Guia da Semana

Filmes da Mostra Internacional de Cinema 2014

38ª Mostra traz ao Brasil retrospectiva de Pedro Almodóvar, versão estendida de Ninfomaníaca e outras surpresas

A 38ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que acontece entre 16 e 29 de outubro em 35 salas e espaços culturais, terá um sotaque especial. A edição deste ano, que homenageia o cineasta Pedro Almodóvar em seu cartaz e com uma retrospectiva, tem na Espanha sua inspiração e principal parceria, trazendo grande variedade de filmes de língua espanhola – incluindo de vizinhos sul-americanos. 

A diversidade característica do festival paulista se mantém, apesar da tendência ibérica: há, na seleção, trabalhos de origens tão variadas quanto Turquia, Ucrânia ou Paquistão, pouco conhecidos ou premiados, como o dono da Palma de Ouro de 2014 "Winter Sleep". 50 longas brasileiros também integram a programação deste ano, incluindo o vencedor do último Festival de Brasília, "Branco Sai, Preto Fica".

O filme de abertura, exibido na noite do dia 15, será o argentino “Relatos Selvagens”, com Ricardo Darín, cujo diretor, Damián Szifrón, estará presente na cerimônia. Já o encerramento fica por conta do dominicano “Dólares de Areia”, de Laura Amélia Guzmán e Israek Cárdenas. A atriz Geraldine Chaplin, filha de Charles Chaplin, estrela o longa e estará no Brasil para acompanhar a sessão.

Cena de Relatos Selvagens

Durante a Mostra, será lançado o livro “O Mundo de Jia Zhangke”, organizado por Walter Salles e escrito por Jean-Michel Frodon. Salles apresenta, ainda, um documentário sobre o cineasta chinês, que terá estreia mundial na Mostra.

Entre os filmes mais polêmicos que o evento traz a São Paulo, está a versão estendida de “Ninfomaníaca”, de Lars Von Trier, com 5h40 ao todo (divididas em duas partes). Também merece atenção o drama biográfico “Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo”, de Bennett Miller, que vem se estabelecendo como um forte candidato ao Oscar 2015.

As sessões ao ar livre, muito concorridas nos anos anteriores, acontecerão no Vão Livre do MASP, no Parque Ibirapuera e no Minhocão. O museu recebe seis filmes da retrospectiva MK2, com destaque para o vencedor da 37ª Mostra, “Riocorrente”, e a trilogia das cores de Krysztof Kieslowski. O Ibirapuera traz uma homenagem aos 100 anos do personagem Carlitos, de Chaplin, com seu primeiro curta-metragem, “Corrida de Automóveis Para Meninos” (1914) e o clássico “O Circo” (1928). A sessão acontecerá no dia 1º de novembro, as 20h. No Minhocão, será exibido o curta “Domingo”, de Karim Aïnouz, sobre o artista visual dinamarquês Olafur Eliasson.

A Mostra terá, ainda, uma exposição de fotografias de bastidores clicadas pelo cineasta espanhol Luís Buñuel.

 

Confira a lista completa de filmes da 38ª Mostra:

 

Retrospectiva PEDRO ALMODÓVAR

PEPI, LUCI, BOM E OUTRAS GAROTAS DE MONTÃO (PEPI, LUCI, BOM Y OTRAS CHICAS DEL MONTÓN)

LABIRINTO DE PAIXÕES (LABERINTO DE PASIONES)

MAUS HÁBITOS (ENTRE TINIEBLAS)

QUE FIZ EU PARA MERECER ISTO? (QUE HECHO YO PARA MERECER ESTO)

A LEI DO DESEJO (LA LEY DEL DESEO)

MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS (MUJERES AL BORDE DE UN ATAQUE DE NERVIOS)

ATA-ME (ÁTAME)

DE SALTO ALTO (TACONES LEJANOS)

KIKA

A FLOR DO MEU SEGREDO (LA FLOR DE MI SECRETO)

CARNE TRÊMULA

TUDO SOBRE MINHA MÃE (TODO SOBRE MI MADRE)

FALE COM ELA (HABLE CON ELLA)

A PELE QUE HABITO (LA PIEL QUE HABITO)

OS AMANTES PASSAGEIROS (LOS AMANTES PASAJEROS)

 

Retrospectiva MK2

NOITE ESCURA CALCUTÁ (NUIT NOIRE CALCUTTA), de Marin Karmitz / França

SETE DIAS EM OUTRO LUGAR (SEPT JOURS AILLEURS), de Marin Karmitz / França

CAMARADAS (CAMARADES), de Marin Karmitz / França

GOLPE POR GOLPE (COUP POUR COUP), de Marin Karmitz / França, Alemanha

SALTO NO VAZIO (SALTO NEL VUOTO), de Marco Bellocchio / Itália, França, Alemanha

A NOITE DE SÃO LOURENÇO (LA NOTTE DI SAN LORENZO), de Paolo Taviani, Vittorio Taviani / Itália

