Guia da Semana

Como esquecer o ex?

Terapeuta de casais dá dicas para superar o luto e voltar a ser feliz

Quando um relacionamento chega ao fim, é normal se sentir triste e até meio desamparado, independentemente de quem fez a opção pelo término. Mas o que fazer quando o luto persiste por meses, ou mesmo anos? 

+ Veja quais são os erros mais comuns nos relacionamentos
+ O que você faz para melhorar a autoestima e o humor em dias difíceis?
+ Dez alimentos anti-estresse

Para a terapeuta de casais Cristiane Maluf Martin, de São Paulo, é normal sentir falta do ex até se o relacionamento foi ruim. "Necessitamos de algo para nos preencher, mesmo que, para isso, sacrifiquemos nossa identidade. Muitas vezes, delegamos ao outro o controle da nossa vida e, quando o relacionamento chega ao fim, o sentimento é de total abandono. Isso implica responsabilizar o ex-parceiro pela minha carência, pelas minhas angústias e até mesmo pela minha história antes de conhecê-lo", observa. 

Segundo a especialista, é importante ter consciência de que, se a relação acabou, cada uma das partes tem 50% de culpa. "Os relacionamentos são feitos de mão dupla, jamais de mão única. Portanto, se você estiver enfrentando o fim de um relacionamento, limite a sua culpa pela metade e, com certeza, será menos infeliz. Aproveite o momento para se valorizar e se conhecer sem o outro. Isso fará com que você se aproxime mais da pessoa mais importante da sua vida, que é você mesmo", orienta.

Dicas para esquecer o ex

Confira outras dicas da terapeuta de casais Cristiane Maluf Martin para esquecer o ex de vez e voltar a ser feliz:

- Busque sempre a felicidade mesmo que, para isso, tenha que passar por grandes sofrimentos. Ou seja, permita-se o vazio. No final, vai perceber o quanto é incrível estar com você mesmo.

- Ame-se e ame a vida, respeite-se e tenha fé. Nós, seres humanos, somos resultado de nosso físico, mental e espiritual - e esses devem estar em perfeita harmonia.

- Trabalhe para se distrair e medite para aprender a curtir o tempo sozinho. Faça planos, tenha metas, busque objetivos que muitas vezes você adiou em função do outro.

- Cultive amizades verdadeiras, com as quais você tenha sintonia.

- Encare a situação como um crescimento individual muito grande.

- Procure estruturar sua vida e não cair rapidamente em outro relacionamento.

- Procure se descobrir e gostar cada vez mais de si mesmo.

- Tente se entregar a tarefas simples e prazerosas para fortalecer a sensação de bem-estar: caminhadas, leituras, dança, coleções, etc.

- Não saia por aí contando intimidades do ex a qualquer um. Pode ser bastante tentador, mas depois você se arrependerá. 

- Vire a página e esqueça o ontem. Apenas o hoje está em suas mãos e você é a único responsável pela sua felicidade.

- Se se sentir muito deprimido, procure um terapeuta. 

Atualizado em 3 Out 2014.

Por Conceição Gama
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Em resposta a João Doria, Amazon oferece livros para download gratuito

Empresa ainda doará Kindles a instituições que promovam cultura e educação

Doria responde à propaganda da Amazon com vídeo no Facebook

"Se vocês gostam realmente da cidade, doem livros para as bibliotecas", disse o prefeito

Saraiva promove dia com 50% de desconto em livros universitários e profissionais

Ação acontece no dia 29 de março no e-commerce e lojas da rede

Metrô no México usa assento com pênis para protestar contra abuso sexual

"É desagradável viajar aqui, mas não se compara ao que as mulheres sofrem nas suas viagens cotidianas", diz a campanha

Novos emojis chegam ao iPhone em junho

São 137 figurinhas inéditas e nós amamos todas!

Spotify pode restringir parte do acervo apenas para assinantes, diz jornal

Com novo modelo, lançamentos não seriam disponibilizados ao público geral