Guia da Semana
Shows
Por Ezio Jemma

As melhores composições de Paul McCartney

Conheça as obras primas do Beatle que estará no Brasil em 2014.

Paul é um dos maiores compositores da história da música (Divulgação)

O anúncio de mais uma turnê de Paul McCartney no Brasil já tem causado frenesi nos beatlemaníacos brasileiros. O multi-instrumentista e influenciador da cultura pop que vemos hoje vai desembarcar em terras brasileiras pela 16ª vez trazendo sucessos que transcendem décadas.

Qualquer pessoa minimamente envolvida com a cultura pop conhece as composições do Sir Paul McCartney. No entanto, não custa nada relembrar as melhores delas e que, com certeza estarão no repertório do ex-beatle. Confira!

Let it Be

Lançada em março de 1970 a composição de Lennon e McCartney traz um dos refrãos mais famosos da história da música. Com uma harmonia simples e bem encaixada, a canção intitulou o último álbum que os meninos de Liverpool gravaram juntos. Ela chegou ao 6º lugar da Billboard Hot 100.

Live and Let Die

O sucesso escrito por Paul e sua esposa Linda foi tema de um dos filmes da série James Bond. Lançada em 1973, a música chegou até a ser indicada para o Oscar de Melhor Canção, mas não venceu. Ela também é fruto de regravações famosas como a do grupo Gun´s and Roses.

Yesterday

Além de ter sido escrita por McCartney, a versão de estúdio de Yesterday traz apenas um violão e um quarteto de cordas acompanhando sua voz. Segundo o Guinness Book, essa é a música mais regravada da história, chegando a 3 mil versões. Presley e Frank Sinatra são alguns exemplos de regravadores.

I want to hold you hand

Esse é mais uma composição marcada por harmonias simples e melodias viciantes. I Want To Hold Your Hand foi a primeira música dos Beatles a fazer sucesso nos EUA, chegando ao 1º lugar das paradas. A letra fala de amor de uma forma bem mais subjetiva e encantadora do que as maiorias dos hits de hoje.

All You Need Is Love

All You Need Is Love é o tipo de música que dispensa apresentações. Um dos maiores sucessos da banda também surgiu da parceria Lennon e McCartney e surgiu como uma mensagem pacífica em relação a Guerra do Vietnã. A performance da canção no Abbey Road em 1967 contou um coro de respeito (Eric Clapton, Mick Jagger etc) e oi visto por 350 milhões de pessoas.

Blackbird

Mantendo o cunho social de várias composições de McCartney, Blackbird fala sobre a luta da mulher negra contra o preconceito. A harmonia é mais elaborada e carrega toda a base para a voz e os vocais. Ela é cantada por muitos corais e é garantida no repertório de Paul.

Hey Jude

Seria o “nanananana” mais famoso da história? Com uma letra aberta a várias interpretações, a canção costuma encerrar os shows de Paul e é considerada a 8ª melhor música de todos os tempos pela revista Rolling Stones. Ele foi escrita por Paul mas creditada a Lenno/McCartney.


Por Ezio Jemma

Atualizado em 24 Nov 2014.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows

9 shows imperdíveis em São Paulo em março de 2019

Shows