Guia da Semana
Shows
Por Edson Castro

Madonna não lota, mas anima público em São Paulo

Com atraso de quase três horas por causa da chuva, rainha do POP empolga público no seu segundo show na capital.

Chuva atrasou o começo do segundo show da Rainha do Pop em São Paulo (Rafael Rossi/T4F Entretenimento)

Depois de três horas de espera no Rio de Janeiro e quase duas horas e meia na sua primeira apresentação em São Paulo, a chuva no segundo dia de show da Madonna na capital paulista foi finalmente um motivo justo para os constantes atrasos que tem marcado a turnê MDNA no Brasil.

+ Relembre como foi a passagem da Lady Gaga pelo Brasil
Conheça os lugares onde a Madonna visitou no país
Veja os shows que acontecem nesta semana 

Azar do público, que esperou quase duas horas embaixo de chuva para a musa aparecer, enquanto a produção se virava para arrumar o palco molhado para o show. Show não, espetáculo. Exaltar as qualidades e atenção aos detalhes das turnês de Maddie não é mais novidade, mas é sempre algo a ser destacado.

Desde os músicos da banda, que trocam de figurino tanto quanto a cantora, passando pelas interações com vídeo, até os dançarinos super bem coreografados (com direito a participação de, Rocco Ritchie filho de Madonna): tudo é impecável.

Mesmo assim, a exemplo do que aconteceu com a turnê da Lady Gaga no país, e nos dois primeiros shows da rainha do POP no Rio e em SP, o Morumbi não estava lotado. Mas quem apareceu no estádio respondeu na medida toda energia que Madonna apresenta em cima do palco.

Talvez, a única reclamação do público tenha sido o setlist final. Sobrou músicas do novo álbum MDNA, e faltaram alguns hits clássicos. Claro que muitos deles tiveram seu espaço, como "Hung up", "Vogue", "Open your heart" e "Like a prayer", mas muitas outras foram deixadas de lado, como a querida “Like a Virgin”, ou tocadas en passant como “Music”.

Quem sabe isso não seja reclamação de um público que paga caro por um ingresso e, como não está tão acostumado a ver seus ídolos sempre (o último show da diva por aqui foi em 2008), espera um repertório que abranja todos seus grandes sucessos. Nem sempre isso acontece, ainda mais no caso da Madonna, com uma carreira tão longa e cheia de reinvenções.

No final da noite, mesmo com atraso, chuva, a falta de alguns hits e os tradicionais taxis cobrando seus preço abusivos, uma ida a um show da Madonna, é uma ida a um show da Madonna. Um espetáculo inesquecível. 


Por Edson Castro

Atualizado em 6 Dez 2012.

Mais notícias

10 festivais de música no Brasil que você precisa ir uma vez na vida

Shows

11 shows imperdíveis em São Paulo em junho de 2019

Shows

Confira as melhores músicas de 2019... até agora!

Shows

Confira as atrações internacionais do Rock in Rio 2019 que também farão shows em São Paulo

Shows

Confira os melhores clipes de 2019... até agora

Shows

Shows em comemoração ao Dia dos Namorados 2019 em São Paulo

Shows