Guia da Semana

Será? Shailene Woodley pode não estar no último filme da franquia "Divergente"

A decisão da atriz foi tomada após rumores de que o longa seja lançado apenas na TV

As coisas não vão muito bem para a franquia “Divergente”. Depois do fracasso de bilheteria de “Convergente”, segundo filme da saga, os produtores vêm considerando que o último filme da trilogia seja lançado apenas na televisão, e não nos cinemas, como esperávamos. Quem não gostou da notícia foi a protagonista Shailene Woodley, que contou ao site Screen Rant que não está interessada em voltar para o capítulo final, “Ascendente”, caso a especulação seja verdadeira.  

A última coisa que eu ouvi é que eles queriam fazer uma série e um filme para TV. Eu não assinei contrato para fazer TV. Eu respeito a decisão dos produtores e sei que eles mudaram de ideia, mas não estou interessada em fazer TV”, declarou a atriz, que interpreta a personagem Tris.

Além de Shailene Woodley, Ansel Elgort (Caleb) e Miles Teller (Peter) também são incertos no filme, que tinha estreia prevista para junho de 2017. Por enquanto, não sabemos a nova data de lançamento, tampouco se o longa será, de fato, produzido apenas para a televisão. O elenco final também permanece em mistério.

Atualizado em 11 Set 2016.

Por Redação Guia da Semana
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Veja os melhores cosplays da Comic Con Experience 2016 (CCXP)

Evento acontece no São Paulo Expo entre 1 e 4 de dezembro

CCXP 2016 surpreende com vídeos exclusivos no segundo dia de evento

Cena de novo “Homem-Aranha” e trailer de “Planeta dos Macacos: A Guerra” foram destaques na sexta-feira

"Jumanji" tem estreia no Brasil adiada para 2018

Anúncio foi feito pela Sony durante a CCXP

Assista à entrevista exclusiva com Fiuk e Sandy sobre a animação "Sing - Quem Canta Seus Males Espanta"

Filme estreia no dia 22 de dezembro nos cinemas

"A Múmia": Remake com Tom Cruise ganha teaser e pôster

Estreia está agendada para junho de 2017

Cahiers du Cinéma elege os melhores filmes de 2016

O brasileiro "Aquarius" aparece em quarto lugar na lista