O MURO (LE MUR), de Yilmaz Güney / Turquia, França

SOBRE O MURO (AUTOUR DU MUR), de Patrick Blossier / França

O APICULTOR (O MELISSOKOMOS), de Theo Angelopoulos / Grécia, França, Itália

MELÔ, de Alain Resnais / França

ÓPERA DO MALANDRO, de Ruy Guerra / Brasil, França

CHOCOLAT, de Claire Denis / França, Alemanha, Camarões

UM ASSUNTO DE MULHERES (UNE AFFAIRE DE FEMMES), de Claude Chabrol / França

O CARVALHO (BALANTA), de Lucian Pintilie / França, Romênia

A LIBERDADE É AZUL (TROIS COULEURS: BLUE), de Krzysztof Kieslowski / França, Polônia, Suíça

A IGUALDADE É BRANCA (TROIS COULEURS: BLANC), de Krzysztof Kieslowski / França, Polônia, Suíça

A FRATERNIDADE É VERMELHA (TROIS COULEURS: ROUGE), de Krzysztof Kieslowski / França, Suíça, Polônia

GABBEH, de Mohsen Makhmalbaf / Irã, França

PROFUNDO CARMESÍ (CARMIN PROFOND), de Arturo Ripstein / México, França, Espanha

A MAÇA (LA POMME), de Samira Makhmalbaf / Irã, França

O VENTO NOS LEVARÁ (LE VENT NOUS EMPORTERA), de Abbas Kiarostami / Irã, França

CÓDIGO DESCONHECIDO (CODE INCONNU: RÉCIT INCOMPLET DE VOYAGES), de Michael Haneke / França, Alemanha, Romênia

A PROFESSORA DE PIANO (LA PIANISTE), de Michael Haneke / Austria, França, Alemanha

CONTO DE CINEMA (CONTE DE CINÉMA), de Hong Sang-Soo / França, Coréia Do Sul

HORAS DE VERÃO (L`HEURE D`ÉTÉ), de Olivier Assayas / França

LAURENCE ANYWAYS, de Xavier Dolan / Canadá, França

ATIREM NO PIANISTA – Versão Restaurada (TIREZ SUR LE PIANISTE), de François Truffaut / França

ANTOINE E COLETTE – Versão Restaurada (ANTOINE ET COLETTE), de François Truffaut / França

CHARLES CHAPLIN: A LENDA DO SÉCULO (CHARLES CHAPLIN: LA LÉGENDE DU SIÈCLE), de Frédéric Martin / França

MARIN KARMITZ: UMA VIDA NOS FILMES - MASTER CLASS DE MARIN KARMITZ( MARIN KARMITZ: BANDE À PART ), de Felix Von Boehm / França

 

Retrospectiva VICTOR ERICE

O ESPÍRITO DA COLMEIA (EL ESPIRITU DE LA COLMENA)

O SUL (EL SUR)

O SOL DO MARMELO (EL SOL DEL MEMBRILLO)

 

APRESENTAÇÕES ESPECIAIS

O CIRCO (THE CIRCUS), de Charles Chaplin / EUA*

CORRIDAS DE AUTOMÓVEIS PARA MENINOS( KID AUTO RACES AT VENICE ), de Henry Lehrman / EUA*

*Projeção ao Ar Livre no Parque Ibirapuera – sábado, dia 1º de novembro, às 20h

JIA ZHANGKE, UM HOMEM DE FENYANG (JIA ZHANGKE - UN GARS DE FENYANG), de Walter Salles / Brasil

 

NOBORU NAKAMURA

LAR DOCE LAR (WA GA YA HA TANOSHI), de Noboru Nakamura / Japão

QUANDO A CHUVA CAI (DOSHABURI), de Noboru Nakamura / Japão

PAIXÃO MÓRBIDA (YORU NO HENRIN), de Noboru Nakamura / Japão

ANNA, de Alberto Grifi, Massimo Sarchielli / Itália

ANTES, O VERÃO, de Gerson Tavares / Brasil

BAAL, de Volker Schlöndorff / Alemanha

BURROUGHS: O FILME (Burroughs: The Movie), de Howard Brookner / Estados Unidos

CALOR INTENSO (DASHU), de Tao Chen / China

DOMINGO, de Karim Ainouz / Brasil

FALANDO COM DEUSES (WORDS WITH GODS), de Guillermo Arriaga, Hector Babenco, Álex de la Iglesia, Bahman Ghobadi, Amos Gitai, Emir Kusturica, Mira Nair, Hideo Nakata, Warwick Thornton / México, Brasil, Espanha, Israel, Sérvia, Índia, Japão, Austrália, Turquia

LOS ANGELES POR ELA MESMA (LOS ANGELES PLAYS ITSELF), de Thom Andersen / Estados Unidos

NINFOMANÍACA - VERSÃO DO DIRETOR - VOLUME: 1 (NYMPHOMANIAC: VOLUME I (LONG VERSION), de Lars von Trier / Dinamarca, Alemanha, Belgica, Reino Unido, França

