Guia da Semana

Saiba qual a dieta ideal de acordo com a sua personalidade

Dieta não depende só de esforço. Sua personalidade também pode influenciar. Saiba mais

Muitos fatores influenciam o sucesso de uma dieta. Disciplina, genética e metabolismo são alguns deles. Mas você sabia que sua personalidade pode afetar seus hábitos alimentares e a maneira como você encara o regime? O assunto foi até tema de livro, escrito e lançado há alguns anos pelos pesquisadores Heather K Jones, Mary Miscisin e Ed Redard. Em "What's your diet type" (em português qual o seu tipo de dieta?), os autores defendem a ideia de que as dietas devem ser feitas de acordo com a personalidade de cada um.

Para o endocrinologista Filippo Pedrinola, a teoria faz todo sentido. "Não existe uma dieta que sirva para todos. Se isso funcionasse não existiriam tantas dietas da moda. Regime que funciona é aquele que respeita a individualidade de cada um e é a personalidade que vai determinar o comportamento das pessoas em relação a hábitos alimentares e estilo de vida", explica o especialista.

Pedrinola ainda completa dizendo que como não há meios de mudar a personalidade das pessoas, o melhor é mudar a estratégia para emagrecer de acordo com o jeito de ser de cada um. A ideia aqui é usar o ponto mais forte da sua personalidade para descobrir o melhor caminho para perder peso.

Na obra "What's your diet type", os autores definem quatro tipos de personalidade de dieta e Filippo Pedrinolla explica como deve ser o plano alimentar de cada um. Confira e veja com qual você se identifica:

Planejador: é aquela pessoa metódica, que tem hora e lugar certo para tudo e não gosta de mudanças. É aquela que come para aliviar o estresse quando sai da rotina.

Estratégia de dieta para o planejador: Estipular objetivos e metas que devem ser alcançadas. A ideia é estipular hora para comer, hora para praticar exercício físico, quantidade de calorias que devem ser consumidas por dia e os tipos de alimentos que devem ser consumidos diariamente. O ideal é fazer planilhas com todas essas informações. O planejador se dá muito bem com o método de dieta dos pontos.

Jogador: é aquela pessoa que é o oposto do planejador. Ela vive o momento e é rebelde. Não gosta de seguir regras nem planejar nada. É a pessoa que pensa que pode tudo e é tão ativa que precisa de atividade e novidades o tempo todo. É aquela pessoa que vai a aniversários e festas e detona na alimentação e na bebida.

Estratégia de dieta para o jogador: Como ele gosta de novidades e detesta seguir regras, o ideal é fazer planos alimentares de curto prazo para que a pessoa não se canse da dieta. A dica é ensiná-los a fazer compras de alimentos mais saudáveis e introduzir no cardápio sempre novidades, ou seja, alimentos diferentes e exóticos. Como é o tipo de pessoa que vive o lema do "Por que não?", de nada vai adiantar tentar contar as guloseimas, como chocolates, etc, mas o ideal é ensinar a não ter complusão e comer em pequenas quantidades.

Sentimental: é a pessoa que encara a comida como forma de conforto, ou seja, o chamado comer emocional. É aquele que come um pedaço de bolo para não fazer desfeita com quem o fez, influenciável e preocupado com o que os outros vão pensar. Também é aquela pessoa que fica postergando para tomar uma atitude. Por exemplo: "quando parar o frio, eu vou para academia". As pessoas típicas desse perfil são aquelas que descontam tristeza, ansiedade e raiva na alimentação.

Estratégia de dieta para o sentimental: Criar um sistema de recompensa que não seja a comida. Uma boa saída podem ser os grupos de suporte, como os Vigilantes do peso, Meta Real, Comedores Compulsivos Anônimos (quando for o caso de compulsão alimentar), porque são programas que permitem que as pessoas falem dos problemas. Outra solução é combinar boa alimentação com sessões de terapia, com psicóloga ou terapias em grupo. Filippo Pedrinola ainda sugere que as pessoas sentimentais façam um diário para anotar o que comeram durante o dia, como se sentiram, se tiveram alguma compulsão. 

Image and video hosting by TinyPic

Pensador: é aquela pessoa que se acha o dono da verdade e acha que só o que pensa está certo. É aquele que dificilmente muda de opinião e em relação à comida, faz cálculos para ver quantas calorias tem cada alimento antes de comê-lo e quantas horas na esteira vai precisar para queimá-lo. Sabe aquele paciente que vai no médico e duvida de tudo que o especialista fala, achando que tem mais razão que ele? Esse é o pensador.

Estratégia de dieta para o pensador: Mostrar estudos e teorias sobre dieta e alimentação saudável para que ele se convença de que faz sentido investir na boa alimentação e, dessa forma, acredite no que o médico está orientando. Ele precisa entender, tirar suas próprias conclusões e achar que faz sentido o que o especialista está orientando para aí sim mudar de comportamento.

Atualizado em 12 Mar 2015.

Por Tamirys Collis
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

13 ideias de marmita fit para levar no trabalho

Tem receita de gnocchi, risoto, crepioca e muito mais!

Inverno saudável: receitas incríveis para quem ama massa e está de dieta

5 exercícios com bola que vão deixar sua barriga chapada (e que você pode fazer em casa)

Primeiro studio só de corrida chega a São Paulo

A academia conta com esteiras Star Trac

Terceira idade: 7 exercícios físicos indicados para os idosos

Cardiologista do HCor aponta os benefícios da atividade física para os idosos

8 sobremesas quentes e saudáveis para comer sem culpa nos dias frios do inverno

Panqueca, maça assada e suflê de chocolate estão na lista!