Guia da Semana

Alimentos que turbinam a beleza

Celulite, olheiras e gordura localizada podem ser combatidos com alguns nutrientes

Adotar uma dieta saudável, rica em nutrientes, permite o funcionamento harmônico de todo o organismo. Mas você sabia que alguns alimentos ainda dão uma força extra para deixá-la mais bela, atenuando incômodos como celulite, gordura localizada e olheiras?

A nutricionista Vivian Goldberger, do blog Cartilha Cor de Rosa, explica que as proteínas, vitaminas, minerais têm como função a construção e manutenção de tecidos, órgãos, estruturas de todo o organismo. Por isso, são esses os seus principais aliados na busca de um corpo saudável e bonito. "Esses alimentos devem ser consumidos, prefencialmente, na sua forma in natura. Diariamente, devemos ingerir de 3 a 5 porções de frutas com cores variadas, para garantir uma fonte de nutrientes mais completa, além de 5 porções de verduras e legumes", ensina.

No entanto, para garantir a ação benéfica das frutas e verduras, claro, deve-se adotar um estilo de vida saudável. "Evite fumar e procure realizar atividades físicas diariamente. Também evite o consumo exagerado de bebidas alcoólicas, pois o álcool provoca a perda de água do organismo e, consequentemente, deixa a pele desidratada, sem elasticidade e com aspecto envelhecido. Essa desidratação também favorece o aparecimento de rachaduras na pele, os cabelos ficam desvitalizados e as unhas quebradiças", explica.

Outros alimentos que a nutricionista aconselha evitar são o sal em excesso, que faz com que o corpo retenha líquido, causando inchaço. "O excesso de sódio no corpo favorece o aparecimento de bolsas embaixo dos olhos, da acne e do envelhecimento", ensina. "Outro alimento que deve ser evitado são os refrigerantes que, ricos em açúcar e corantes artificiais, deixam a pele menos firme", completa a especialista.

Confira abaixo seis problemas estéticos que podem ser combatidos com a ajuda de uma dieta saudável e use as dicas da nutricionista Vivian Goldberger a seu favor: 

Envelhecimento da pele

A herança genética influencia no ritmo de envelhecimento individual. Mas a poluição, o consumo de álcool e cigarro, o estresse, o sedentarismo e a má alimentação contribuem para acelerar esse processo.
Contra-ataque: Alimentos antioxidantes atuam contra os radicais livres, minimizando sua ação sobre o organismo e prolongando a juventude da pele.
Alimento-chave: Tomate, que é rico em licopeno, substância antioxidante e fundamental para retardar o envelhecimento e prevenir doenças crônicas, como o colesterol alto e até alguns tipos de câncer.
Quanto consumir: 1 unidade pequena diariamente.

Estrias

São resultado da ruptura das fibras de colágeno e elastina, responsáveis por garantir a firmeza da pele. Podem aparecer em decorrência de alterações hormonais ou pela distensão exagerada da pele, que pode ocorrer em função do crescimento ou do ganho de peso muito rápido.
Contra-ataque: Além de evitar as oscilações constantes na balança, vale a pena investir em alimentos que são fontes de vitamina C, como as frutas cítricas. Elas ajudam a neutralizar os radicais livres, que aceleram o processo de envelhecimento.
Alimento-chave: Morango, que é rico em vitamina C, polifenóis, flavonóides e em ácido elágico. Todas essas substâncias aceleram o processo de eliminação das toxinas acumuladas no fígado e no intestino, melhorando o funcionamento do organismo como um todo.
Quanto consumir: 3 unidades por dia.

Gordura Localizada

São os quilinhos a mais e a ação hormonal as causas mais frequentes para o processo de acúmulo de tecido adiposo em determinadas partes do corpo - no caso das mulheres, na região do quadril e do bumbum, e no dos homens, no abdômen.
Contra-ataque: Alimentos que favorecem o bom funcionamento intestinal minimizam a absorção de gordura e facilitam a perda de peso.
Alimento-chave: Soja, que é rica em probióticos naturais, conferindo força extra ao intestino, além de ajudar a desintoxicar e a desinchar.
Quanto consumir: 1 xícara (chá), 3 vezes por semana.