NINFOMANÍACA - VERSÃO DO DIRETOR - VOLUME: 2 (NYMPHOMANIAC: VOLUME II (LONG VERSION), de Lars von Trier / Dinamarca, Alemanha, Bélgica, Reino Unido, França

O PEQUENO QUINQUIN (P`TIT QUINQUIN), de Bruno Dumont / França

O VELHO DO RESTELO, de Manoel de Oliveira / Portugal, França

PROGRAMA DE CURTAS – TUNGA (PROGRAMA DE CURTAS - TUNGA), de Murilo Salles / Brasil

REENCONTRO COM O CINEMA, de Rafael de Luna Freire / Brasil

 

MOSTRA BRASIL

A CIDADE IMAGINARIA, de Ugo Giorgetti

A DESPEDIDA, de Marcelo Galvão

A HISTÓRIA DA ETERNIDADE, de Camilo Cavalcante

A LUNETA DO TEMPO, de Alceu Valença

A VIAGEM DE YOANI, de Peppe Siffredi, Raphael Bottino (competição)

A VIDA PRIVADA DOS HIPOPÓTAMOS, de Maíra Bühler, Matias Mariani

APRENDI A JOGAR COM VOCÊ, de Murilo Salles

AUSÊNCIA, de Chico Teixeira

BOA SORTE, de Carolina Jabor

BRANCO SAI PRETO FICA, de Adirley Queirós

BRINCANTE, de Walter Carvalho

CAMPO DE JOGO, de Eryk Rocha

CASA GRANDE, de Fellipe Barbosa

CÁSSIA, de Paulo Henrique Fontenelle

CASTANHA, de Davi Pretto

COM OS PUNHOS CERRADOS, de Luiz Pretti, Pedro Diogenes, Ricardo Pretti

ELA VOLTA NA QUINTA, de André Novais Oliveira

ENCANTADOS, de Tizuka Yamasaki

HIPÓTESES PARA O AMOR E A VERDADE, de Rodolfo Vázquez García (competição)

INFÂNCIA, de Domingos Oliveira

INSUBORDINADOS, de Edu Felistoque

MUITOS HOMENS NUM SÓ, de Mini Kerti

O FIM DE UMA ERA, de Bruno Safadi, Ricardo Pretti

O FIM E OS MEIOS, de Murilo Salles

O OUTRO LADO DO PARAÍSO, de André Ristum

O SEGREDO DOS DIAMANTES, de Helvécio Ratton

OBRA, de Gregorio Graziosi

OSVALDÃO, de Vandré Fernandes, Ana Petta, Fabio Bardella, André Michiles

PERMANÊNCIA, de Leonardo Lacca

PROMETO UM DIA DEIXAR ESSA CIDADE, de Daniel Aragão

SANGUE AZUL, de Lírio Ferreira

SINFONIA DA NECRÓPOLE, de Juliana Rojas

TRINTA, de Paulo Machline

VENTOS DE AGOSTO, de Gabriel Mascaro

YORIMATÃ, de Rafael Saar (competição)

DESERTO AZUL, de Eder Santos / Brasil, Chile

OS INIMIGOS DA DOR (LOS ENEMIGOS DEL DOLOR), de Arauco Hernández / Brasil, Uruguai

OS MAIAS - CENAS DA VIDA ROMÂNTICA, de João Botelho / Brasil, Portugal

 

PERSPECTIVA INTERNACIONAL

A CURA DE YALOM (YALOM`S CURE), de Sabine Gisiger / Suíça, EUA, França

A MALA DO AMOR E DA VERGONHA (SUITCASE OF LOVE AND SHAME), de Jane Gillooly / Estados Unidos

A MOÇA E OS MÉDICOS (TIREZ LA LANGUE, MADEMOISELLE), de Axelle Ropert / França

A PEQUENA CASA (CHIISAI OUCHI), de Yoji Yamada / Japão

À PROCURA (THE CAPTIVE), de Atom Egoyan / Canadá

A VIDA INVISÍVEL, de Vítor Gonçalves / Portugal

A VIDA PODE SER (LIFE MAY BE), de Mania Akbari, Mark Cousins / Reino Unido, Irã

ACIMA DAS NUVENS (CLOUDS OF SILS MARIA), de Olivier Assayas / França, Suíça, Alemanha

ADORÁVEL LOUISE (LOVELY LOUISE), de Bettina Oberli / Alemanha, Suíça, Espanha

ALENTEJO, ALENTEJO, de Sérgio Tréfaut / Portugal

ALMAS NEGRAS (ANIME NERE), de Francesco Munzi / Itália, França

AMIGOS DA FRANÇA (LES INTERDITS), de Anne Weil, Philippe Kotlarski / França, Alemanha, Rússia, Canadá

