Guia da Semana

8 dicas essenciais para aproveitar os alimentos sem perder seus nutrientes

Armazenar no lugar certo e colocar os legumes em sacos plásticos são algumas medidas.

Manter uma alimentação balanceada e saudável é essencial para a manutenção da saúde. Todo ser humano precisa de uma quantidade diária de nutrientes e vitaminas para que o corpo possa exercer todas as suas funções vitais, e é através dos alimentos que conseguimos garantir as necessidades do nosso organismo.

No entanto, armazenar e preparar os alimentos sem alguns cuidados pode colocar todos os seus nutrientes a perder, mesmo que o cardápio seja cuidadosamente elaborado. Confira algumas medidas simples para garantir que os alimentos mantenham suas propriedades nutricionais, aspecto, textura e sabor.

Armazenamento

Os alimentos frescos são as melhores fontes naturais de nutrientes. Além disso, não possuem aditivos químicos e conservantes utilizados nos alimentos processados. É exatamente por isso que eles merecem atenção redobrada na hora do armazenamento, mesmo que fiquem guardados por pouco tempo.

O primeiro passo é verificar se a geladeira de casa está em boas condições. Se a porta estiver desalinhada ou a borracha perdeu sua capacidade de vedação, sua temperatura interna vai oscilar, prejudicando a refrigeração correta dos alimentos. Nesse caso, o ideal é optar por adquirir modelos mais modernos, como o do link.

Legumes e vegetais devem ser lavados em solução desinfetante e ir para a geladeira. Para isso, dissolva uma colher de sopa de água sanitária em um litro e meio de água e deixe as verduras e vegetais de molho por 10 minutos. Em seguida, enxágue em água corrente e deixe secar bem. Coloque as verduras em saquinhos plásticos e os legumes em potes com tampa. Dessa forma, eles podem ser ingeridos crus, mantendo suas fibras naturais.

As frutas devem ser mantidas em temperatura ambiente, e só ir para a geladeira caso estejam maduras.

As carnes podem ser armazenadas no freezer, mas, se descongeladas para preparo, não devem voltar a ser congeladas. A prática favorece a proliferação de bactérias e também altera o sabor e textura das fibras, que ainda perdem seus nutrientes.

Preparo

Quando submetidas a altas temperaturas durante o cozimento, a maioria dos vegetais perde seus nutrientes. Se possível, a melhor forma de prepará-los é no vapor, e o ideal é mantê-los o menor tempo possível exposto ao calor.

Outra forma de não desperdiçar os nutrientes é reutilizar a água do cozimento dos vegetais para o preparo do arroz ou sopas e caldos.

Grande parte dos nutrientes e fibras dos alimentos se concentram em suas cascas, talos e até folhas, que geralmente são desprezados na preparação dos pratos. Tudo isso pode ser aproveitado em receitas simples. Cascas de frutas picadas podem incrementar bolos e geleias, assim como os talos das verduras podem reforçar patês, sopas, cremes e tortas.

Além de evitar o desperdício de partes consumíveis dos alimentos, a prática proporciona fontes mais ricas de minerais e vitaminas.

Atualizado em 20 Mar 2015.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Fitness: 5 exercícios para começar 2018 com tudo

Agachamento e prancha estão na lista

7 alimentos para fortalecer a imunidade e evitar resfriados neste inverno

Especialista dá dicas sobre como fortalecer e aquecer o organismo durante o período de frio intenso

Além da pílula: 7 métodos contraceptivos para conhecer

Saiba detalhes sobre diferentes métodos e saiba quais é o ideal para você

6 ótimos spas para fazer uma boa massagem em São Paulo

Confira um roteiro com lugares ideais para relaxar na cidade

5 alimentos que ajudam a diminuir a vontade de comer doce

Quer cortar o doce após o almoço? Aqui você encontra boas alternativas!

8 motivos para incluir castanhas na alimentação

Além de serem ótimas aliadas da dieta, as oleaginosas ajudam a prevenir doenças graves