Guia da Semana

Saiba qual a dieta ideal de acordo com a sua personalidade

Dieta não depende só de esforço. Sua personalidade também pode influenciar. Saiba mais

Muitos fatores influenciam o sucesso de uma dieta. Disciplina, genética e metabolismo são alguns deles. Mas você sabia que sua personalidade pode afetar seus hábitos alimentares e a maneira como você encara o regime? O assunto foi até tema de livro, escrito e lançado há alguns anos pelos pesquisadores Heather K Jones, Mary Miscisin e Ed Redard. Em "What's your diet type" (em português qual o seu tipo de dieta?), os autores defendem a ideia de que as dietas devem ser feitas de acordo com a personalidade de cada um.

Para o endocrinologista Filippo Pedrinola, a teoria faz todo sentido. "Não existe uma dieta que sirva para todos. Se isso funcionasse não existiriam tantas dietas da moda. Regime que funciona é aquele que respeita a individualidade de cada um e é a personalidade que vai determinar o comportamento das pessoas em relação a hábitos alimentares e estilo de vida", explica o especialista.

Pedrinola ainda completa dizendo que como não há meios de mudar a personalidade das pessoas, o melhor é mudar a estratégia para emagrecer de acordo com o jeito de ser de cada um. A ideia aqui é usar o ponto mais forte da sua personalidade para descobrir o melhor caminho para perder peso.

Na obra "What's your diet type", os autores definem quatro tipos de personalidade de dieta e Filippo Pedrinolla explica como deve ser o plano alimentar de cada um. Confira e veja com qual você se identifica:

Planejador: é aquela pessoa metódica, que tem hora e lugar certo para tudo e não gosta de mudanças. É aquela que come para aliviar o estresse quando sai da rotina.

Estratégia de dieta para o planejador: Estipular objetivos e metas que devem ser alcançadas. A ideia é estipular hora para comer, hora para praticar exercício físico, quantidade de calorias que devem ser consumidas por dia e os tipos de alimentos que devem ser consumidos diariamente. O ideal é fazer planilhas com todas essas informações. O planejador se dá muito bem com o método de dieta dos pontos.

Jogador: é aquela pessoa que é o oposto do planejador. Ela vive o momento e é rebelde. Não gosta de seguir regras nem planejar nada. É a pessoa que pensa que pode tudo e é tão ativa que precisa de atividade e novidades o tempo todo. É aquela pessoa que vai a aniversários e festas e detona na alimentação e na bebida.

Estratégia de dieta para o jogador: Como ele gosta de novidades e detesta seguir regras, o ideal é fazer planos alimentares de curto prazo para que a pessoa não se canse da dieta. A dica é ensiná-los a fazer compras de alimentos mais saudáveis e introduzir no cardápio sempre novidades, ou seja, alimentos diferentes e exóticos. Como é o tipo de pessoa que vive o lema do "Por que não?", de nada vai adiantar tentar contar as guloseimas, como chocolates, etc, mas o ideal é ensinar a não ter complusão e comer em pequenas quantidades.

Sentimental: é a pessoa que encara a comida como forma de conforto, ou seja, o chamado comer emocional. É aquele que come um pedaço de bolo para não fazer desfeita com quem o fez, influenciável e preocupado com o que os outros vão pensar. Também é aquela pessoa que fica postergando para tomar uma atitude. Por exemplo: "quando parar o frio, eu vou para academia". As pessoas típicas desse perfil são aquelas que descontam tristeza, ansiedade e raiva na alimentação.

Estratégia de dieta para o sentimental: Criar um sistema de recompensa que não seja a comida. Uma boa saída podem ser os grupos de suporte, como os Vigilantes do peso, Meta Real, Comedores Compulsivos Anônimos (quando for o caso de compulsão alimentar), porque são programas que permitem que as pessoas falem dos problemas. Outra solução é combinar boa alimentação com sessões de terapia, com psicóloga ou terapias em grupo. Filippo Pedrinola ainda sugere que as pessoas sentimentais façam um diário para anotar o que comeram durante o dia, como se sentiram, se tiveram alguma compulsão. 

Image and video hosting by TinyPic

Pensador: é aquela pessoa que se acha o dono da verdade e acha que só o que pensa está certo. É aquele que dificilmente muda de opinião e em relação à comida, faz cálculos para ver quantas calorias tem cada alimento antes de comê-lo e quantas horas na esteira vai precisar para queimá-lo. Sabe aquele paciente que vai no médico e duvida de tudo que o especialista fala, achando que tem mais razão que ele? Esse é o pensador.

Estratégia de dieta para o pensador: Mostrar estudos e teorias sobre dieta e alimentação saudável para que ele se convença de que faz sentido investir na boa alimentação e, dessa forma, acredite no que o médico está orientando. Ele precisa entender, tirar suas próprias conclusões e achar que faz sentido o que o especialista está orientando para aí sim mudar de comportamento.

Atualizado em 12 Mar 2015.

Por Tamirys Collis
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

4 receitas de Panetone saudável para quem está de dieta

Quem disse que quem está de dieta não pode saborear um delicioso Panetone?

5 motivos para você pensar antes de aderir a uma dieta low-carb

O Guia da Semana conversou com a nutricionista Mariana Nacarato, da Equilibrium

7 receitas de biscoitos saudáveis para fazer em casa

18 receitas saudáveis e refrescantes para saborear no verão

Tem receita de bolo gelado, sorvete, smoothie e até de tartar!

12 exercícios ao ar livre para emagrecer e ainda curtir o verão

Que tal se exercitar e curtir um lindo pôr do sol ao mesmo tempo?

De água à manteiga de coco: conheça 6 maneiras de usar a fruta a favor da saúde

A fruta é rica em vitaminas, minerais e compostos que ajudam na prevenção de doenças