ANA ANA, de Petr Lom, Corinne van Egeraat / Holanda, Egito

ANTES DA NEVE (FØR SNØEN FALLER), de Hisham Zaman / Noruega, Alemanha, Irã

AS HORAS FINAIS (THESE FINAL HOURS), de Zak Hilditch / Austrália

AS MARAVILHAS (LE MERAVIGLIE), de Alice Rohrwacher / Itália, Suíça, Alemanha

AS NOITES BRANCAS DO CARTEIRO (BELYE NOCHI POCHTALONA ALEKSEYA TRYAPITSYNA), de Andrei Konchalovskiy / Rússia

AS PONTES DE SARAJEVO (LES PONTS DE SARAJEVO), de Aida Begic, Leonardo Di Costanzo, Jean-Luc Godard, Kamen Kalev, Isild Le Besco, Sergei Loznitsa, Vincenzo Marra, Ursula Meier, Vladimir Perisic, Cristi Puiu, Angela Schanelec, Marc Recha, Teresa Villaverde / Bulgária, Alemanha, Itália, Portugal, Bósnia Herzegovina, França

AU FIL D`ARIANE, de Robert Guédiguian / França

AVENTURA (PRIKLYUCHENIE), de Nariman Turebayev / Cazaquistão

AZUL E NÃO TÃO ROSA (AZUL Y NO TAN ROSA), de Miguel Ferrari / Venezuela, Espanha

BELTRACCHI – A ARTE DA FALSIFICAÇÃO (BELTRACCHI - DIE KUNST DER FÄLSCHUNG), de Arne Birkenstock / Alemanha

BLIND DATES (SHEMTKHVEVITI PAEMNEBI), de Levan Koguashvili / Geórgia, Ucrânia

CARTA A UM PAI (CARTA A UN PADRE), de Edgardo Cozarinsky / Argentina, França

CAVALOS E HOMENS (HROSS Í OSS), de Benedikt Erlingsson / Islândia, Alemanha

CICLO (DAIRE), de Atil Inac / Turquia

COISAS QUE AS PESSOAS FAZEM (THINGS PEOPLE DO), de Saar Klein / Estados Unidos

CORPO ESTRANHO (OBCE CIALO), de Krzysztof Zanussi / Polônia, Itália, Rússia

DANCING ARABS, de Eran Riklis / Israel

DETETIVE D: O DRAGÃO DO MAR (DI RENJIE: SHEN DU LONG WANG), de Tsui Hark / China

DO QUE VEM ANTES (MULA SA KUNG ANO ANG NOON), de Lav Diaz / Filipinas

DOIS DIAS, UMA NOITE (DEUX JOURS, UNE NUIT), de Jean-Pierre Dardenne, Luc Dardenne / Bélgica, França, Itália

DÓLARES DE AREIA (DOLARES DE ARENA), de Laura Amelia Guzmán, Israel Cárdenas / Rep. Dominicana, México, Argentina

DUAS IRMÃS, UMA PAIXÃO (DIE GELIEBTEN SCHWESTERN), de Dominik Graf / Alemanha, Áustria, Suíça

EINSTEIN E EINSTEIN (EINSTEIN AND EINSTEIN), de Baoping Cao / China

EL CUARTO DESNUDO, de Nuria Ibanez / México

EL MUDO, de Daniel Vega, Diego Vega / Peru, França, México

ELEPHANT SONG, de Charles Binamé / Canadá

EM CASA (STO SPITI), de Athanasios Karanikolas / Grécia, Alemanha

EM DIREÇÃO À MINHA VOZ (WERE DENGE MIN), de Huseyin Karabey / Turquia, França, Alemanha

EU NÃO ESTOU COM RAIVA! (ASABANI NISTAM!), de Reza Dormishian / Irã

FÉLIX E MEIRA (FÉLIX ET MEIRA), de Maxime Giroux / Canadá

FILMAR OBSTINADAMENTE, UM ENCONTRO COM PATRICIO GUZMAN (FILMER OBSTINÉMENT, RENCONTRE AVEC PATRICIO GUZMAN), de Boris Nicot / França

FORÇA MAIOR (TURIST), de Ruben Ostlund / Suécia, Dinamarca, Noruega

FOXCATCHER – UMA HISTÓRIA QUE CHOCOU O MUNDO (FOXCATCHER), de Bennett Miller / Estados Unidos

GIRAFFADA, de Rani Massalha / França, Palestina

HADJI SHA (SHIFTEGI), de Ali Zamani Esmati / Irã

HEIKO, de Rainer Hartleb / Suécia

HERÓIS IMPROVÁVEIS (SCHWEIZER HELDEN), de Peter Luisi / Suíça

JACK, de Edward Berger / Alemanha

JAUJA, de Lisandro Alonso / Argentina, Dinamarca, França, México, EUA, Alemanha, Brasil

KATHARINE HEPBURN – A GRANDE KATE (KATHARINE HEPBURN - THE GREAT KATE), de Rieke Brendel, Andrew Davies / Alemanha

