Guia da Semana
TV
Por Redação Guia da Semana

10 curiosidades e fatos inusitados sobre o Pokémon Go no Brasil

Pokestops em cemitérios, “ratos” no congresso e outras histórias do game de maior sucesso dos últimos tempos.

Pokémon Go: 50 milhões de downloads em menos de 24 horas (Shutterstock)

Depois de meses de espera, noites sem dormir e a sensação de ser praticamente o único país do mundo por fora da moda, o Pokémon Go finalmente chegou ao Brasil. O jogo foi liberado em território brasileiro na última quarta-feira, 3, e já passa dos 50 milhões de downloads. O motivo de tanto frisson? É difícil dizer, mas se existe uma certeza, é que já estamos cheios de histórias um tanto quando inusitadas envolvendo o game de realidade aumentada de maior sucessdo de todos os tempos. Curioso? Confira 10 delas!

1) Os pokémons estão em todos os lugares - literalmente. Além dos bichinhos em si, o jogodar encontra por aí pokestops (onde há pokebolas e outros bônus) e ginásios (onde é possível travar disputas e subir de nível). O que ninguém esperava que alguns desses pontos estariam localizados exatamente onde se encontra a Cracolôndia. Cuidado, gente!

2) A caça por pokémons tem feito os brasucas chegarem a outros lugares inusitados: igrejas tornaram-se ginásios para batalhas e cemitérios viraram concentração de pokestops - a Igreja do Carmo, no centro de São Paulo, e os cemitérios do Araçá e da Consolação são apenas alguns exemplos. Isso vem deixando os adminstradores de tais locais preocupados. No primeiro caso, pede-se respeito, já que missas têm sido atrapalhadas pelos gamers; e, no segundo, é preciso ter cuidado, já que cemitérios costumam ser vazios, principalmente à noite. Eu, hein!


3) Coincidência ou não, os corredores do Congresso Nacional foram invadidos por um espécime bem específico de pokémons: o Rattata. Um jornalista da Band News encontrou um desses roedores, acreditem, no meio de uma sessão da Comissão do Impeachment. O fato, é claro, já virou piada na internet.

4) Uma grande preocupação em torno do game tem sido os acidentes de trânsito - afinal, tem gente que não perde a oportunidade de aumentar de capturar um Pikachu nem com as mões ao volante. Depois de casos desse tipo terem sido reportados nos EUA, o Detran do Rio de Janeiro criou uma campanha no Facebook, a #PokeSTOP, para concientizar os caçadores cariocas. Se dirigir, não cace!


5) Mal chegou ao Brasil, e já tem gente usando o famoso “jeitinho brasileiro” para levar vantagem no jogo. Um dos métodos tem sido emitir um sinal falso de GPS, assim, o jogo entende que você está em outro lugar, e permite capturar monstros que estão longe. Há!

6) E é claro que não poderiam faltar os assaltos. Não é segredo que o Brasil não é um dos países mais seguros do mundo, e inúmeros casos de roubos de celulares já foram reportados por aqui. Tem até uma piada rolando nas redes sociais, fazendo um trocadilho com o pokémon Bulbasaur. Adivinha qual é? Bubassaltos!

7) Com toda essa onda das pokébolas, tem gente usando o delírio em torno do game para faturar uma graninha. O F5, por exemplo, contou a história de Denis Paz, um motoboy de Fortaleza que oferece caronas, por R$ 25, para facilitar a caça. Muito mais rápido, não é mesmo?

8) O melhor do Brasil é o brasileiro, e tão legal quanto jogar Pokémon Go é acompanhar os memes da febre. A gente separou os melhores aqui e aqui, vem ver!

9) Quem também está de olho na febre é o Ministério da Educação, que aproveitou para deixar uma mensagem “engraçadinha” em sua página do Facebook. "O Enem é mais importante que o Pokémon Go - quem captura conhecimento e treina tudo o que aprendeu vence a batalha mais sonhada: passar no #Enem". HAHA!


10) Para finalizar, vai aqui a prova de que a publicidade também não vai deixar a popularidade do game - melhor camapnha do que essa, porém, vai ser impossível!



Por Redação Guia da Semana

Atualizado em 5 Ago 2016.

Mais notícias

MasterChef Profissionais: cozinheiros precisam reproduzir prato de restaurante nesta terça-feira (12)

TV

No Dia Mundial de Conscientização do Autismo, Nat Geo Kids apresenta a pré-estreia da segunda temporada da série “Pablo”

TV

De novelas suspensas a programa inédito, Globo promove mudanças em função do Covid-19

TV

Rede Globo altera sua programação para aumentar espaço de informações sobre o COVID-19

TV

Transmissão ao vivo do Oscar 2020 na TV e Internet

TV

BBB 20 estreia dia 21 de janeiro com anônimos, convidados, big líder e big festas; Saiba tudo!

TV