Guia da Semana
Restaurantes
Por Redação Guia da Semana

Sopas e outras ciladas do inverno

Quem quer manter o peso no inverno ou não ganhar quilinhos a mais deve ficar atento a substituição dos alimentos crus..

Por Roberta Godoy

No dias frios, a vontade de comer uma comida quentinha aumenta, e deixar as saladas e pratos frios de lado é praticamente um "fato consumado". Mas isto pode ser uma armadilha para quem quer manter o peso ou ainda perder alguns quilinhos durante o inverno. Por isso é bom ficar atento a alguns alimentos quentes que podem substituir os pratos frios sem prejudicar a quantidade calórica. Confira as dicas que nutricionista Alessandra Camargo deu à reportagem do Guia da Semana:

Gorduras - É importante lembrar que no inverno o organismo tem necessidade de comer comidas mais gordurosas e em maior quantidade, para produzir mais energia, pois 80% dela é destinada a manter a temperatura corporal. Deve ser observado com cuidado os alimentos, pois o aumento da ingestão deles podem acarretar em alguns quilos a mais, inclusive com o aumento de apetite, normal nos dias frios.

Salada - É comum que as pessoas diminuam a ingestão de alimentos frios como saladas, mas elas são muito importantes na alimentação, porque são fontes de alguns tipos de vitaminas e fibras. "A salada crua, com folhas e legumes, só deve ser substituída por ela mesma, mas de outra maneira, cozidas a vapor por exemplo", explica a nutricionista Alessandra Camargo. Assim é possível manter o mesmo número de calorias, já que estas são bem baixas nos vegetais, que - mesmo cozidos - não perdem as vitaminas.

Sopas - Outras opções, em inumeras variações. É um prato com muito sabor e rico em nutrientes. O cuidado deve ser tomado na escolha dos alimentos que farão parte deles, assim como os acompanhamentos. A dica da nutricionista é que a base das sopas, que forem consumidas como entrada, deve ser de caldo de carne ou galinha. Com eles, adicionar desde folhas - como alface, acelga, repolho, talo de verduras - e ainda, vegetais - como cenoura, vagem, chuchu ou beterraba. "Algumas sopas não servem como entrada, porque tem maior quantidade calórica, de proteínas, carboidratos e gordura suficientes como prato principal e não como substituição da salada", acrescenta Alessandra. São elas: sopa de feijão, lentilha, caldo verde, canja, consomê (todos os tipos), ervilha, queijo e de batata. Ou seja, todas as sopas cremosas, à base de creme de leite e que contêm macarrão, arroz e batata são mais calóricas. Não é o caso de não consumi-las, e sim deixá-las como prato principal, não substituindo a salada ou a entrada.

Deve-se evitar - Algumas dicas sobre as sopas no inverno: evitar ingredientes calóricos e com o mínimo de gordura, como margarina, manteiga, óleo ou azeite, creme de leite, toucinho (como na foto), queijos amarelos, leite integral e requeijão cremoso. Um pedaço de pão francês para acompanhar a sopa, mas limitado a meia unidade, para não ultrapassar nas calorias. É bom saber que nem sempre as sopas com aparência de um creme ou purê apresentam um valor energético maior que as sopas menos cremosas. Se as cremosas foram feitas à base de vegetais batidos no liquidificador e sem o acréscimo dos ingredientes citados anteriormente, com certeza apresentará baixas calorias (exemplo: sopa de cenoura, de beterraba, de batata com espinafre, entre outras). Agora é só aproveitar!

Atualizado em 7 Ago 2012.

Mais notícias

Restaurantes em São Paulo com menu especial para o Dia das Mães 2021

Restaurantes

30 lugares para pedir delivery de parmegiana em São Paulo

Restaurantes

Mizuki Poke aposta em seis opções de pokes diferenciados; saiba mais!

Restaurantes

Starbucks lança combinações exclusivas para o delivery com 15% de desconto; saiba mais!

Restaurantes

Restaurantes em São Paulo para pedir delivery na Páscoa 2021

Restaurantes

Restaurante America lança Ovo de Páscoa Farofino em parceria com Carole Crema; saiba mais!

Restaurantes