LEVIATÃ (LEVIATHAN), de Andrey Zvyagintsev / Rússia

LIVRE (WILD), de Jean-Marc Vallée / Estados Unidos

LONGE DE JORDBRO – UMA HERANÇA (LÅNGT FRÅN JORDBRO), de Rainer Hartleb / Suécia

LOVE PROJECT, de Carole Laure / Canadá

LUA DE MEL (LÍBÁNKY), de Jan Hrebejk / Rep. Checa, Eslováquia

MACONDO, de Sudabeh Mortezai / Áustria

MAIS PERTO DA LUA (CLOSER TO THE MOON), de Nae Caranfil / Romênia, Eua, Itália, Polônia

MARY, RAINHA DA ESCÓCIA (MARY QUEEN OF SCOTS), de Thomas Imbach / Suiça, França

MINHA AMIGA VICTORIA (MON AMIE VICTORIA), de Jean Paul Civeyrac / França

NA PIOR DAS HIPÓTESES (WORST CASE SCENARIO), de Franz Müller / Alemanha

NOITE DECISIVA (BETONIYO), de Pirjo Honkasalo / Finlândia, Suécia, Dinamarca

NOITES BRANCAS NO PÍER (NUITS BLANCHES SUR LA JETÉE), de Paul Vecchiali / França

NOSSO HOMEM EM TEERÃ (OUR MAN IN TEHRAN), de Drew Taylor, Larry Weinstein / Canadá 

NOSSO TERRÍVEL PAÍS (BALADNA ALRAHEEB), de Mohammad Ali Atassi, Ziad Homsi / Síria, Líbano

O BOM PERIGO (LE BEAU DANGER), de René Frölke / Alemanha

O CAMINHO A SEGUIR (LA MARCHE À SUIVRE), de Jean-François Caissy / Canadá

O CIDADÃO DO ANO (KRAFTIDIOTEN), de Hans Petter Moland / Noruega

O CÍRCULO (DER KREIS), de Stefan Haupt / Suíça

O HOMEM QUE ELAS AMAVAM DEMAIS (L´HOMME QU´ON AIMAIT TROP), de André Téchiné / França

O IDIOTA (DURAK), de Yuriy Bykov / Rússia

O JANTAR (HET DINER), de Menno Meyjes / Holanda

O JARDIM E O AMOR DOS MEUS PAIS (VATERS GARTEN - DIE LIEBE MEINER ELTERN), de Peter Liechti / Suiça

O JULGAMENTO (SADILISHTETO), de Stephan Komandarev / Bulgária

O MESTRE DOS BRINDES (TOASTMASTER), de Eric Boadella / Estados Unidos, Espanha

O MILAGRE (MIRAKLET), de Simon Staho / Dinamarca, Irlanda

O REINO DA BELEZA (LE RÈGNE DE LA BEAUTÉ), de Denny Arcand / Canadá

O RETORNO DE ANTÍGONA (NA KATHESE KAI NA KOITAS), de Yorgos Servetas / Grécia

O SEGREDO DAS ÁGUAS (FATATSUME NO MADO), de Naomi Kawase / Japão

O VALE SOMBRIO (DAS FINSTERE TAL), de Andreas Prochaska / Áustria, Alemanha

O VÂNDALO (VANDAL), de Hélier Cisterne / França

O VEREDITO (HET VONNIS), de Jan Verheyen / Bélgica

OPIUM, de Arielle Dombasle / França

OS CONVIDADOS (THE GUESTS), de Ken Jacobs / Estados Unidos

OS PROPRIETÁRIOS (THE OWNERS), de Adilkhan Yerzhanov / Cazaquistão

PARE OU EU SIGO EM FRENTE (ARRÊTE OU JE CONTINUE), de Sophie Fillières / França

PÁSSARO BRANCO NA NEVASCA (WHITE BIRD IN A BLIZZARD), de Gregg Araki / França, Estados Unidos

PERÍODO DE GESTAÇÃO (UNCERTAIN TERMS), de Nathan Silver / Estados Unidos

POR LAS PLUMAS, de Neto Villalobos / Costa Rica

QUEEN & COUNTRY, de John Boorman / Reino Unido

RELATOS SELVAGENS (RELATOS SALVAJES), de Damián Szifrón / Argentina, Espanha

RETORNO A ÍTACA (RETOUR À ITHAQUE), de Laurent Cantet / França

RHINO SEASON (FASLE KARGADAN), de Bahman Ghobadi / Irã, Iraque, Turquia

RIMAS PARA JOVENS FANTASMAS (RHYMES FOR YOUNG GHOULS), de Jeff Barnaby / Canadá

ROSA VERMELHA (RED ROSE), de Sepideh Farsi / França, Grécia, Irã

RUA SECRETA (SHUIYIN JIE), de Vivian Qu / China

SAM, de Elena Hazanov / Suíça

SOB O CÉU ESTRELADO (DES ÉTOILES), de Dyana Gaye / França, Senegal

SOMBRA BRANCA (WHITE SHADOW), de Noaz Deshe / Tanzânia, Alemanha, Itália

TEMOS QUE SAIR DAQUI (WE GOTTA GET OUT OF THIS PLACE), de Simon Hawkins, Zeke Hawkins / Estados Unidos

