Guia da Semana
Shows
Por Ezio Jemma

As melhores composições de Paul McCartney

Conheça as obras primas do Beatle que estará no Brasil em 2014.

Paul é um dos maiores compositores da história da música (Divulgação)

O anúncio de mais uma turnê de Paul McCartney no Brasil já tem causado frenesi nos beatlemaníacos brasileiros. O multi-instrumentista e influenciador da cultura pop que vemos hoje vai desembarcar em terras brasileiras pela 16ª vez trazendo sucessos que transcendem décadas.

Qualquer pessoa minimamente envolvida com a cultura pop conhece as composições do Sir Paul McCartney. No entanto, não custa nada relembrar as melhores delas e que, com certeza estarão no repertório do ex-beatle. Confira!

Let it Be

Lançada em março de 1970 a composição de Lennon e McCartney traz um dos refrãos mais famosos da história da música. Com uma harmonia simples e bem encaixada, a canção intitulou o último álbum que os meninos de Liverpool gravaram juntos. Ela chegou ao 6º lugar da Billboard Hot 100.

Live and Let Die

O sucesso escrito por Paul e sua esposa Linda foi tema de um dos filmes da série James Bond. Lançada em 1973, a música chegou até a ser indicada para o Oscar de Melhor Canção, mas não venceu. Ela também é fruto de regravações famosas como a do grupo Gun´s and Roses.

Yesterday

Além de ter sido escrita por McCartney, a versão de estúdio de Yesterday traz apenas um violão e um quarteto de cordas acompanhando sua voz. Segundo o Guinness Book, essa é a música mais regravada da história, chegando a 3 mil versões. Presley e Frank Sinatra são alguns exemplos de regravadores.

I want to hold you hand

Esse é mais uma composição marcada por harmonias simples e melodias viciantes. I Want To Hold Your Hand foi a primeira música dos Beatles a fazer sucesso nos EUA, chegando ao 1º lugar das paradas. A letra fala de amor de uma forma bem mais subjetiva e encantadora do que as maiorias dos hits de hoje.

All You Need Is Love

All You Need Is Love é o tipo de música que dispensa apresentações. Um dos maiores sucessos da banda também surgiu da parceria Lennon e McCartney e surgiu como uma mensagem pacífica em relação a Guerra do Vietnã. A performance da canção no Abbey Road em 1967 contou um coro de respeito (Eric Clapton, Mick Jagger etc) e oi visto por 350 milhões de pessoas.

Blackbird

Mantendo o cunho social de várias composições de McCartney, Blackbird fala sobre a luta da mulher negra contra o preconceito. A harmonia é mais elaborada e carrega toda a base para a voz e os vocais. Ela é cantada por muitos corais e é garantida no repertório de Paul.

Hey Jude

Seria o “nanananana” mais famoso da história? Com uma letra aberta a várias interpretações, a canção costuma encerrar os shows de Paul e é considerada a 8ª melhor música de todos os tempos pela revista Rolling Stones. Ele foi escrita por Paul mas creditada a Lenno/McCartney.


Por Ezio Jemma

Atualizado em 24 Nov 2014.

Mais notícias

10 festivais de música no Brasil que você precisa ir uma vez na vida

Shows

11 shows imperdíveis em São Paulo em junho de 2019

Shows

Confira as melhores músicas de 2019... até agora!

Shows

Confira as atrações internacionais do Rock in Rio 2019 que também farão shows em São Paulo

Shows

Confira os melhores clipes de 2019... até agora

Shows

Shows em comemoração ao Dia dos Namorados 2019 em São Paulo

Shows