Guia da Semana

Guia da Semana

O antigo cassino da cidade fechou as portas em 1946 e deu espaço, no ano seguinte, ao Museu de Arte da Pampulha. O local foi o primeiro projeto do arquiteto Oscar Niemeyer para o Complexo Arquitetônico da Pampulha, e ficou conhecido como "Palácio de Cristal". Os jardins são de Burle Marx e têm três esculturas de Ceschiatti, Zamoiski e José Pedrosa. Em 1996, foi modernizado e ganhou novas salas de multimídia, biblioteca, café bar, loja e infraestrutura técnica para abrigar as obras.

Uns dos destaques do MAP, que reúne cerca de 1.600 obras, com variadas técnicas e estéticas, são trabalhos de artistas como Guignard, Oswaldo Goeldi, Fayga Ostrower e Anna Letycia. Nomes do modernismo brasileiro, caso de Di Cavalcanti, Livio Abramo, Bruno Giorgi e Ceschieatti, e representantes da arte contemporânea, como Antonio Dias, Frans Krajcberg, Ado Malagoli, Iberê Camargo, Tomie Ohtake, Ivan Serpa, Milton Dacosta, Alfredo Volpi, Franz Weissmann, completam o acervo.

Foto: Divulgação

Mapa do local

Museu de Arte da Pampulha

Horário(s) Terça a domingo, das 9h às 19h.

Endereço
Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16585, 31365-450

Telefone (31) 3277-7946

Atualizado em 9 Abr 2012.