TERRA DE NINGUÉM (WU REN QU), de Ning Hao / China

THE GREEN PRINCE, de Nadav Schirman / Alemanha, Estados Unidos, Reino Unido, Israel

TIA HILDA! (TANTE HILDA!), de Jacques-Rémy Girerd e Benoît Chieux / França, Luxemburgo

TRISTEZA E ALEGRIA (SORG OG GLÆDE), de Nils Malmros / Dinamarca

TSILI, de Amos Gitai / Israel, Itália, França, Rússia

UM BRINDE À VIDA! (AUF DAS LEBEN!), de Uwe Janson / Alemanha

UM POMBO POUSOU NUM GALHO REFLETINDO SOBRE A EXISTÊNCIA (EN DUVA SATT PÅ EN GREN OCH FUNDERADE PÅ TILLVARON), de Roy Andersson / Suécia, Alemanha, Noruega, França

UMA CASA EM BERLIM (A HOUSE IN BERLIN), de Cynthia Beatt / Alemanha, Reino Unido

VINODENTRO, de Ferdinando Vicentini Orgnani / Itália

WINTER SLEEP (KIS UYKUSU), de Nuri Bilge Ceylan / Turquia, Alemanha, França

WOLF, de Claudio Giovannesi / Itália, Rep. Checa

 

COMPETIÇÃO NOVOS DIRETORES

3 BELEZAS (3 BELLEZAS), de Carlos Caridad Montero / Venezuela

A COR QUE CAIU DO CÉU (EL COLOR QUE CAYO DEL CIELO), de Sergio Wolf / Argentina

A CRIAÇÃO DO SENTIDO (LA CREAZIONE DI SIGNIFICATO), de Simone Rapisarda Casanova / Itália, Canadá

A FLORESTA É COMO AS MONTANHAS (PADUREA E CA MUNTELE, VEZI?), de Christiane Schmidt, Didier Guillain / Alemanha, Romênia

A FUGA (I EKRIXI), de Syllas Tzoumerkas / Grécia, Alemanha, Holanda

A GANGUE (PLEMYA), de Myroslav Slaboshpytskiy / Ucrânia

A GUERRA DAS PATENTES (THE PATENT WARS), de Hannah Leonie Prinzler / Alemanha

A ILHA DOS MILHARAIS (SIMINDIS KUNDZULI), de George Ovashvili / Georgia, Alemanha, França, Rep. Checa, Cazaquistão, Hungria

A NOITE ACALMOU (NIGHT HAS SETTLED), de Steve Clark / Estados Unidos

A PEQUENA MORTE (THE LITTLE DEATH), de Josh Lawson / Austrália

A PROFESSORA DO JARDIM DE INFÂNCIA (HAGANENET), de Nadav Lapid / Israel, França

ADEUS À LUA (AFSCHEID VAN DE MAAN), de Dick Tuinder / Holanda

ALGUM LUGAR BELO (SOMEWHERE BEAUTIFUL), de Albert Kodagolian / Estados Unidos, Argentina

Amor à Primeira Briga (LES COMBATTANTS), de Thomas Cailley / França

AS VACAS COM ÓCULOS (LAS VACAS CON GAFAS), de Alex Santiago Pérez / Porto Rico

ATLÂNTIDA (ATLÁNTIDA), de Ines María Barrionuevo / Argentina, França

BALLET BOYS (BALLETTGUTTENE), de Kenneth Elvebakk / Noruega

CANÇÃO DE MINHA MÃE (ANNEMIN SARKISI), de Erol Mintas / França, Turquia, Alemanha

CARTA AO REI (BREV TIL KONGEN), de Hisham Zaman / Noruega, Emirados Árabes Unidos

CHRIEG – EM GUERRA (CHRIEG), de Simon Jaquemet / Suiça

CIÊNCIAS NATURAIS (CIENCIAS NATURALES), de Matías Lucchesi / Argentina, França

COM OUTROS (BA DIGARAN), de Nasser Zamiri / Irã

DE ARMAS E BAGAGENS, de Ana Delgado Martins / Portugal, Angola

DESVIO (BYPASS), de Duane Hopkins / Reino Unido

DOIS AMANTES E UM GATO (PA-SU-KA), de Ahn Seon-kyoung / Coréia do Sul

EL CINCO (EL 5 DE TALLERES), de Adrián Biniez / Argentina, Uruguai, França, Alemanha, Holanda

EM QUALQUER OUTRO LUGAR (ANDERSWO), de Ester Amrami / Alemanha

ENCONTROS COM UM JOVEM POETA (MEETINGS WITH A YOUNG POET), de Rudy Barichello / Canadá

ENTRE MUNDOS (ZWISCHEN WELTEN), de Feo Aladag / Alemanha

ESPERANDO AGOSTO (WAITING FOR AUGUST), de Teodora Mihai / Bélgica, Romênia

FILHA (DUKHTAR), de Afia Nathaniel / Paquistão

FILHO DE TRAUCO (HIJO DE TRAUCO), de Alan Fisher / Chile

FLORES DE TAIPEI – O NOVO CINEMA DE TAIWAN (GUANGYIN DE GUSHI - TAIWAN XIN DIANYING), de Chinlin Hsieh / Taiwan

