet wi-fi em todo canto.

E a criatividade não pára por aqui. Existem quatro ambientes integrados e isolados por portas corrediças, os chamados Ozashikis, com capacidade para 12 pessoas cada um, que prometem ser os mais disputados do Nakombi. Quem opta por ficar neles, desfruta de muita privacidade: o pedido é feito por interfone e, com entradas para Ipod espalhadas por todo o lugar, você monta sua própria trilha sonora.

Com todas as portas abertas, os Ozashikis dão lugar a um espaço amplo e também agradável, onde é possível apreciar na íntegra a reprodução do Pão de Açúcar, da Pedra da Gávea, do Morro Dois Irmãos e do Corcovado em pintura. Ideal para eventos fechados, o Teppanbar comporta até 30 pessoas. O espaço é isolado por cortinas e tem vista privilegiada para todo o restaurante.

Na cozinha, quem comanda são o sushiman Ohata e a chef Lucien Taira. Experts na arte da culinária japonesa, eles preparam os tradicionais pratos do país, mas também acrescentam inovações no cardápio do Nakombi.

São mais de 30 opções de kombinados, além dos temakis, duplas e enrolados especiais. Os destaques do mestre Ohata são os sashimis de tilápia, polvo, torô, ceviche de peixe prego com abacaxi e curry, sushi fire, gunka ikurá (bolinho de arroz enrolado com salmão por fora e ovas de salmão por dentro), sabatorô, iká, shakê torô, vieira e spicy salmon. Para os vegetarianos, os kombinados com sushis de shiitake, shimeji, abobrinha, berinjela e tomate seco e enrolados de acelga com tofu e robatas diversas.

Especialmente para o cardápio do Rio, a chef Luciana trouxe o peixe prego com molho teriyaki, de carne mais gordurosa e sabor acentuado, e os azeites aromatizados, que dão um toque mediterrâneo aos pratos do Nakombi. Ela sugere o rosbife de atum com tâmaras e azeite de ervas e tataki de salmão com nirá e azeite de limão.

Foto: Divulgação

Atualizado em 7 Ago 2012.

Mapa do local

Explore ao redor

Bráz

Restaurantes

Gula Gula - Jardim Botânico

Restaurantes

Maçã Café

Restaurantes

Bistrô Itália

Restaurantes

Notícias recomendadas

Mais de 15 restaurantes em São Paulo para comer bons risotos

Restaurantes

Mr. Cheney lança Cookie de Chocolate Ruby para o Dia das Mães 2019; saiba mais!

Restaurantes

Mais de 25 restaurantes em São Paulo para o Dia das Mães 2019

Restaurantes

10 lugares em São Paulo para comer tartar

Restaurantes

Conceito vapt-vupt: 9 hamburguerias em São Paulo para uma refeição rápida

Restaurantes

Outback relança burgers de costela desfiada e camarão; saiba mais!

Restaurantes