Guia da Semana
Shows
Por Ezio Jemma

Avenged Sevenfold é acompanhado por 8 mil vozes em São Paulo

Playlist com hits e músicas do novo álbum levantam o público no Espaço das Américas.

A apresentação aconteceu no dia 12 de março, no Espaço das Américas, em São Paulo (Divulgação)

Os californianos do Avenged Sevenfold parecem ter algo de especial com o público brasileiro. Apenas 6 meses depois de tocar no Palco Mundo do Rock in Rio 2013, a banda retornou ao país nesta quarta feira, 12 de março, no Espaço das Américas.

+ Confira os shows internacionais no Brasil em 2014
+ Veja quais são os shows da semana em São Paulo

O clima de ansiedade entre os fãs se refletiu nas filas que já se formavam pelo menos 5 horas antes da abertura dos portões e decoravam a região do metrô Barra Funda com camisetas, bandeiras e acessórios do grupo. 

Mas as horas de espera foram esquecidas assim que o guitarrista Synyster Gates atacou os primeiros acordes de “Shepherd of Fire”, faixa que abre o mais recente álbum da banda “Hail to the King”.  O vocalista Matt Shadows, por sua vez, não demorou mais que uma música para se “vestir” com a bandeira brasileira e levantar o já enlouquecido público.

Após a execução de “Critical Acclaim”, Matt fez o primeiro contato com a plateia, segurando nas mãos um sutiã que acabara de receber. “Vários anos atrás, uma cidade implorou por um show do Avenged. Essa cidade era São Paulo. Somos muito gratos a vocês”, agradeceu o vocalista antes de cantar “The Beast and the Harlot” e a música-título do novo álbum “Hail to the King”.

A virtuosidade do guitarrista Synyster Gates ficou ainda mais evidenciada na execução perfeita da introdução de “Buried Alive”, a qual foi acompanhada pelas 8 mil vozes vindas da plateia. Especialmente a voz de um fã que foi chamado ao palco e dividiu o microfone com Matt Shadows.

“Sempre ganhamos muitos presentes aqui no Brasil. Hoje já temos calcinhas, sutiãs, ursinhos de pelúcia e bandeiras”, brincou o vocalista. Um dos momentos de maior euforia no show viria logo a seguir com os hits “Seize the Day” e “Nighmare” entoados do começo ao fim pelo público que já apresentava sinais de rouquidão.

O descanso para a voz veio no momento certo quando Synyster tomou conta do palco. Em um solo de quase 8 minutos ele provou porque é um dos guitarristas mais admirados da atualidade recebendo os aplausos e gritos do público. Após “Afterlife”, Shadows fez referência ao ex-baterista Jimmy “The Rev” Sulivan, que faleceu em 2009.

A música “This Means War” foi recebida pela plateia com vários “bate-cabeças” e  ao fim de “Almost Easy” , a banda deixou o palco por alguns minutos. A volta para o Bis contou com “Unholy Confessions” e a tão requisitada “A Little Piece of Heaven” fechou a noite. 

O 5 integrantes  se despediram pela última vez do público distribuindo baquetas e palhetas para alguns sortudos guardarem de lembrança de um show que, na verdade, foi inesquecível para todos.

Setlist Completo

1 - Shepherd of Fire

2 - Critical Acclaim

3 - The Beast and the Harlot

4 - Hail to the king

5 - Doing Time

6 - Burried Alive

7 - Seize the Day

8 - Nightmare

9 - Eternal Rest

10 - Solo de guitarra

11 - Afterlife

12 - This Means War

13 - Almost Easy

Bis

14 - Unholy Confessions

15 - A Little Piece of Heaven


Por Ezio Jemma

Atualizado em 17 Mar 2014.

Mais notícias

Sandy e Junior no Brasil em 2019

Shows

Sidney Magal faz show no Quintal do Espeto Tatuapé no dia 11 de abril; saiba mais!

Shows

Sandy e Junior: 21 músicas que queremos ouvir na turnê "Nossa História"

Shows

Sandy e Junior confirmam turnê comemorativa de 30 anos; primeiro show é em Recife, dia 12 de julho

Shows

10 atrações brasileiras que você não vai querer perder no Lollapalooza 2019

Shows

7 atrações do Lollapalooza 2019 que vêm ao Brasil pela primeira vez

Shows