FUGA DA REALIDADE (HIRNGESPINSTER), de Christian Bach / Alemanha

HENRI HENRI, de Martin Talbot / Canadá

INSEGURO (QUI VIVE), de Marianne Tardieu / França

IRANIANO (IRANIEN), de Mehran Tamadon / França, Suíça, Irã

JAMIE MARKS ESTÁ MORTO (JAMIE MARKS IS DEAD), de Carter Smith / Estados Unidos

JUANA AOS 12 (JUANA A LOS 12), de Martín Shanly / Argentina, Áustria

LA TIRISIA, de Jorge Pérez Solano / México

LABYRINTHUS, de Douglas Boswell / Bélgica, Holanda

LAMENTO, de Jöns Jönsson / Alemanha

MATEO, de Maria Gamboa / Colômbia, França

MOTIVAÇÃO ZERO (ZERO MOTIVATION), de Talya Lavie / Israel, França

NABAT, de Elchin Musaoglu / República do Azerbaijão

NEVE (BARF), de Mehdi Rahmani / Irã

NO LUGAR DELA (IN HER PLACE), de Albert Shin / Canadá, Coréia do Sul

NON FICTION DIARY, de JUNG Yoon-suk / Coréia do Sul

O CUCO E O BURRO (DER KUCKUCK UND DER ESEL), de Andreas Arnstedt / Alemanha

O PRÍNCIPE (SHAH-ZADEH), de Mahmoud Behraznia / Irã

O QUARTO DOS RATOS (ODET EL FERAN), de Ahmed Magdy Morsy, Hend Bakr, Mayye Zayed, Mohamad El-Hadidi, Mohamed Zedan, Nermeen Salem / Egito, Emirados Árabes Unidos

O ÚLTIMO TRAGO (EN EL ÚLTIMO TRAGO), de Jack Zagha Kababie / México

PARIS DO NORTE (PARÍS NORÐURSINS), de Hafsteinn Gunnar Sigurðsson / Islândia

PEQUENAS ATRAÇÕES (MALE STLUCZKI), de Aleksandra Gowin, Ireneusz Grzyb / Polônia

PORQUE EU ERA PINTOR (PARCE QUE J`ÉTAIS PEINTRE), de Christophe Cognet / França, Alemanha

PROFECIA – A ÁFRICA DE PASOLINI (PROFEZIA. L`AFRICA DI PASOLINI), de Gianni Borgna, Enrico Menduni / Itália, Marrocos

Q, de Sanjeev Gupta / India

QUANDO OS ANIMAIS SONHAM (NÅR DYRENE DRØMMER), de Jonas Alexander Arnby / Dinamarca

QUE HORAS SÃO NO SEU MUNDO? (DAR DONYAYE TO SA’AT CHAND AST?), de Safi Yazdanian / Irã

ROMÃS VERDES (ANAR-HAYE NA-RAS), de Majid Reza Mostafavi / Irã

SNOW IN PARADISE, de Andrew Hulme / Reino Unido

TORRENTE DE AMOR (Szerelempatak), de Ágnes Sós / Hungria

TRÊS HISTÓRIAS DO IRÃ (POPE), de Ehsan Abdi Pur / Irã

TUDO QUE AMAMOS PROFUNDAMENTE (EVERYTHING WE LOVED), de Max Currie / Nova Zelândia

UMA CADEIRA PARA UM ANJO (A CHAIR FIT FOR AN ANGEL), de Raymond St-Jean / Canadá, Finlândia

VAGANDO NO MEIO DO NADA (DAP CÁNH GIUA KHÔNG TRUNG), de Diep Hoang Nguyen / Vietnã

VERÃO (ZOMER), de Colette Bothof / Holanda

 

FOCO ESPANHA 

APRESENTAÇÕES ESPECIAIS

UM CÃO ANDALUZ (UN CHIEN ANDALOU), de Luis Buñuel

A IDADE DO OURO (L`AGE D`OR), de Luis Buñuel

FRIVOLINAS, de Arturo Carballo

FLAMENCO (DUENDE Y MISTERIO DEL FLAMENCO), de Edgar Neville

FALSTAFF – O TOQUE DA MEIA-NOITE (CAMPANADAS A MEDIANOCHE), de Orson Welles

AS DUAS MEMÓRIAS (LAS DOS MEMORIAS), de Jorge Semprún

SONHO E SILÊNCIO (SUEÑO Y SILENCIO), de Jaime Rosales

COLEÇÃO JOLY-NORMANDIN, de vários

PROGRAMA CURTAS ESPANHÓIS CONTEMPORÂNEOS, de vários

 

