Guia da Semana
Viagens
Por Juliane Corrêa

Museus em Florianópolis

Opções não faltam para fazer um turismo cultural.

Museu de Artes de Santa Catarina - MASC (Divulgação)

A capital catarinense possui diversas opções de cultura, lazer e entretenimento, reunidos em um só lugar: o museu. E existem vários deles espalhados pela cidade.

+ 10 pontos turísticos que você precisa visitar em Florianópolis
+ Conheça as praias de nudismo e naturismo em SC

Confira um roteiro com museus que você não pode deixar de conhecer em Florianópolis.

Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS)


O Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina foi criado com a finalidade de preservar, documentar, pesquisar e comunicar acervos audiovisuais de relevância nacional e preferencialmente do Estado de Santa Catarina.

Na Sala Multimídia são exibidos filmes brasileiros e estrangeiros. O público pode assistir aos filmes gratuitamente e utilizar o espaço para realizar eventos voltados a atividades audiovisuais. O museu também conserva fotografias e realiza oficinas.

Museu de Artes de Santa Catarina (MASC)

O acervo do Museu de Arte de Santa Catarina é o terceiro museu de arte mais antigo do Brasil. Além do acervo permanente, com obras de Juarez Machado, Di Cavalcanti, Portinari, Tarsila do Amal e outros, o MASC também apresenta exposições temporárias em ciclos mensais.

Localizado dentro do Centro Integrado de Cultura (CIC), o Museu possui uma biblioteca e um setor de pesquisas. Palestras e debates sobre arte acontecem regularmente.

Museu do Homem do Sambaqui

O Museu do Homem de Sambaqui guarda, sem dúvida, um dos maiores acervos arqueológicos do Brasil. Museu de rara importância para o estudo da evolução dos costumes humanos e do próprio homem.

O Museu conta com uma ala de zoologia na qual há animais de várias espécies conservados através da taxidermia (o método de "empalhar"). O acervo ainda apresenta arte sacra, numismática (moedas e cédulas), fósseis com até 225 milhões de anos, utensílios indígenas e quase 200 esqueletos, em excelente estado de conservação, com idade estimada entre 1055 e 1552 anos.

Museu Victor Meirelles

O Museu Victor Meirelles está instalado desde 1952 na casa onde o artista nasceu no Centro de Florianópolis. Hoje o local engloba não só o espaço das coleções e da casa do artista, mas um espaço cultural de abordagem contemporânea, com uma constante agenda cultural sem perder de vista a preservação do acervo e do edifício.

O Mundo Ovo e Eli Heil

Formada como professora de educação física, a artista plástica Eli Heil começou a pintar em 1962, depois de uma longa enfermidade que a manteve de cama por cinco anos. Quando comemorou 25 anos de atividade artística, Eli Heil decidiu realizar um antigo sonho: reunir obras de seu acervo em um único local.

Inaugurado em 7 de março de 1987, o espaço foi batizado pela própria artista como “O Mundo Ovo de Eli Heil”. O museu só recebe visitantes com agendamento prévio e é geralmente, a própria Eli (com mais de 80 anos de vida) ou seus familiares que recebem e orientam as pessoas.

O Mundo Ovo possui três espaços: a Sala de Exposição, a Sala de Esculturas e o anexo que abriga o Presépio, além de várias esculturas expostas nos jardins.

Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Curz e Sousa

Um mausoléu nos jardins do palácio guarda os restos mortais do grande poeta catarinense João da Cruz e Sousa, principal nome do Simbolismo brasileiro, que nasceu na antiga Desterro em 1861. João empresta seu nome ao prédio que abrigou a sede do governo do Estado desde os tempos coloniais até 1984.

O acervo do museu é composto por móveis e objetos de época. Os aposentos reproduzem a rotina de quem vivia ali, com sala de música, de jantar, quartos etc, que fizeram parte da agitada história política de Santa Catarina.

Museu Universitário da UFSC

Idealizado pelo professor Oswaldo Rodrigues Cabral, da Universidade Federal de Santa Catarina, o espaço busca compreender a realidade sócio-cultural da região de Florianópolis e Litoral catarinense.

Hoje em dia, o museu desenvolve atividades de pesquisa e ensino em Arqueologia (pré-colonial e histórica), Etnologia indígena e Cultura popular. Entre os destaques do museu está o acervo arqueológico da UFSC, que começou a ser reunido a partir de 1960 com material de sambaquis e outros sítios pré-coloniais.

Museu da Polícia Militar de Santa Catarina

O Museu tem sua origem no período de 1938 e 1945, durante a 2ª Guerra Mundial, a partir da seleção de objetos e armas apreendidas pela DOPS, local de sua guarda e permanência. Posteriormente, este acervo foi doado a Força Pública, atual Polícia Militar.

O acervo da PMSC é composto de armas históricas usadas pela Polícia Militar. As armas foram selecionadas pelo Major Lara Ribas entre os anos de 1938 a 1945, réplicas de fardamentos, fotografias, insígnias entre outros objetos, que estão expostos permanentemente e distribuídos dentro de uma área de exposição.

Museu da Escola Catarinense

O Museu da Escola Catarinense, criado junto ao Centro de Ciências da Educação da UDESC em novembro de 1992, e em funcionamento desde março de 1993, caracteriza-se como espaço de preservação da memória cultural escolar do estado e como centro de apoio à pesquisa científica.

A estrutura interna do prédio é de ferro, tanto as colunas, vigas, quanto a guarda- corpo da escada e circulação superior, este último todo o trabalhado com desenhos de influência art déco.


Por Juliane Corrêa

Atualizado em 9 Mai 2013.

Mais notícias

Turismo: 5 destinos brasileiros que serão tendência no 2º semestre de 2021

Viagens

10 lugares da Bahia para conhecer online

Viagens

10 atrações turísticas do Sul do Brasil para ver online

Viagens

10 pontos turísticos do Nordeste brasileiro para ver online

Viagens

10 destinos religiosos ao redor do mundo para ver online

Viagens

6 atrações turísticas em Mykonos, na Grécia, para ver online

Viagens