Guia da Semana

Shake faz mal?

Veja quais são os prós e os contras da ingestão de shakes na alimentação

Por mais que as pessoas saibam que o emagrecimento não vem sem esforço, sempre há muita procura pelas soluções milagrosas de perda de peso em pouco tempo. Os shakes emagrecedores são uma dessas soluções para ganhar o corpo dos seus sonhos, mas será que é tudo tão simples assim?

+ Veja como usar a caminhada para perder peso
+ Saiba quais são os benefícios da Chia

A principal indicação da dieta dos shakes, tanto os prontos quanto os caseiros, é substituir uma refeições por dia, a fim de acelerar o emagrecimento. A quantidade de substituições varia de acordo com o peso que se pretende perder, porém, os profissionais da área de nutrição indicam que se troque apenas uma das três refeições principais (o ideal é escolher aquela em que se come mais) e acrescentar uma salada de folhas com azeite de boa qualidade.

É bom ficar atento na hora de comprar ou preparar em casa a bebida, pois ela deve conter todos os nutrientes necessários ao organismo, que seriam encontrados em uma refeição como fibras, vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas e gordura de boa qualidade. Se o shake for industrializado, na descrição do rótulo é preciso checar se é livre de gorduras trans e saturada e de açúcar e observar também se tem fibras solúveis (como a aveia) e insolúveis (como linhaça e gergelim). A quantidade ideal é no máximo 130 cal. Por porção, o que representa 3 colheres de sopa, o suficiente para render um copo de 300 ml. Mesmo que na informação nutricional da embalagem informe que há fibra na sua composição, o ideal é acrescentar mais uma fonte de fibras ao composto comprado, acrescentando frutas como banana, maçã, ou qualquer fruta da sua preferência, e também farelo de aveia, semente de linhaça ou chia, mas claro, sem exagerar nas quantidades (1 colher de sobremesa é o suficiente!)

Se for preparada em casa, a bebida deve ser feita a base de leite ou iogurte desnatado, frutas e/ou legumes (cenoura, beterraba), aveia ou linhaça. Uma boa pedida é comer algumas castanhas para acompanhar. Lembrando que é preciso ter cautela no uso do shake, já que não é uma fórmula milagrosa. Os shakes são um auxílio na redução de peso, mas não devem ser consumidos por longos períodos, pois nada substitui uma refeição original, composta por uma alimentação balanceada. Pois nem todos os shakes têm esses nutrientes e se forem consumidos por muito tempo podem gerar deficiência nutricional ao organismo.

Shake

O shake deverá substituir apenas uma das três refeições principais – café da manhã, almoço ou jantar. Quando tomar a bebida (um copo de 250 ml) no lugar da refeição principal, alie alimentos sólidos como uma fruta, castanhas, salada de folhas, ou filé de frango ou peixe para que o corpo não sofra carências nutricionais. É importante que, durante a dieta, as outras refeições sejam balanceadas com as quantidades suficientes de proteínas e carboidratos.

Consumir o shake aliado a refeições balanceadas é uma maneira de reeducar seus hábitos alimentares. Outra medida que não é segredo para ninguém é associar a alimentação saudável à prática de exercícios físicos, mas se não houver a adesão de bons hábitos quando os antigos hábitos forem retomados, o peso pode ser recuperado em pouco tempo.

Lembrando que os shakes encontrados em prateleiras de supermercados e farmácias são produtos processados, o que foge da ideia de uma alimentação natural e equilibrada. Tomar shake por tempo prolongado pode levar à deficiência de vários nutrientes, podendo ocasionar anemia, queda de cabelo, unhas fracas e fadiga. Se realmente há o desejo de utilizar algum tipo de shake para substituir refeições e saciar, é preciso consultar um nutricionista que irá programar uma dieta que forneça os nutrientes necessários para emagrecer com saúde utilizando o shake como um elemento da alimentação.

Seguindo essas dicas, você conseguirá emagrecer com saúde e satisfação. Veja mais dicas sobre como perder peso e se manter em forma no Emagrecendo.

  

Atualizado em 30 Jun 2014.

Por Mariana Jota
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

4 receitas de Panetone saudável para quem está de dieta

Quem disse que quem está de dieta não pode saborear um delicioso Panetone?

5 motivos para você pensar antes de aderir a uma dieta low-carb

O Guia da Semana conversou com a nutricionista Mariana Nacarato, da Equilibrium

7 receitas de biscoitos saudáveis para fazer em casa

18 receitas saudáveis e refrescantes para saborear no verão

Tem receita de bolo gelado, sorvete, smoothie e até de tartar!

12 exercícios ao ar livre para emagrecer e ainda curtir o verão

Que tal se exercitar e curtir um lindo pôr do sol ao mesmo tempo?

De água à manteiga de coco: conheça 6 maneiras de usar a fruta a favor da saúde

A fruta é rica em vitaminas, minerais e compostos que ajudam na prevenção de doenças