PERSPECTIVA 

10.000 NOITES EM LUGAR NENHUM (10.000 NOCHES EN NINGUNA PARTE), de Ramón Salazar

15 ANOS + 1 DIA (15 AÑOS Y UN DÍA), de Garcia Querejeta

A FERIDA (LA HERIDA), de Fernando Franco

A MOÇA, A BABÁ, O NETO BASTARDO E EMMA SUÁREZ (LA SEÑORA BRACKETS, LA NIÑERA, EL NIETO BASTARDO Y EMMA SUÁREZ), de Sergio Candel

A SELVA INTERIOR (LA JUNGLA INTERIOR), de Juan Barrero

ANOITECE NA ÍNDIA (ANOCHECE EN LA INDIA), de Chema Rodríguez

AS BRUXAS DE ZUGARRAMURDI (LAS BRUJAS DE ZUGARRAMURDI), de Álex de la Iglesia

EM TERRA ESTRANHA (EN TIERRA EXTRAÑA), de Icíar Bollaín

HERMOSA JUVENTUD, de Jaime Rosales

O MEDO (LA POR), de Jordi Cadena

TRÊS CASAMENTOS A MAIS (TRES BODAS DE MÁS), de Javier Ruiz Caldera

POR UM PUNHADO DE BEIJOS (POR UN PUÑADO DE BESOS), de David Menkes

VIVER É FÁCIL COM OS OLHOS FECHADOS( VIVIR ES FÁCIL CON LOS OJOS CERRADOS ), de David Trueba

TOCANDO O CÉU (A RAS DEL CIELO), de Horacio Alcala

 

COMPETIÇÃO

A CAVERNA (LA CUEVA), de Alfredo Montero

CARMINA & AMEN (CARMINA Y AMÉN ), de Paco León Barrios

ESTRELA CADENTE (STELLA CADENTE ), de Lluís Miñarro

OS FENÔMENOS (OS FENÓMENOS ), de Alfonso Zarauza

OS TONTOS E OS ESTÚPIDOS (LOS TONTOS Y LOS ESTÚPIDOS ), de Roberto Castón

TODOS ESTÃO MORTOS (TODOS ESTÁN MUERTOS ), de Beatriz Sanchis

 

MÁRGENES

ARRAIANOS, de Eloy Enciso Cachafeiro

COSTA DA MORTE, de Lois Patiño

ILUSÃO (ILUSIÓN), de Daniel Castro

MAPA, de Leon Siminiani

OS ILUDIDOS (LOS ILUSOS), de Jonás Trueba

PEPE O ANDALUZ (PEPE EL ANDALUZ), de Alejandro Alvarado,Concha Barquero

 

VÃO LIVRE DO MASP 

O GRANDE MOMENTO, de Roberto Santos / Brasil

RIOCORRENTE, de Paulo Sacramento / Brasil

A LIBERDADE É AZUL (TROIS COULEURS: BLUE), de Krzysztof Kieslowski / França, Polônia, Suíça

A IGUALDADE É BRANCA (TROIS COULEURS: BLANC), de Krzysztof Kieslowski / França, Polônia, SUIÇA

A FRATERNIDADE É VERMELHA (TROIS COULEURS: ROUGE), de Krzysztof Kieslowski / França, Suíça, Polônia

A MAÇA (LA POMME), de Samira Makhmalbaf / Irã, França

O VENTO NOS LEVARÁ (LE VENT NOUS EMPORTERA), de Abbas Kiarostami / Irã, França

CÓDIGO DESCONHECIDO (CODE INCONNU: RÉCIT INCOMPLET DE VOYAGES), de Michael Haneke / França, Alemanha, Romênia

 

Dia do Patrimônio Audiovisual 

(segunda, 27 de outubro)

A HORA E A VEZ DE AUGUSTO MATRAGA, de Roberto Santos

A MULHER DO DESEJO, de Carlos Hugo Christensen

JOELMA 23º ANDAR, de Clery Cunha 

O GRANDE MOMENTO, de Roberto Santos

SAGRADA FAMÍLIA, de Sylvio Lanna

SESSÃO ALOYSIO RAULINO, de Aluisio Raulino

UM HOMEM E SUA JAULA, de Fernando Coni Campos

Atualizado em 24 Out 2014.

Por Juliana Varella
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

"Velozes & Furiosos 8" ganha título, teaser e sinopse oficiais

Trailer completo vai ser divulgado no próximo domingo!

ITunes lança promoção com filmes de 2016 a preços especiais

“Carol” e “A Assassina” estão entre os títulos disponíveis por até US$ 2,99

Belas Artes faz Noitão apocalíptico para “exorcizar” 2016

Maratona terá no cardápio clássicos como “Mad Max” e “Purple Rain”

Taylor Swift e Zayn lançam trecho da trilha sonora de "50 Tons Mais Escuro"; vem escutar

"I Don’t Wanna Live Forever" está disponível no iTunes e Apple Music

Primeiro trailer de "Planeta dos Macacos: A Guerra" é divulgado; assista

Terceiro longa da franquia estreia em julho de 2017

15 presentes que todo fanático por Harry Potter gostaria de ganhar neste Natal

Um mais incrível do que o outro <3