Flacidez

É o enfraquecimento das fibras colágenas e elásticas que sustentam os tecidos.
Contra-ataque: O segredo é aumentar a biodisponibilidade de nutrientes que são importantes para a síntese de colágeno, como o manganês e o cobre, presentes nos grãos e nas frutas oleaginosas.
Alimento-chave: Noz-pecã, uma das fontes mais importantes de minerais e rica em gordura poli-insaturada, que faz bem ao coração e protege contra doenças crônicas, como o diabetes e o colesterol alto.
Quanto consumir: 2 unidades por dia.

Celulite

Os furinhos aparecem em decorrência de uma inflamação celular, causada por uma deficiência da microcirculação na região e o vilão tem tudo a ver com a gordura localizada: na realidade, é por causa dos depósitos de gordura nas camadas internas da pele que o fluxo sanguíneo fica prejudicado e que os tecidos fibrosos se formam.
Contra-ataque: Dar uma força ao intestino, ajudando-o na limpeza do organismo e reduzindo o inchaço, é uma maneira eficiente de melhorar o aspecto da pele.
Alimento-chave: Aveia. Rica em fibras, ela acelera a eliminação de toxinas e ainda favorece a perda de peso, que está diretamente relacionada ao aparecimento da celulite. A aveia também é rica em silício, nutriente essencial para a síntese de colágeno e para a reestruturação das cartilagens e tecidos.
Quanto consumir: 1 colher (sopa) por dia.

Olheiras

Além da predisposição genética, o escurecimento na pele sob os olhos e o aparecimento de bolsas na região pode ser agravado pela má circulação.
Contra-ataque: Consumir alimentos que garantem o bom funcionamento do sistema circulatório.
Alimento-chave: Semente de linhaça. Rica em ômega-3, evita a vasodilatação.
Quanto consumir: 1 colher (sopa) por dia. 

Pele desidratada

Além do clima e de banhos muitos quentes, a ingestão insuficiente de água colabora para que a pele perca seu viço e apresente rachaduras.
Contra-ataque: Para manter a hidratação, consumir alimentos com alto teor de água, que ajudam a pele a ficar mais macia, com brilho e elasticidade.
Alimento-chave: Melancia. Com 90% de água em sua composição, ajuda a hidratar.
Quanto consumir: 1 fatia grande por dia. 

Serviço:
Nutrição & Beleza Feminina - Palestra gratuita com a nutricionista Vivian Goldberger e a fisioterapeuta Mariela Rojas.
Quando: 30 de agosto de 2014, das 15h às 17h.
Local: Rua Cel. Gustavo Santiago, 133 (próximo ao metrô Carrão)
Informações e inscrições: (11) 2093-1757 

Atualizado em 13 Abr 2015.

Por Conceição Gama
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

4 receitas de Panetone saudável para quem está de dieta

Quem disse que quem está de dieta não pode saborear um delicioso Panetone?

5 motivos para você pensar antes de aderir a uma dieta low-carb

O Guia da Semana conversou com a nutricionista Mariana Nacarato, da Equilibrium

7 receitas de biscoitos saudáveis para fazer em casa

18 receitas saudáveis e refrescantes para saborear no verão

Tem receita de bolo gelado, sorvete, smoothie e até de tartar!

12 exercícios ao ar livre para emagrecer e ainda curtir o verão

Que tal se exercitar e curtir um lindo pôr do sol ao mesmo tempo?

De água à manteiga de coco: conheça 6 maneiras de usar a fruta a favor da saúde

A fruta é rica em vitaminas, minerais e compostos que ajudam na prevenção de doenças