Guia da Semana
Literatura
Por Lidia Capitani

8 livros de poesia para ler o quanto antes

Carlos Drummond de Andrade, Ana Cristina César, Rupi Kaur e Fernando Pessoa estão na lista.

Fotos: Reprodução/Amazon

Seja você um fã de poesias ou um iniciante deste gênero, provavelmente já ouviu falar em nomes como Carlos Drummond de Andrade, Paulo Leminski e Fernando Pessoa. Estes foram grandes poetas que influenciaram gerações de artistas e foram reconhecidos e consagrados na história da literatura mundial.

Além destes, há muitos outros brasileiros que constam nesta lista, como Ana Cristina César, Cecília Meireles e Hilda Hilst. Já nomes mais contemporâneos como Rupi Kaur e Ryane Leão também não ficam de fora quando o assunto é “poetas consagrados”.

Pensando nisso, o Guia da Semana trouxe uma lista de 8 livros de poesia para você ler o quanto antes. Confira:

Foto: Reprodução/Amazon | Reprodução/Americanas

► “A Teus Pés”, Ana Cristina César

“A Teus Pés” é o último livro de poesias da poetisa brasileira Ana Cristina César, publicado em 1982, um ano antes do suicídio da escritora. Ana Cristina pertenceu à geração mimeógrafo, que ocorreu pós-tropicália de 1970. A obra reúne três livros de edição independente anteriormente escritos por César, intitulados “Luvas de Pelica”, “Correspondência Completa” e “Cenas de Abril”. Em “A Teus Pés”, temos uma autora que traz poesias e prosa de tom confessional e íntimo.


► “Sentimento do mundo”, Carlos Drummond de Andrade

“Sentimento do Mundo” é o terceiro livro de poesias de Carlos Drummond de Andrade, publicado em 1940 e consagrado na literatura brasileira. Carlos Drummond é considerado um dos maiores poetas do Brasil, e neste livro ele expressa sua preocupação com as transformações do mundo, principalmente o surgimento da 2ª Guerra Mundial e do Nazismo. São 28 poemas em que Drummond expressa toda sua vulnerabilidade e posição crítica.

Foto: Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon

► “Toda Poesia”, Paulo Leminski

Paulo Leminski foi um poeta brasileiro de Curitiba que morreu em 1989 e foi um inovador do gênero no país. “Toda Poesia” reúne a trajetória poética completa do autor curitibano, em que ele misturou diversos movimentos e formatos de poesia - o haikai, a poesia concreta, o poema-piada oswaldiano, o slogan e a canção. No título em questão, somos apresentados à genialidade de Leminski em uma obra completa.


► “Outros jeitos de usar a boca”, Rupi Kaur

Em “Outros jeitos de usar a boca”, Rupi Kaur trouxe a poesia de volta aos best sellers mundiais. Neste livro de poemas, Kaur fala sobre a sobrevivência, o amor, o sexo, o abuso, o trauma, a perda e a feminilidade. A obra é dividida em quatro partes, em que cada uma trata de um assunto específico. Kaur é uma artista canadense, mas nascida na Índia, que publicou este livro inicialmente de maneira independente, em 2014, mas foi logo reconhecida mundialmente por suas poesias brilhantes.

Foto: Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon

► “Tudo nela brilha e queima”, Ryane Leão

Outro livro de poemas contemporâneos, “Tudo nela brilha e queima” é o livro de estreia de Ryane Leão, autora, poeta e professora. Ela descreve a obra em suas redes sociais, com mais de 150 mil seguidores, da seguinte maneira: “Eu falo sobre amor, desapego, rotina, as cidades que nos atravessam, os socos no estômago que a vida dá, o coração desenfreado, a pulsação que guia as estradas, os recomeços, os dias, as noites, as madrugadas, os fins, os jeitos que a gente dá, as transições,os discos, os tropeços, as partidas, as contrapartidas, os pés firmes que insistem em voar, e tudo isso que é maluco e lindo e nos faz ser quem somos."


► “Poemas completos de Alberto Caeiro”, Fernando Pessoa

Fernando Pessoa foi um poeta português reconhecido por criar pseudônimos para sua escrita, como Alberto Caeiro, um dos mais famosos pseudônimos do escritor. Este era o mestre dos pseudônimos de Pessoa, e neste livro ele faz uma autobiografia em forma de poesia. Ele é espontâneo, possui versos simples, mas que dizem muito sobre a vida e a natureza. Definitivamente um nome para não esquecer e começar a ler o quanto antes.

Foto: Reprodução/Global Editora | Reprodução/Amazon

► “Cânticos”, Cecília Meireles

Cecília Meireles foi uma grande escritora e poetisa brasileira, eternizada na literatura nacional. Em “Cânticos”, ela traz 26 poemas, de tom intimista e introspectivo, que falam sobre eternidade e autodescoberta. Em alguns manuscritos que o livro traz, podemos descobrir o processo criativo da escritora e nos aventurar em sua complexidade e genialidade.


► “Da Poesia”, Hilda Hilst

A edição “Da Poesia” reúne toda a obra poética da escritora Hilda Hilst, um dos nomes mais importantes da literatura brasileira. A coleção traz 45 anos de trabalho de 20 livros publicados pela autora e discorre sobre temas como a morte, a solidão, o místico, o amor e o erotismo. Além dos poemas de Hilst, esta edição traz cartas de artistas que a admiravam e eram seus amigos – uma forma de celebrar o trabalho da escritora.

Foto de capa: Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon | Reprodução/Amazon

Por Lidia Capitani

Atualizado em 2 Jun 2020.

Mais notícias

10 livros incríveis para dar de presente no Dia das Crianças 2020

Literatura

6 livros da Cidinha da Silva para ler o quanto antes

Literatura

9 livros de Ariano Suassuna para ler o quanto antes

Literatura

10 livros de Cecília Meireles para ler o quanto antes

Literatura

9 livros de Cora Coralina para ler o quanto antes

Literatura

9 clubes de leitura online e gratuitos para participar

Literatura
Guia da Semana Premium
Nosso conteúdo na melhor forma!

Aproveite o Guia da Semana de forma mais rápida, sem banners ou publicidade digital!